Home / Plantas / Como Cuidar da Flor Heléboro, Fazer Mudas e Podar

Como Cuidar da Flor Heléboro, Fazer Mudas e Podar

As flores fazem parte da vida de todas as pessoas, mesmo daquelas que dizem não se importar muito com elas.

Símbolos da natureza exuberante e bela que se apresenta ao uso das pessoas e animais, as flores em geral costumam ser muito importantes para a existência de vida no planeta Terra, já que sem as plantas seria impossível haver vida no planeta e, sem as flores, muitas das plantas que conhecemos estariam mortas. Assim, há diversas formas de uso para as plantas e para as flores em todo o mundo, a depender da cultura local e de como se pretende usar esse item natural.

Logo, as flores podem ser usadas para enfeite de ambientes, para a alimentação e também para a produção de itens de perfumaria, já que o cheiro agradável é um grande trunfo das flores. Portanto, há diversos usos para as flores.

Flores e o Inverno

Contudo, seja qual for o objetivo ao ter flores em casa, o certo é que, estando no Brasil, as flores preferenciais dos brasileiros são aquelas que gostam de temperaturas mais altas e que, assim, serão capazes de suportar o forte clima que existe no país. Logo, as plantas mais cultivadas no Brasil costumam dar flores mais para o fim do ano, quando chega a primavera, trazendo consigo o aumento rápido de temperatura e o sol forte.

Nesse cenário, que seria muito ruim para as flores mais típicas de outros ambientes, as flores nacionais costumam se dar bem e apresentar grandes e variadas formas de beleza. Desse jeito, as flores são uma parte importante da chegada do verão e da primavera no Brasil, não tendo tanta relação com o frio, a chuva e o inverno do meio do ano.

Porém, mesmo no Brasil há plantas que são típicas de inverno, por mais que elas não sejam tão comuns em todo o território nacional.

Conheça a Flor Heléboro

Uma dessas flores típicas do inverno é a flor heléboro, que costuma se adaptar muito bem a ambientes frios e, ademais, não gosta de temperaturas muito elevadas.

A flor heléboro é muito típica, no Brasil, de regiões mais próximas da parte Sul do mapa, onde o frio é mais intenso e o calor não costuma ser tão extremo ou corriqueiro quanto em outros locais do mapa nacional. A flor heléboro é, portanto, uma flor de inverno, que possui baixa estatura e não demanda grandes desafios em relação aos cuidados exigidos, já que a planta que gera a flor heléboro é de fácil manutenção.

Herbácea e nativa de países como Turquia e Grécia, não é possível saber com exatidão a origem da flor, que logo se tornou muito comum em toda a Europa pela forma como era capaz de resistir ao peso do frio, dando frescor e beleza ao jardim mesmo nos momentos de frio mais intenso. Assim, a flor heléboro tem sido muito difundido em todo o mundo desde então, sendo uma verdadeira prova de como as flores podem variar de características.

Veja abaixo mais informações sobre a flor heléboro, aprendendo melhor a cuidar da flor e, ademais, a realizar a poda da planta.

Cuidados Com a Flor Heléboro

Os cuidados com a flor heléboro não são muitos, não sendo, também, muito complexos ou complicados. A flor heléboro é, portanto, de fácil manutenção, mesmo naqueles locais em que as temperaturas são mais altas e, assim, a flor tende a sofrer mais, visto que possui características mais relacionadas ao frio.

A flor heléboro é típica de clima subtropical, o clima predominante na região Sul do Brasil. Porém, a flor heléboro é capaz de tolerar o litoral e todo o seu calor, sendo muito comum ver exemplos da flor em algumas praias ou ambiente litorâneos do Brasil.

Flor Heléboro no Vaso
Flor Heléboro no Vaso

A flor heléboro deve, ainda, ser cultivada na sombra ou à meia sombra, sempre evitando deixar a flor em exposição muito frequente ao sol. Um solo rico em material orgânico e fértil é o ideal para a flor, que também precisa de areia e pedras no solo para facilitar o processo de drenagem do mesmo.

Além disso, a irrigação sobre a flor deve ser frequente, sobretudo naqueles períodos de estiagem, quando a chuva é raridade. Isso porque a flor heléboro não reage bem a ambientes secos, sendo uma flor muito dependente da água.

Poda da Flor Heléboro

A poda da flor heléboro pode ser realizada a cada 3 ou 4 meses, mas sempre de forma muito suave e apenas tratando de cortar as pontas de cada folha. Além disso, é importante retirar as folhas mortas e as ramificações podres, tornando a flor heléboro mais bela e mais viva.

Não é recomendado que a flor seja muito tocada, nem mesmo durante a poda, além de ser necessário fazer uso de todos os equipamentos corretos de jardinagem nesse momento, seja para se proteger ou para proteger a planta de você.

Toxidade e Propagação da Flor Heléboro

A flor heléboro é uma planta que possui partes venenosas e muito tóxicas para o organismo humano, estando na lista de plantas que jamais deve ser consumida pelas pessoas. Isso porque o caule, as folhas e as raízes da flor heléboro são muito venenosas e podem até mesmo chegar a matar as pessoas que ousarem ingerir a flor. Assim, comer a flor heléboro está fora de cogitação e não deve ser feito. Além disso, até mesmo tocar na flor heléboro sem luvas e material adequado pode ser maléfico, visto que a flor pode causar ferimentos ou alergias quando em contato com a pele.

Já a propagação da flor heléboro se dá por sementes, mudas ou por divisão. De qualquer forma, para plantar a planta que gera a flor heléboro é recomendado que haja espaço horizontal vasto, já que essa flor cresce para os lados e não costuma crescer muito na vertical. Ademais, a flor heléboro é extremamente resistente a ventos fortes e até mesmo a chuvas mais fortes, embora seja recomendado não deixar a planta a mercê da vontade e da força da natureza, já que isso pode ser bastante negativo para a saúde da flor heléboro.

Veja também

Como Cuidar de Cactos Ornamentais, Regar e Fazer Mudas?

O crescente entusiasmo atualmente observado pelo cultivo de plantas ornamentais despertou interesse em plantas exóticas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *