Home / Natureza / Quando Posso Usar Compressa Quente ou Fria?

Quando Posso Usar Compressa Quente ou Fria?

Em algumas situações podemos não saber se o ideal é utilizar a compressa fria ou quente para o problema que temos. Fazer a escolha certa pode garantir a eficácia do tratamento, ainda que ambas sejam excelentes analgésicos locais.

No momento que o corpo sofre algum trauma como uma lesão ou batida, rapidamente o inchaço, a vermelhidão e dor aparecem.

No cotidiano, a velha receita caseira de compressa com água fria ou quente acaba substituindo uma consulta com o médico especialista.

A escolha certa neste momento aumenta a assertividade do tratamento, porém, nem sempre sabemos qual a compressa é a ideal para  o problema em questão.

Quando Usar Compressa Quente

Em situações que há inflamação com formação de pus (terçol, furúnculo, etc.), o ideal é a compressa quente, que também age de forma eficaz para amenizar hematomas e edemas que se formam quando o trauma não é tratado dentro de 48 horas. A água quente apresenta funcionalidade contrária da fria.

A água quente dilata os vasos e aumenta o fluxo sanguíneo. A grande quantidade de sangue correndo nos vasos recolhe e purifica os líquidos que vazam e se acumulam na região afetada depois do trauma, por isso, por isso, a água quente age justamente contendo o processo inflamatório.

Ainda, a compressa com água quente alivia desconfortos comuns como cólicas abdominais provocadas pela tensão pré-menstrual (TPM) ou dor de dente. É ideal também para o tratamento de dores como torcicolos.

Atenção Com a Compressa Quente

O ideal é deixar a compressa agir na região traumatizada no máximo 15 minutos, isso enrolada em um pano para amenizar a temperatura fria ou quente. Ainda que ambas possam fornecer um grande um alívio, você deve ficar atento ao uso da compressa. A compressa fria, assim como a quente, pode ferir peles mais sensíveis.

Compressa Quente

A compressa morna ou quente promove relaxamento, aumenta o fluxo sanguíneo local e aumenta a mobilidade. Por isso, é indicada para ser feita em algumas situações:

  • Antes da atividade física;
Compressa Antes da Atividade Física
  • Dor muscular;
Compressa Para Dor Muscular
  • Torcicolo;
Compressa Quente Para Torcicolo
  • Hematomas;
Compressa Quente Hematomas
  • Furúnculo e terçol;
Compressa Para Terçol

A compressa morna ou quente pode ser colocada em qualquer local do corpo que seja necessário aumento do fluxo sanguíneo, como no peito ou costas. Porém, não é recomendo você fazer essa compressa quando estiver com o corpo febril, já que a água morna ou quente podem aumentar a temperatura corporal.

A compressa quente ou morna pode ser utilizada durante 15 a 20 minutos dentro de 3 a 4 vezes por dia. Para que sua pele não queime, enrole a compressa em um tecido fino ou fralda de pano.

Para fazer sua compressa quente em casa, você pode utilizar uma fronha de travesseiro e 1 quilo de grãos secos, como feijão ou arroz, por exemplo. Coloque os grãos dentro da sua fronha e amarre bem para formar uma trouxa. Aqueça no microondas entre 2 e 5 minutos, espere ficar morna e aplique na região que precisar durante 15 a 20 minutos.

Deve-se ir ao médico caso a dor não diminua ou se intensifique mesmo com a compressa. Pode ser necessário a realização de exames para detectar uma possível fratura.

Quando Usar Compressa Fria 

A compressa fria é ideal após lesões nas articulações, quedas ou pancadas. É recomendado que seja aplicada nas primeiras 48 horas após o trauma. É comum que estes traumas rompam alguns vasos, fazendo com que haja vazamento de sangue (hematomas com vermelhidão) ou linfa (edemas com inchaço). Com a temperatura fria da compressas, esses vasos sofrem espasmos, diminuem e contraem o fluxo dos fluídos. Assim, o local que sofreu o trauma não sofre acúmulo de líquido.

Compressa Fria

As compressas frias diminuem a inflamação, o inchaço e o fluxo sanguíneo da região, assim, são indicadas nestes casos:

  • Após a atividade física;
Compressa Para Dor Muscular
  • Após pancadas, quedas ou torções;
Compressa Após Torções
  • Na tendinite;
Compressa Na Tendinite
  • Depois de tomar injeção ou vacina;
Compressa Pós Injeção
  • Na dor de dente;
Compressa Para Dor de Dente

Para fazer sua compressa fria, envolva um saco de legumes congelados em um pano ou toalha na região traumatizada entre 15 e 20 minutos. Ou, misture 2 parte de água e 1 parte de álcool num saco do tipo ziploc e deixe no congelador. O conteúdo não deve ficar congelado para que possa ser moldado de acordo com sua necessidade. O modo de uso igual.

Origem e Curiosidades Sobre a Compressa

A compressa é conhecida também como emplastro ou emplasto – que devirá do grego émplaston. Também, pode ser chamada de cataplasma ou, então, de malagma (do latim, malāgma).

A compressa, quente ou fria, é uma forma de medicação transdérmica – ou seja, que se caracteriza pela colocação de alguma substância sobre a pele, com objetivos terapêuticos.

A sua origem provável é a Grécia. Há relatos destes povos, usando peles de animais sobre a pele humana em casos de doenças ou ferimentos. Ainda, eram adicionadas ervas. Também há evidências do uso das compressas no Egito Antigo.

Atualmente, até em hospitais as compressas são usadas. São empregadas em casos de pós-operatório, por exemplo, e para assepsia e amenização de cicatrizes.

Também, é muito conhecida a compressa de sal – que é uma receita antiga e eficaz. Ela serve para dores de estômago, dores de cólicas menstruais e outras. Um tecido morno com sal é colocado sobre a região abdominal, aliando dores e desconfortos.

Compressa Para Dor de Cabeça

Já nos países orientais, é comum a compressa de tofú (com o queijo de soja). É usada em temperatura morna e serve para baixar a febre, reduzir abcessos dentários. Ainda, para ajudar na cura de queimaduras e combater processos inflamatórios.

Também temos a compressa de folhas de batata-doce, por exemplo. São muito usadas para acnes e furúnculos. É um excelente emoliente, que promove o processo de cura da infecção.

E não para por aí. Em dados momentos as compressas são usadas em forma de pasta. Nesse caso, são utilizados ingredientes como ervas em geral. A pasta e colocada diretamente na pele, sem auxílio de um tecido, por exemplo. Deixa-se agindo por um tempo e, depois, é removida.

Além disso, há as compressas industrializadas e, normalmente, frias. São vendidas em drogarias, em geral. Nesse caso, são mais conhecidas como emplastros. Podem ou não conter substâncias medicamentosas, como analgésicos e anti-inflamatórios. Costumam ser auto-colantes e muito usadas em casos de dores musculares, por exemplo.

Veja também

Uso de Drogas

Quanto Tempo Demora Para Limpar o Sangue das Drogas?

Quando se fala em drogas, logo pensamos nas drogas ilícitas que são fabricadas, vendidas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *