Home / Plantas / Cacto Pera ou Nopal: Características, Como Cultivar e Fotos

Cacto Pera ou Nopal: Características, Como Cultivar e Fotos

As plantas são fundamentais para a vida no planeta Terra, tendo uma variedade de possibilidades de uso muito vasta, o que faz com que seja possível utilizar diferentes plantas para coisas completamente distintas uma das outras.

Dessa forma, é muito importante ter noção de quais plantas são mais adequadas para cada tipo de propósito, pois a planta errada pode fazer com que você tenha muita dor de cabeça no momento de realizar o cultivo, pois não terá os resultados que deseja e, dessa maneira, se sentirá frustrado com a tal planta.

Por esse motivo é muito importante ter em mente o que se deseja da planta ou da flor, se o objetivo é ornamental ou para a produção de chás naturais, como se deve cultivar cada planta, além de saber também qual tipo de planta pode servir para cada objetivo – nem todas as plantas funcionam para todos os objetivos.

Assim, um uso muito comum para as plantas se dá na ornamentação, já que as plantas podem aparecer de formas muito diferentes na parte de organização visual de uma casa e, portanto, serem usadas de maneiras muito únicas. Essa gama de possibilidades faz com que o trabalho do organizador de ambientes seja ainda mais importante, pois dependerá desse profissional os rumos da parte visual da casa.

Ademais, há ainda a chance de contratar um paisagista profissional, para armar o jardim da forma que mais seja interessante, fazendo uso das diferentes flores e plantas disponíveis para aproveitar o potencial visual de cada uma.

Isso porque, muitas vezes, quem não é profissional da área pode acabar tomando decisões equivocadas, que acabam por fazer com que algumas plantas sejam subutilizadas e, dessa forma, não seja possível fazer uso de toda a beleza de algum item mais específico.

Conheça o Cacto Pera

Um grande exemplo de planta ornamental, assim, é o cacto pera. Esse tipo de cacto, pela forma como se desenvolve e pelo seu formato, encaixa muito bem na ornamentação de diferentes ambientes e faz com que o local se torne mais belo com a sua presença.

Porém, é importante que você saiba qual é o cacto pera no momento de realizar a compra da planta, além de saber como cultivar esse tipo de planta para manter a beleza que ela pode oferecer ao ambiente no qual está inserida.

Logo, mantenha a atenção em relação aos cuidados mais essenciais com o cacto pera, além de saber também como fazer uso dessa planta de forma ornamental. O que acontece em muitos casos é que, pela falta de conhecimento, as pessoas acabam por não conseguir distinguir os tipos diferentes de cactos e, assim, usam cactos inadequados para a ornamentação.

Cacto Pera

Esse tipo de coisa pode até mesmo matar a planta, até mesmo pela forma como o cacto necessita de cuidados especiais e, em alguns casos de tipos mais específicos, simplesmente não consegue se desenvolver sem a presença constante de sol. Tudo isso deve ser levado em conta no momento de realizar a opção pelo cacto pera.

Veja abaixo mais detalhes e informações sobre o cacto pera, um tipo de cacto muito interessante para o cultivo em casa e que pode fazer com que o ambiente se torne muito mais belo e atrativo.

Saiba como realizar o cultivo desse cacto, além de aprender as características da planta para não realizar confusões no momento da compra.

Características do Cacto Pera

O cacto pera possui algumas distinções muito claras em relação a outros tipos de cactos, o que ajuda a fazer a diferenciação entre esse tipo de cacto e alguns outros. Dessa maneira, o cacto pera é original do México, fazendo parte da bandeira do país.

Como o México possui grandes desertos, com temperaturas altas e clima seco, o cacto pera consegue encontrar nesse país um ambiente muito interessante para o seu desenvolvimento e, dessa maneira, é amplamente conhecido no México como um grande símbolo do país latino. O cacto pera é de forma achatada, com cor verde bastante evidente, além de extremidades arredondadas.

Os espinhos do cacto pera são longos e duros, com flores amarelas. O fato de o cacto pera ser muito usado para a ornamentação se deve muito ao formato desse tipo de planta, que consegue ter grandes partes arredondas e, por consequência natural, acaba por atrair muito o olhar das pessoas – em geral, o olhar humano prefere formatos chatos a formatos pontiagudos.

Como Cuidar do Cacto Pera

O cacto pera requer cuidados, assim como qualquer outro tipo de planta. É muito natural que as pessoas imaginem que os cactos não necessitam de qualquer tipo de cuidado, já que são plantas rústicas e, assim, crescerão e se desenvolverão sozinhas.

Não é bem assim que acontece, já que se você deixar o cacto pera à mercê da própria sorte, provavelmente verá a planta definhar até a morte. Portanto, o primeiro passo para ter um cacto pera de destaque é a questão da exposição ao sol. O cacto pera é uma planta típica de desertos e, assim, precisa de pelo menos 4 horas por dia de sol. Trate de dar isso à planta, deixando-a exposta ao sol forte.

Em relação à rega, um problema dos cactos para quem não entende do assunto, é importante que o cacto pera seja regado apenas uma vez na semana. Isso porque o cacto consegue reter bastante água em seu interior, então não é necessário fazer com que mais água esteja em contato com a planta. O excesso de água tende a matar o cacto pera, que apodrecerá.

Cacto Pera em Vasos

O cacto pera pode, sim, ser cultivado em vasos. Devido ao fato de possuir uma base pequena, os cactos costumam ser cultivados nas casas em vasos médios ou pequenos, e isso realmente pode acontecer.

Cacto Pera em Vaso

Porém, é importante estar atento para evitar o acúmulo de água no vaso, o que pode matar o cacto de forma bastante rápida. Ademais, sempre tenha atenção à posição do cacto pera em relação ao sol, pois isso é fundamental para que o cacto se desenvolva de forma plena.

Veja também

Quais os Males que a Chia Pode Causar?

A chia (nome científico Salvia hispanica L.) é uma semente que vem se tornando bastante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *