Home / Animais / Qual o Intervalo de Tempo Entre um Filhote de Cão e Outro?

Qual o Intervalo de Tempo Entre um Filhote de Cão e Outro?

Os cães são sem dúvida os animais de estimação mais famosos do mundo. São animais sociais que, curiosamente, na maioria das vezes, aceitam os seus donos como “chefes da matilha”. A lealdade é uma característica importante, assim como os sentidos apurados da audição e olfato.

Atualmente, existe uma grande diversidade de raças caninas, as quais  contam com indivíduos muito diferentes em aspectos como o tamanho e a pelagem. Estas raças teriam surgido a partir de um processo de seleção artificial decorrente da domesticação, o qual, de certa forma, ‘moldou’ os cães para a aquisição de certas aptidões, comportamentos e características específicas.

Além de oferecerem inegável companhia, os cães ainda podem ser adestrados para cumprimento de tarefas específicas. Logo, existem cães que atuam como cães de guarda, pastor de rebanhos, cães de caça, cães policiais, entre outras funções.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre esses queridos animais domésticos, em especial sobre a curiosidade: Qual o intervalo de tempo entre um filhote de cão e outro?

Pois bem, venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Características Anatômicas Comuns Entre os Cães

Os cães são animais quadrúpedes (isto é, locomovem-se sobre 4 patas) e digígrados (ou seja, que andam sobre os dedos).

Mesmo com as diferenciações em relação a uma raça ou outra, também existem características em comum, tais como a dentição de 42 dentes e o posicionamento dos membros em relação a uma superfície horizontal.

De acordo com informações como o peso e a morfologia, os cães podem ser agrupados em 4 subcategorias: os cães pequenos (com menos de 10 quilos); os cães de tamanho médios (peso entre 11 a 25 quilos); os cães de tamanho grande (com peso entre 26 e 45 quilos); e os cães gigantes (com peso superio a 45 quilos).

Há muitas semelhanças em relação à composição interna. O crânio é formado por 13 ossos cuja soldagem inicia-se após o nascimento, estes ossos também se articulam à coluna vertebral (formada por 7 vértebras cervicais, 13 vértebras torácicas, 7 vértebras lombares, 3 sacrais e um quantitativo de vértebras na cauda que varia de acordo com a espécie).

Filhote de Cão Características

Na caixa torácica, há 10 pares de costela que se ligam ao esterno.

A locomoção é possibilitada através de articulações sinoviais e não-sinoviais, as quais são recobertas por um conjunto de 34 músculos (classificados como estriados, lisos ou cardíacos).

A porção frontal é conhecida por deter a maior concentração destes músculos, permitindo certas peculiaridades de locomoção, tais como o giro de cabeça de 220 graus e força para a escavação e arranhadura.

Em relação ao sistema digestivo, o fato dos cães possuírem um regime carnívoro contribui para que o estômago apresente um volume considerável.

Habilidades Sensoriais dos Cães

Na qualidade de canídeos (tais como as raposas e os lobos), os cães possuem sentidos apurados para a finalidade de captura das presas e proteção da matilha. Os processos de domesticação e cruzamento seletivo ao longo dos séculos proporcionou que os cães ficassem menos dependentes destes sentidos, porém tais sentidos ainda são considerados excepcionais.

O apuradíssimo olfato dos cães é decorrente das ramificações dos nervos olfativos na cavidade nasal. Estas ramificações ocupam uma área de 160 cm². Só em nível de curiosidade, tais ramificações, no ser humano, ocupam a área de 5 cm². Além do mais, as células olfativos do cão (220 milhões) são exorbitantemente superiores, em termos de quantidade, às nossas (5 milhões).

Na audição, são capazes de detectar sons não reconhecíveis pelo ouvido humano- no caso, as altas frequências e o baixo volume. As orelhas direcionáveis também auxiliam a localizar a direção e origem do som, a mesma forma que são capazes de ouvir a uma distância 4 vezes superior, em comparação com os seres humanos.

A visão noturna destes animais é ótima, além do mais, o campo de visão é bastante amplo, uma vez que os olhos estão posicionados ao lado da cabeça. A visão é bicromática. Não apresentam grande foco e capacidade de diferenciação das cores.

Em relação ao tato, quando o animal sente mais frio ou calor, acaba respondendo fisiologicamente através da aceleração da respiração, assim como através da evaporação da água por meio da língua. Na base dos pêlos, há uma rede de terminações nervosas, a qual se liga à medula espinhal e ao cerebelo. Áreas como o queixo, supercílios e pêlos longos do focinho também possuem terminações nervosas.

Em relação ao paladar, este sentido é considerado uma exceção, visto que é classificado como pouco desenvolvido.

Reprodução dos Cães

A cópula entre macho e fêmea começa com a fase de farejamento. O cio da cadela normalmente dura entre 15 a 20 dias, sendo que o ápice da fertilidade é atingido entre o 8° ao 11° dia.

Reprodução dos Cães

A gestação dos cães dura em média 58 a 68 dias. No entanto, há casos em que ultrapassa 70 dias sem mais complicações tanto para a fêmea quanto para os filhotes.

Qual a Média de Filhotes por Gestação Canina?

Em linhas gerais, considerando todas as raças de cães existentes, a média é de 6 filhotes. Mas, lógico, que este número é extremamente variável e leva em consideração uma série de fatores, tais como a raça e porte físico da fêmea (no caso, pequeno, médio ou grande).

Em algumas raças, só há 1 a 2 filhotes por gestação, sendo que, em outras, esse número pode chegar a 15.

Após o nascimento dos filhotes, ocorre a expulsão da placenta- inclusive, algumas cadelas podem ingerir a própria placenta. Caso a placenta não seja expulsa, é provável o desenvolvimento de uma infecção.

Qual o Intervalo de Tempo Entre um Filhote de Cão e Outro?

Enfim, chegamos à questão central do título deste artigo.

Pois bem, em uma gestação a partir de 2 filhotes, o tempo que a fêmea oscila para parir entre um filhote e outro pode variar de 15 minutos a 2 horas. Em alguns casos, este intervalo pode ser adiado para 3 ou 4 horas.

No caso do tempo de trabalho de parto como um todo, estima-se que para uma ninhada de 4 a 6 filhotes, este tempo seja de 6 a 8 horas.

Filhotes de Cão

Depois de conhecer muitas informações sobre os cães, nosso convite é para que continue conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Biovet. Gestação canina: descubra quais são os maiores cuidados com o seu pet. Disponível em: < http://www.biovet.com.br/imprensa/gestacao-canina-descubra-quais-sao-os-maiores-cuidados-com-seu-pet/20181121-142742-s684>;

DIETER, KLAUS BUDRAS & MCCARTHY PATRICK H. Anatomy of the Dog. Capítulos 1 e 9. Ed. Schluetersche, Estados Unidos, 2010

LILLMANS, G. Perito Animal. Quanto tempo demora o parto de uma cadela. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/quanto-tempo-demora-o-parto-de-uma-cadela-22781.html#:~:text=O%20tempo%20que%20uma%20cachorra,a%20cachorra%20ingerir%20essa%20placenta.>;

My animals. Uma cadela pode dar à luz quantos filhotes. Disponível em: < https://myanimals.com/pt/uma-cadela-pode-dar-a-luz-quantos-filhotes/>;

Wikipédia. Cão. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A3o>;

TEIXEIRA, E. S. Princípios básicos para a criação de cães. págs 13 à 15. Ed. Nobel, Brasil 2005;

Veja também

Quais os Benefícios do Ovo de Marreca? Para que Serve?

Os marrecos são aves aquáticas pertencentes à família dos Anatídeos. Estas aves produzem uma carne …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *