Home / Plantas / Alporquia de Gabiroba: Como Fazer Mudas? O Que é?

Alporquia de Gabiroba: Como Fazer Mudas? O Que é?

Os alimentos fazem parte da história humana desde os tempos mais remotos, e até antes mesmo dos humanos começarem a existir.

Eles fazem parte do nosso dia a dia, e servem não apenas como alimentos e para o nosso consumo, mas também possuem diversas propriedades e benefícios para a nossa saúde e bem-estar.

Hoje, iremos falar sobre uma frutinha que no cerrado brasileiro está quase extinta. Trata-se da gabiroba, uma fruta de casca amarga.

Você irá aprender tudo sobre suas características, como fazer alporquia, e quais os principais benefícios dessa fruta.

Características

Pertencente à família Myrtaceae, que contém frutas conhecidas como a jabuticaba, a pitanga e também o jambo, a gabiroba tem o nome Campomanesia xanthocarpa como científico.

O nome gabiroba tem origem no idioma tupi-guarani, onde wabi significa “comer” e rob significa “amargo”, ou então “fruto da casca amarga”.

Além de gabiroba, essa fruta também é conhecida como: guabiroba, araçá-congonha, ou ainda guavira.

Essa planta possui diversas espécies diferentes, e elas são muito comuns em locais com clima tropical, e não são encontradas apenas na Mata Atlântica. Países como Uruguai e Argentina também possuem plantação de gabiroba.

Alporquia de Gabiroba Característica

A maior parte das plantas de gabiroba se encontram no cerrado, e por ser considerada uma planta rústica, ela é muito cultivada recebendo luz direta e intensa do sol.

De todas as espécies de gabirobas existentes, a mais conhecida é a Campomanesia xanthocarpa, e sobre ela foram feitas várias pesquisas e estudos, e diversos benefícios e propriedades medicinais foram descobertas na fruta para a nossa saúde.

A gabiroba, além de usos medicinais e de consumo, também está sendo muito utilizada para o paisagismo de áreas urbanas, além de servir como plantas de recuperação de áreas que ficaram degradadas.

Por ser uma planta ameaçada de extinção, é importante que todas as espécies dessa planta sejam cultivadas, não apenas a mais conhecida.

A árvore da gabiroba é média, e varia de 10 até 20 metros altura, e é dotada de copa densa e também alongada.

Com um tronco bem ereto, a árvore da gabiroba também possui caneluras que medem cerca de 30 até 50 cm de diâmetro e possui uma casca marrom e fissurada.

Suas folhas são consideradas simples, membranáceas, opostas e, na maior parte das vezes, são assimétricas, com muito brilho, e possui nervos impressos na parte superior e também na parte saliente debaixo.

A fruta é de cor amarela, com formato redondo, mede aproximadamente 2 cm, e possui até quatro sementes.

Como Fazer Alporquia de Gabiroba

A alporquia é um método de reprodução assexuado usado em plantas, que consiste, basicamente, em fazer a formação de raízes através de outra planta já enraizada.

Conhecido também como mudas, da gabiroba é possível fazer mudas de maneira fácil e também simples.

A principal forma de fazer alporquia é através da estaquia. Que consiste no seguinte: pela propagação da gabiroba, usando o método de estaquia, a principal vantagem é que o clone é feito da planta matriz, ou seja, as principais características da planta mãe são preservadas.

Será formada uma nova planta com a mesma idade da planta adulta, e então o início da produção começará logo após a muda estiver enraizando e cultivada de forma satisfatória.

Os procedimentos serão os seguintes:

  1. Escolha uma matriz que esteja vigorosa, bastante produtiva e também livre de qualquer praga ou doença.
  2. Em seguida, corte as estacas de galhos que estejam maduros, com 30 cm aproximadamente de comprimento.
  3. Remova as folhas da parte debaixo das estacas, e deixe apenas de quatro a cinco folhas na parte de cima.
  4. Quando chegar a hora de remover as folhas, tome bastante cuidado para que as borbulhas da brotação não sejam danificadas, pois normalmente elas ficam próximas das axilas das folhas junto ao caule.
  5. Em seguida, mergulhe a base das estacas, e deixe em uma solução de hormônio que seja vegetal por cerca de 15 minutos.
  6. Por fim, plante a estaca, de forma individual, em um balainho que tenha sido separado, e o enterre por cerca de 10 cm no solo.

Algumas pessoas costumam fazer as mudas de acordo com as fases da lua, e as mais indicadas são: Minguante e Nova.

Quando é colocado hormônio vegetal, a planta consegue emitir raízes de forma mais rápida e forçada.

Os balainhos, não se esqueça, devem ser colocados em locais que sejam arejados, com bastante iluminação, mas, por enquanto, sem receber a luz direta do sol.

Na primeira vez que você for regar, pode colocar água em abundância, para que o solo se ajeite em torno das estacas, e nas próximas vezes, regue de forma que o solo fique apenas úmido.

Como Plantar a Gabiroba

Caso a plantação seja feita a partir das sementes, a mesma deve ser feita logo após a sua extração, pois elas são bem intolerantes e podem desidratar e perder sua capacidade de germinar muito rápido.

A escolha das melhores sementes deve ser tirada também dos melhores, mais saudáveis e mais maduros frutos. Ao escolher o fruto, basta esmaga-lo, remover as sementes e em seguida lavar na água corrente para que a polpa seja completamente removida.

Pode-se colocar as sementes para secarem em cima de um jornal, e ali deixar por cerca de 2 horas.

As sementes começarão a germinar em cerca de 10 até 40 dias, e então elas poderão ser plantadas em um local que será o definitivo, com preferência no início das estações com chuvas.

Tipo de Solo para Plantar a Gabiroba

Uma das grandes vantagens em plantar a gabiroba, é que elas são muito resistentes nos períodos de estiagem e conseguem se desenvolver em praticamente qualquer tipo de solo, até mesmo aqueles que são mais arenosos, como o do cerrado brasileiro.

Para que seja escolhido um solo ideal, o mesmo deve também receber luz plena do sol, e não pode correr o risco de sofrer encharcamento durante os períodos de chuva.

Caso o lugar escolhido seja vasos, não tem problema, é indicado que se utilize vasos com 50 cm de altura e 30 cm de largura no mínimo, e o substrato deve ser de terra vermelha, matéria orgânica e areia.

E você, planta ou ficou com vontade plantar e fazer mudas de gabiroba? Deixe nos comentários o que você achou.

Veja também

Farinha de Trigo de Boa Qualidade

Qualidade Da Farinha De Trigo: Como Identificar E Saber Qual E?

No mundo existem milhares de alimentos, que servem como fornecedores de proteínas, carboidratos, como acompanhante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *