Home / Plantas / Como Cuidar de Cactos Ornamentais, Regar e Fazer Mudas?

Como Cuidar de Cactos Ornamentais, Regar e Fazer Mudas?

O crescente entusiasmo atualmente observado pelo cultivo de plantas ornamentais despertou interesse em plantas exóticas, principalmente cactos e outras plantas suculentas. Embora precisem de pouco cuidado quando plantados diretamente no solo, tornam-se vulneráveis ​​se crescerem em ambientes restritos que variam muito de seus habitats naturais.

Nesses casos, além de exigir mais cuidados com a iluminação, a rega e a temperatura ambiente, também é importante borrifá-los periodicamente com uma solução nutritiva mineral composta pelos macronutrientes e micronutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento fisiológico.

Características dos Cactos

Cactos são realmente muito suculentos. Pense em um aloé quando você o abrir e a gosma mucilaginosa que está dentro das folhas. As plantas de cactos, na verdade, acumulam umidade em suas células vegetais, para que tenham água durante condições extremamente secas.

Eles são extraordinariamente tolerantes à escassez de água, mas certos sinais nas folhas, almofadas ou caules indicam que a planta está ficando estressada devido à falta de umidade. O reconhecimento desses sinais, juntamente com alguma informação sobre a região e o clima nativos da sua planta, pode ajudar a indicar o melhor momento para regar as plantas de cactos.

Cactos Ornamentais Características

Os cactos desenvolveram uma série de adaptações para lidar com a escassez de água, como a redução da superfície foliar por meio de modificações morfológicas, incluindo espinhos, cutículas cerosas, sistemas radiculares estendidos e modificações no tecido do tronco para aumentar o armazenamento de água e metabolismo do ácido crassuláceo para reduzir a transpiração e a perda de água. Além disso, as sementes dessas plantas frequentemente exibem dormência, um fenômeno que ajuda a evitar a germinação quando a disponibilidade de água é reduzida.

Como Cuidar de Cactos Ornamentais, Regar e Fazer Mudas?

Água – Se o seu recipiente tiver orifícios de drenagem, regue bem uma vez por semana durante o período de crescimento ativo. Se o seu contêiner não tiver orifícios de drenagem, regue com moderação para umedecer o solo, mas verifique se a água não se acumula no fundo do contêiner, o que pode causar apodrecimento. Deixe o solo secar entre as regas;

Luz – Coloque a planta em uma janela voltada para o sul iluminada em ambientes fechados ou em uma área com luz indireta brilhante ao ar livre. Algumas plantas podem tolerar sol pleno, mas devem ser gradualmente aclimatadas para evitar queimaduras solares. Se a fonte de luz for inadequada, a etilação ocorrerá e sua planta ficará pernuda à medida que se estende em direção a uma fonte de luz;

Solo – suculentas e cactos, como solo bem arejado e com drenagem rápida. Perlita ou pedra-pomes misturada com o solo funcionam bem para isso, ou você pode escolher a mistura para cactos e suculentas no comércio local.

Nutrição – fertilize durante a estação de crescimento com um fertilizante 10-10-10 diluído em 1/4 de força a cada rega. Ajuda-os a produzir um crescimento saudável, com mais tolerância a doenças e melhor floração.

Cores – Em geral, as suculentas mais verdes são mais tolerantes a ambientes com pouca luz. Se o seu espaço não tiver uma boa fonte de luz, fique longe de plantas suculentas com tons de azul, roxo, rosa e branco;

Mudas – As plantas suculentas têm muitos métodos de reprodução e podem se propagar a partir de estacas de folhas e produzir mudas e sementes.

Iluminação Artificial – As suculentas se saem melhor com luz natural, mas se isso não estiver disponível, pode-se complementar a fonte de luz com luzes artificiais. Há muitas opções disponíveis para iluminação artificial com eficiência energética.

Cuidados Quanto as Regas

Existe um equívoco comum de que cactos e suculentas requerem apenas uma pequena quantidade de água. Embora possuam características de armazenamento de água em suas folhas e caules que lhes permitam sobreviver em habitats secos, certamente não prosperarão com pouca água. A rega é uma parte essencial para o crescimento dos cactos ou suculentas. O excesso de água atrapalha o crescimento, mas o excesso de água causa encolhimento.

Água da chuva tépida deve ser usada para regar, em vez de água da torneira. Isso ocorre porque os minerais da água da torneira se acumulam no solo e podem causar depósitos nas folhas. Os minerais também interrompem o fluxo de nutrientes essenciais para a planta.

Plantando Mudas de Cactus

Em primeiro lugar, regue a planta e deixe escorrer antes de removê-la cuidadosamente da panela, usando papel dobrado para proteger as mãos contra as pontas;

Limpe o solo antigo das raízes com um palito fino, como um palito, para não danificá-las;

Coloque uma camada de mistura de envasamento no novo vaso, que é um pouco maior em diâmetro, e coloque a planta sobre ele;

Encha o resto da panela com a mistura de envasamento e firme;

Mudas de Cactus

Não regue por alguns dias para evitar o apodrecimento das raízes danificadas;

Manter essas condições oferece os melhores cuidados para seus cactos ou suculentas. Mais importante, lembre-se de que quando se trata de cuidar de sua planta, você está tentando recriar seu habitat natural!

Todos os tipos de cactos podem ser propensos a pragas, incluindo cochonilhas, escamas, mosquitos de fungos e ácaros. Na maioria dos casos, é possível simplesmente lavar essas pragas das plantas usando cotonetes e água.

Tecnologia na Cultura de Cactos

Em geral, as espécies de cactos apresentam uma baixa taxa de crescimento que dificulta sua rápida propagação. Os cactos são muito apreciados como plantas ornamentais devido à sua grande variedade e diversidade de formas e suas lindas flores de vida curta; Contudo, devido a dificuldades em propagá-las rapidamente para atender à demanda do mercado, muitas vezes são super-coletadas em seus habitats naturais, o que leva a inúmeras espécies sendo ameaçadas, ameaçadas ou extintas.

Portanto, as técnicas de cultura de tecidos vegetais podem facilitar sua propagação por um período mais curto do que as técnicas convencionais usadas para fins comerciais; ou pode ajudar a recuperar populações de espécies ameaçadas ou em perigo de extinção para sua reintrodução na natureza; ou também pode ser de valor para a preservação e conservação dos recursos genéticos dessa importante família.

Veja também

Galhos e tronco de árvore mais alta da Amazônia

Qual é a Função do Galho? Para Que Ele Serve?

As plantas são um dos organismos vivos mais essenciais da Terra. Eles são imensamente benéficos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *