Home / Natureza / Qual a Função dos Cílios nos Protozoários?

Qual a Função dos Cílios nos Protozoários?

O corpo humano é muito vasto e amplo, podendo ser estudado por décadas e, ainda assim, faltaria tempo para analisar todas as constantes ali presentes. A grande verdade é que, por mais que as pessoas possam ser pequenas perante uma série de outras coisas, cada pessoa é um mundo à parte e habita a vida de inúmeras maneiras.

Por isso é tão interessante e importante realizar o estudo do corpo humano de forma correta e atenciosa, pois todos os detalhes estão relacionados entre si e podem ser também relacionados a outras coisas.

Em todo caso, há uma série de organismos dentro do organismo das pessoas, com pequenas partes compostas por grandiosas funções e mecanismos. Esse é o caso, por exemplo, dos protozoários. Os protozoários sã organismo unicelulares, ou seja, que possuem apenas uma célula.

Alguns parasitas são protozoários e, dessa maneira, podem viver nos seres vivos e causar muitos problemas. Contudo, apesar de não serem capazes de gerar o próprio alimento, os protozoários não precisam estar necessariamente presentes nos seres vivos. Você sabe a função dos cílios e dos flagelos para os protozoários? Saberia explicar como funciona o protozoário em relação aos seus usos? Veja, abaixo, tudo sobre isso e também sobre outras questões ligadas aos protozoários.

Cílios nos Protozoários

Os cílios são, em qualquer célula, organelas ligadas à movimentação. Dessa maneira, sempre que os cílios forem citados, saiba que há grande chance de o assunto abordado ser a movimentação de uma célula ou até mesmo de algo dentro da célula. Assim, os protozoários podem fazer uso dos cílios para a sua movimentação, por mais que isso não seja obrigatório.

Os protozoários ciliados, dessa forma, são aqueles que possuem os cílios como instrumentos para a sua locomoção. Esse tipo de protozoário pode existir em água doce e salgada, podendo ainda estar em materiais em decomposição. Esse tipo de protozoário pode realizar a reprodução de forma sexuada ou assexuada, a depender alguns fatores.

Em todo caso, os protozoários desse tipo são extremamente comuns em todo o planeta, apresentando sempre uma visual parecido ao de pelos, já que os cílios realmente possuem aparência de pelos, como se fossem cílios humanos. Além da movimentação, os cílios ainda são importantes para os protozoários pelo fato de ajudarem a fazer com que esses seres saibam sentir o ambiente ao redor, para realizar tudo o que precisam e saber exatamente onde estão.

Flagelos nos Protozoários

Cílios e flagelos costumam ser citados, quase sempre, em conjunto. Por isso é tão comum que as pessoas imaginem ambos como um só ou, então, como organelas muito semelhantes. A verdade é que flagelos e cílios realmente possuem aspectos em comum, mas também têm outros que nada tem a ver.

No caso, os flagelos também são organelas de movimentação, usadas para que as células sejam capazes de sair do lugar ou até mesmo de movimentar substância em seu interior. Um detalhe especial sobre os protozoários de flagelos é que muitos deles, a maioria, podem representar parasitas para as pessoas. Logo, há um longo flagelo para a movimentação, como se fosse um rabo para os protozoários, que “batem” o flagelo de um lado para o outro para realizar a movimentação.

Flagelos nos Protozoários
Flagelos nos Protozoários

O processo pode ser comparado ao de uma pessoa batendo a perna na água para ser capaz de se movimentar no ambiente aquático, ou, então, ao de um chicote que bate para um lado e para o outro, com a intenção de provocar a movimentação. Há aqueles flagelos que ainda ajudam na captura de alimentos, algo essencial para os protozoários, incapazes de gerar a própria comida.

Características Gerais dos Protozoários

Os protozoários possuem muitas características muito marcantes, que fazem desses animais extremamente fáceis de reconhecer através de descrições.

Dessa forma, os protozoários pertencem ao reino Protista, em conjunto com as algas. A grande diferença é que as algas são capazes de gerar o próprio alimento, algo que os protozoários não conseguem fazer e, assim, precisam buscar comida junto aos seres vivos. Tendo uma única célula, os protozoários precisam que essa célula realize tudo aquilo que todas as células dos seres eucariontes precisam fazer.

Características Gerais dos Protozoários
Características Gerais dos Protozoários

Por mais que não seja possível ter todas as funções dos eucariontes, no fim das contas a grande verdade é que os protozoários são capazes de realizar as funções mais importantes: no caso, excretar, reproduzir e respirar. A entrada de água nos protozoários se dá por osmose, havendo diferença de concentração para que a água possa sair ou entrar, a depender das necessidades dos protozoários.

Ademais, os alimentos dos protozoários são capturados por fagocitose, um processo bastante útil quando se trata desses animais. Após a digestão, já dentro da célula, o protozoário termina por eliminar o que consumiu. Vale lembrar que, antes disso, o protozoário já retirou os nutrientes essenciais à sua vida.

Habitat dos Protozoários

O habitat dos protozoários é um tema bastante interessante a respeito desses animais, pois diz muito sobre o seu modo de vida e também sobre a sua vida em si. Dessa maneira, os protozoários são de vida livre, podendo ser encontrados em água doce, salgada ou salobra.

Também podem ser encontrados livres na natureza quando em ambientes úmidos, seja rastejando pelo solo ou sobre algum tipo de matéria orgânica em decomposição. Na realidade, habitar matéria orgânica em decomposição é algo muito comum para os protozoários. A reprodução desse tipo de ser pode ser sexuada ou assexuada, mas, em linhas gerais, o mais comum é que os protozoários tenham o modo de reprodução sem o ato sexual.

Habitat dos Protozoários
Habitat dos Protozoários

Além disso, os protozoários de água salgada realizam a osmose com uma frequência muito grande, dado que o habitat pede isso.

Dessa maneira, no momento de realizar as trocas de água, os protozoários buscam sempre os melhores nutrientes presentes no meio. Já quando em água salgada, os protozoários não precisam realizar as trocas de água por osmose com tamanha frequência, já que a oferta de nutrientes e substâncias presentes na água doce é menor. Vale lembrar que a regulação da osmose nos protozoários é realizada por um sistema inteligente de organelas.

Veja também

Dolomita em Pedra

Qual a Composição Química da Dolomita? Que Tipo de Rocha?

O que é Dolomita? Ao lado da calcita e da aragonite, a dolomita constitui cerca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *