Home / Natureza / O Que São Intrusões Magmáticas? Como Funcionam?

O Que São Intrusões Magmáticas? Como Funcionam?

O planeta Terra possui modo de funcionamento bastante complexo em alguns pontos, por mais que seja simples em outras questões. Assim, é natural que as pessoas imaginem os mecanismos de funcionamento do planeta mais complicados em seu interior e mais simplificados na superfície, onde é possível ter acesso visual a tudo o que acontece. Vale lembrar que a sociedade ainda apresenta dificuldade para acessar grandes profundidade, colaborando para a tal visão.

Assim, um dos movimentos que mais gera interessa nas pessoas é a questão do magma, que pode chegar à superfície e matar inúmeros indivíduos. Porém, além disso e além também de formar rochas sólidas, o magma pode passar por outros processos. Um desses processos é a chamada intrusão magmática, quando o magma não retorna à superfície para virar rocha, como seria o mais natural e esperado.

Nesse processo diferenciado, dessa forma, o caminho do magma passa a ser outro e, naturalmente há resultados finais também diferentes. Se você deseja conhecer mais sobre a intrusão magmática, um fenômeno natural dos mais únicos do planeta, veja abaixo tudo o que envolve o processo de intrusão, o que acontece com o magma e como se dá esse processo de destaque.

O Que É a Intrusão Magmática? Como Acontece?

O magma presente no centro da Terra é, em resumo, uma rocha que foi derretida sob fortíssimo calor até virar líquido ou pasta. Portanto, esse magma possui uma série de minerais que antes estavam presentes na rocha. Dessa maneira, o mais comum é que o caminho do magma seja direcionado para a volta à superfície, onde o material ganhará solidez e voltará a ser rocha. Assim, em condições mais previsíveis, é isso que acontece com o magma. Todavia, por vezes o magma acaba por solidificar antes de voltar à superfície.

Intrusão Magmática
Intrusão Magmática

Em geral, na verdade, esse processo de solidificação precoce acontece na litosfera e recebe o nome de intrusão magmática. O resfriamento acontecerá de maneira muito lenta nesse caso, já que não haverá uma mudança brusca de temperatura no ambiente. Em todo caso, os minerais do magma se tornarão cristais, com a rocha apresentando uma estrutura maciça e muito dura.

Assim, como o resfriamento se dá mais lento com a intrusão magmática, os minerais viram cristais e, por vezes, ganham tamanho muito elevado. Esse processo ainda é capaz de alterar a forma de rochas já consolidadas na superfície, além de montanhas. Para entender o porquê disso, basta ter em mente que tudo isso acontece na litosfera, logo abaixo da superfície da Terra, alterando todo o modo de ser do que está acima.

Resultados da Intrusão Magmática

A intrusão magmática é um processo bastante complexo, até mesmo pelo fato de ser fora do comum. Assim, os resultados de algo desse tipo podem ser variáveis. Há a possibilidade de que a intrusão crie montanhas ou serras, por exemplo, empurrando o solo para cima com o resfriamento lento e gradual do magma que está abaixo desse solo.

Como resultado disso, além das serras, ainda é possível que apareçam planaltos. No Brasil, a famosa Serra da Mantiqueira é um bom exemplo de serra formada a partir da intrusão magmática, embora as pessoas nem sempre saibam. Além disso, o agrupamento e a posterior cristalização dos minerais pode fazer com que surjam elementos como a mica, o quartzo e o granito.

Logo, além de alterar o relevo de maneira muito direta, a intrusão magmática ainda faz com que pedras minimamente preciosas possam ser formadas e agrupadas, atuando como um processo importante para a definição do que será o planeta Terra. Para quem não era capaz de ver muita lógica na intrusão magmática, além de não ser capaz de ver os efeitos práticos do processo, essa é uma boa explicação.

O Que É Uma Rocha Magmática?

O processo citado, de intrusão magmática, é responsável por formar um tipo de rocha magmática. No caso, se forma a rocha magmática intrusiva a partir de todo esse processo. Isso quer dizer que a rocha formada se manterá abaixo da superfície da Terra, sem entrar em contato direto com essa superfície. Porém, há também a possibilidade de que o magma vire rocha logo ao entrar em contato com a temperatura baixa da superfície, gerando a rocha magmática extrusiva.

Assim, ambos os processos de formação são responsáveis por gerar rochas magmáticas, pois as duas formam pedras a partir do resfriamento do magma. O que muda é o local em que acontece esse resfriamento, o que muda ainda como se dá o processo. Porém, os resultados são semelhantes, com algumas diferenças básicas.

A rocha magmática é bastante antiga em todo o mundo, estando junto com as rochas metamórficas como as mais velhas de todo o planeta – ainda assim, as que possuem origem no magma são mais antigas. Isso faz com que grande parte do planeta seja composto por rochas desse tipo, que cercam as pessoas por todos os lados.

Mais Informações Sobre a Intrusão Magmática

O processo de intrusão magmática é o responsável por gerar as rochas magmáticas intrusivas. Assim, esse processo é mais lento, demorando muito mais tempo para acontecer quando comparado ao extrusivo.

Além disso, o processo da intrusão magmática acontece sem que as pessoas sintam o seu efeito imediato, algo que não se dá na outra forma de produção das rochas desse tipo. Como resultado do processo de intrusão magmática, há a formação da rocha, como era de esperar. Porém, há ainda a junção de minerais em meio a essa rocha, formando cristais de minerais. Esses cristais são muito bem avaliados pelo mercado, seja em sua forma de mica, quartzo ou qualquer outro tipo mineral.

Esse tipo de rocha costuma ocupar espaços e buracos que podem se apresentar na estrutura interna da Terra, já que a litosfera e as outras camadas ainda mais profundas do mundo estão em constante mudança, com temperaturas altíssimas e capazes de criar inúmeros “buracos”. Portanto, em todo caso, independentemente da produção de minerais cristalizados, a intrusão magmática serve também para a ocupação e o preenchimento de tais ambientes, logo abaixo da superfície.

Veja também

O Que São Horizontes Transicionais? Como Eles Acontecem?

O solo é importante para a realização de todo o ciclo da vida no planeta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *