Home / Plantas / Como Plantar Alamanda Por Estacas? Dicas de Como Cultivar 

Como Plantar Alamanda Por Estacas? Dicas de Como Cultivar 

A alamanda, pertence à família Apocynaceae, e à categoria de trepadeiras. Gosta de climas equatorial, tropical e semitropical. A alamanda é uma planta muito usada no paisagismo. Ela floresce quase o ano inteiro, e também possui a folhagem bem verde, brilhante e que pode servir para a ornamentação assim como as suas flores. Essas, por sua vez, podem ser encontradas nos tons de rosa, vermelho, amarelo e vinho. Medem cerca de 7 cm de diâmetro. Como essa planta floresce praticamente o ano todo e é bem resistente ao sol, ela é muito usada para decorar praças e jardins. Além do mais, ela também é frequentemente usada em cercas vivas e renques, tanto pela quantidade de ramos entrelaçados que possui, quanto pela sua beleza natural. A alamanda é uma planta tóxica. Por isso, deve ser mantida sempre longe do alcance de crianças e de animais domésticos. No post de hoje, vamos aprender como plantar alamanda por estacas, dicas de como cultivar, como fazer as mudas, e muito mais… Continue lendo!

Alamanda Florida

Como Fazer Muda e Plantar Alamanda Por Estacas

Antes de mais nada, vamos aprender como se faz uma muda de alamanda. A reprodução da alamanda é relativamente fácil. E as mudas, normalmente, são obtidas pelo método de estaquia.

Abaixo, listamos como é o todo o procedimento para obter mudas de alamanda. Confira!

  • Corta-se pequenos galhos da alamanda matriz em forma de estacas. O ideal é que essas estacas tenham entre 15 e 20 cm de comprimento, aproximadamente.
  • Em cada estaca, é fundamental ter, no mínimo, 3 gemas, ou borbulhas.
  • Na hora de plantar, é necessário enterrar bem as estacas até a terra chegar ao meio. O plantio deve ser, inicialmente, em vasos ou em balainhos, até a estaca “pegar” bem.
  • A composição do substrato também é muito importante. É necessário que tenha um composto homogêneo de esterco curtido, terra e areia. As três partes devem ser usadas na mesma proporção. Depois de pronto, o composto deve apresentar uma boa drenagem da água.
  • Em seguida, é importante escolher um local que seja sombreado para deixar o vaso ou balainho por cerca de 1 mês, ou até a estaca “pegar” corretamente. Manter nesse local até começar a nascer broto da estaca.
  • Outra dica é manter sempre a estaca com boa umidade. Mas evitar o seu encharcamento.
  • Quando os brotos começarem a nascer, é o momento de realizar a aclimação gradativa das mudinhas de alamanda ao sol. Esse processo dura entre uma e duas semanas.
  • Após esse processo, já é possível transplantar as mudas para os locais definitivos.
  • O ideal é que o transplante seja feito no período de chuva, para que a planta não sofra nenhum tipo de estresse por ausência de umidade.
  • O local escolhido para plantar as mudas de alamanda deve ser onde haja sol pleno.

Dicas de Como Cultivar a Alamanda

As alamandas gostam de clima quente, de sol pleno e de regas moderadas. É um tipo de planta que não suporta geada. Para ajudar ainda mais na florada, utilize composto orgânico que seja rico em fósforo. É muito bom para a planta. A alamanda necessita de podas de formação ou podas de condução, para se direcionarem para o lado que o dono deseja que ela cresça. A reprodução das alamandas pode ser feita tanto por estaquia, quanto por semente. No entanto, o plantio por estacas é muito mais comum e também o que leva menos tempo, pois é usada uma estaca, como se fosse uma muda da planta, que brota em poucos dias. Ao contrário das sementes, que necessitam de um longo período para chegarem ao tamanho de uma muda.

Qual é o Uso Medicinal da Alamanda

Apesar de a alamanda ser uma planta tóxica, ela também apresenta uso medicinal. No caso da alamanda-amarela, ela pode ser usada no tratamento de sardas, para eliminar os vermes, como purgativa em pequenas doses, para provocar o vômito, e também pode auxiliar no tratamento de problemas do baço e tumores hepáticos. Algumas das propriedades da alamanda são:

Alamanda Amarela Florida
  • emética
  • laxante
  • vermífuga
  • antitérmica
  • catártica
  • purgativa
  • antitussígena
  • hidragoga

As Principais Indicações da Alamanda São:

Duas Alamandas Amarelas
  • cólica
  • piolho
  • tosse
  • afecção do baço
  • febre
  • vermes intestinais
  • sarna
  • intoxicação saturnina
  • cólica dos pintores

De acordo com relatos, a alamanda também ajuda no tratamento de intoxicação causada pelo chumbo, e ainda ajuda a baixar a febre. Para obter os benefícios que a alamanda-amarela promove, basta fazer um chá da seiva da casca, ou da sua própria casca também. No entanto, é preciso ter muito cuidado ao ingerir o chá dessa planta, por causa da sua enorme toxidade. A alamanda é muito desidratante, pois causa diarreia e vômitos. A parte da planta onde a concentração de toxidade mais elevada é no látex (no leite). A alamanda-roxa é usada no tratamento de icterícia e espasmos. OBS: é muito importante consumir a alamanda somente após uma recomendação de um especialista, e mediante o acompanhamento médico. O uso da alamanda deve obedecer a prescrição médica e deve ser feito sob acompanhamento médico também.

Efeitos Colaterais e Contraindicações

A planta inteira é tóxica, em especial o látex. A ingestão excessiva pode causar cólicas, náuseas, diarreia, câimbras, desidratação, dores abdominais, erupções na pele, perda de potássio, vômitos, irritação das mucosas e sede. Nesse caso, é necessário levar a pessoa o quanto antes para o hospital. Nesse caso, para usar a alamanda, é só preparar um chá usando as folhas picadas da planta. Na hora de aplicar sobre as plantas infectadas, basta colocar dentro de um borrifador. Para manusear a alamanda, é importante usar luvas.

Uso da Alamanda no Paisagismo

Os ramos da alamanda são bem flexíveis, o que permite enrolar a planta sobre ela mesma, e criar um verdadeiro arbusto sobre partes gramadas do jardim, ou até mesmo em vasos. A planta fica linda praticamente o ano todo, por causa das suas flores belas e constantes.

Apesar de estarem presentes praticamente o ano inteiro, as flores da alamanda são mais comuns e intensas durante a primavera e o verão. A alamanda-amarela, além de ser uma bela forma de enfeitar os jardins, também serve como um poderoso pesticida natural, atuando contra pulgões e cochonilhas.

Veja também

Tudo Sobre a Planta Cíclame: Características da Flor e Fotos

Cíclame, também conhecida como cyclamen ou cíclame-da-pérsia, é uma planta que tem origem nos continentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *