Home / Plantas / Benefícios Do Gengibre Azul E Propriedades Medicinais

Benefícios Do Gengibre Azul E Propriedades Medicinais

Em geral, o gengibre é uma planta que possui diversos benefícios à saúde, e entre os tipos de gengibres existentes, um dos melhores é o azul. Vamos falar um pouco mais dele a seguir, especialmente a respeito de suas propriedades medicinais.

Características Do Gengibre Azul

De nome científico Dichorisandra thyrsiflora, o gengibre azul também é conhecido como cana de macaco e trapoeraba-azul, é semelhante ao gengibre em relação ao crescimentos, mas, na verdade, pertencê a um gênero de planta chamado de Tradescantia (um gênero, inclusive, muito comum nos jardins aqui no Brasil).

Trata-se de um arbusto tropical que apresenta folhas bem largas e brilhantes, e cuja parte central da nervura é verde-amarelada, tendo uma face inferior de coloração arroxeada, e não necessariamente azul, como poderia indicar um dos seus nomes populares.

Ela foi cultivada pela primeira vez em 1822, na Inglaterra, sendo registrada posteriormente no catálogo do botânico William Macarthur. De tão bonita, essa planta já ganhou um prêmio: o Award of Merit Garden, entregue pela instituição de jardinagem Royal Horticultural Society.

Uma de suas principais características é que as flores desse arbusto despontam durante todo o ano, através de inflorescências terminais, cuja coloração é azul-arroxeada. É uma planta eminentemente rústica, podendo se adaptar a maciços e a conjuntos ao lado de outros arbustos.

Pode atingir cerca de 1,2 m de altura, e ainda ser plantada à meia-sombra ou a pleno sol, tendo como ambientes preferenciais o tropical, o subtropical e o tropical de altitude. Porém, não suporta geadas, ou simplesmente temperaturas muito extremas.

Ao ser plantada, essa planta precisa ser regada, pelo menos, de duas a três vezes por semana, sendo que o solo ideal pra ela é um que seja mais arenoso, e que seja composto por areia e terra vegetal em quantidades iguais.

Alguns Benefícios Do Gengibre Azul

Entre alguns dos benefícios que essa planta traz, um deles amenizar dores menstruais. Inclusive, trata-se de uma planta muito boa para ser consumida pelas mulheres, já que ela limpa o sangue após a realização de um parto.

Esse arbusto também funciona como um desintoxicante natural, ajudando o organismo a eliminar qualquer tipo de elementos que não sejam mais úteis ao nosso corpo. Uma ação que igualmente facilita o combate a vermes intestinais, especialmente em crianças.

E podemos dizer que essa planta reforça o sangue, principalmente devido a complicações oriundas de anemias.

Propriedades Medicinais Do Gengibre Azul

Basicamente existem três propriedades para as quais o gengibre azul pode ser usado. A primeira delas é emoliente, ou seja, que ajudam a “amolecer”. De maneira prática, essa planta é utilizada em hidrantes, cujo objetivo é deixar a pele sempre macia e saudável.

Além disso, outra propriedade desse arbusto bastante interessante é a sua capacidade de ser diurético. Em suma: ele ajuda a aumentar o volume de uria produzida no sangue, aumentando também o acúmulo de sal que se encontra no organismo.

Gengibre Azul no Canteiro
Gengibre Azul no Canteiro

E, por fim, essa planta possui uma propriedade anti-reumática, o que quer dizer que ajuda a fortalecer a massa óssea contra o desgaste natural que esse parte do corpo sofre no decorrer dos anos, e que provoca dores bem intensas. Sem contar ainda que a planta ainda pode ser usada para o tratamento de dores musculares e contusões.

Uma das melhores maneiras de aproveitar as propriedades dessa planta é através do seu chá. Para fazê-lo, você vai precisar de 20 g de folhas e 1 litro de água fervente. Basta colocar essas folhas na água, e deixar por cerca de 10 minutos. Depois, é só coar e beber umas 4 vezes ao dia.

E, somente lembrando que esse arbusto, devido às suas cores vibrantes, é usado como planta ornamental também.

Restrições no Consumo

Não se sabe muito a respeito do que altas does de gengibre azul pode causar, mas, o que se sabe é que ela também é comestível, tanto é que sua parente distante, a Commelina benghalensis, é uma verdura típica de países como China e Índia.

Estudos recentes indicam alguns teores altos de substâncias como fitatos e oxalatos, que precisam ser consumidas com bastante moderação, já que fazer mal para a digestão, além de atrapalhar a absorção de nutrientes importantes.

Muitos recomendam, inclusive, o consumo dela cozida ou refogada. Já as flores azuis podem ser consumidas até mesmo cruas, em saladas. Importante, no entanto, salientar mais uma vez que esse consumo precisa ser moderado, já que entre as suas substâncias está o fitato que retém a absorção de substâncias cálcio, ferro e magnésio.

Na dúvida o mais recomendável é usar essa planta com moderação, já que ainda não se sabe quais os reais malefícios à saúde devido ao seu uso excessivo.

Modos De Cultivo Do Gengibre Azul

Como já informamos anteriormente, uma das melhores formas de cultivar o arbusto do gengibre azul é sob sol pleno, ou ainda a meia sombra. O solo para o plantio dele precisa ser fértil e drenável, estando bastante enriquecido com material orgânico. A irrigação deve ser constante, mas, o solo não pode ficar completamente encharcado.

Quando está em seu habitat natural, a planta cresce em florestas úmidas, basicamente em locais que sejam sombreados. Ou seja, é um tipo de planta que prefere lugares em que possa vicejar. Quando está bem implantada no solo, geralmente, consegue resistir a períodos longos de estiagem.

Gengibre Azul no Jardim
Gengibre Azul no Jardim

Por ser uma planta rústica, o gengibre azul também é bastante resistente à maioria das pragas e doenças, o que não significa, no entanto, que esteja completamente imune a esses perigos (apenas está mais protegido devido à sua composição). Ainda assim, uma das doenças mais comuns dessa planta é a chamada podridão vermelha, que e um fungo que ataca principalmente a cana-se-açúcar, mas que também aprecia muito as folhas dessa planta. A presença desse fungo se dá através de manchas negras ou pardas em baixo relevo nas folhas.

Além disso, é um arbusto que requer pouca manutenção, o que significa que não necessita de podas constantes. O que é preciso fazer para manter o seu viço, no entanto, são fertilizações semestrais com fertilizantes do tipo 15-15-15, além de replantios que tenham periodicidade bienais.

Veja também

Briófitas

O Que Significa Fase Dominante em Plantas?

Todos já sabemos que o número de espécies de plantas existentes no mundo é enorme, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *