Home / Natureza / Qual a Importância do pH dos Fluidos Biológicos?

Qual a Importância do pH dos Fluidos Biológicos?

O corpo humano apresenta muitas questões interessantes em seu funcionamento, sendo que algumas delas a sociedade sequer consegue explicar com exatidão e certeza. Dessa forma, estudar o corpo é sempre um passo importante para entender o que acontece com as pessoas em certos momentos da vida. Algo fundamental para realizar essa medição, assim, é o chamado pH. Você conhece o pH?

Escala de pH
Escala de pH

Em todo caso, isso acontece porque o pH está em todas as coisas, em cada um dos fluidos corporais que atravessam o corpo humano, tendo papel central em muitos dos acontecimentos que se dão com o corpo das pessoas. Assim, para quem ainda não sabe, o pH é o nível de acidez de algo, estando essa coisa no corpo humano ou não. O pH da água limpa e potável, por exemplo, é neutro e permanece ao redor de 7. Já o pH do limão é muito mais baixo, demonstrando que a fruta é ácida.

Logo, quanto mais baixo é o pH, maior o nível de acidez do item. No caso do corpo humano, cada tipo de fluido corporal possui um determinado pH médio, que deve ser mantido mais ou menos naquela proporção. Quando há alguma variação além do normal, o corpo responde de forma negativa, buscando o equilíbrio. Nesse processo, em geral, aparecem problemas graves de saúde.

O pH dos Fluidos Corporais

O pH é chave para o funcionamento do corpo das pessoas, por mais que você sequer tenha parado para pensar nisso antes ou sequer soubesse o que era o pH. No caso, cada fluido corporal possui o seu pH médio, que deve ser mantido próximo ao ideal, ainda que nem sempre seja possível ter um número exato como o correto.

Essas pequenas variações acontecem até mesmo pelo fato de o corpo humano ser diferente, com cada indivíduo se mostrando capaz de reagir de maneira única aos acontecimentos.

Veja abaixo alguns dos principais níveis de pH do corpo humano:

  • Urina: 4,8 a 8;

  • Bile: 7,6 a 8,7;

  • Sêmen: 7,2 a 7,7;

  • Fluido vaginal: 3,5 a 4,5;

  • Sangue: 7,3 a 7,45.

Assim, dentro dessa média, é possível que haja algumas variações. Todavia, quando a média é deixada de lado e há alguma quebra de limites, seja para cima ou para baixo, o corpo humano acusa o golpe e passa a reagir às variações de pH do corpo.

Por isso é tão importante ter uma alimentação balanceada, além de ingerir água em grande quantidade. Isso porque os alimentos mais neutros em pH, além da água, ajudam a fazer com que haja o equilíbrio adequado para o corpo, se adaptando ao que esse corpo realmente necessita.

Excesso de Ácido no Corpo

Os corpos das pessoas podem sofrer com o excesso de ácido ou com a falta de ácido. Assim, um pH muito alto pode ser extremamente danoso, assim como um pH baixo também é negativo. Portanto, o pH do sangue é uma ótima forma de medir como está o pH geral do seu corpo, indo do micro para o macro.

Isso acontece pelo fato de o sangue estar presente em grande parte do corpo das pessoas, executando funções fundamentais para o funcionamento do mesmo. Dessa maneira, o pH do sangue deve estar por volta de 7. Quando abaixo disso, há algo de errado e há a chance de que bactérias e fungos se proliferem com velocidade, encontrando o ambiente ideal para sobreviver.

Por isso é tão importante estar sempre atento ao modo de vida, além de cuidar bastante da alimentação. Pois, por mais que seja difícil na fase de transição, uma vida mais saudável fará com que o pH do sangue e do restante do corpo permaneça no nível ideal.

Doenças Ligadas Ao Excesso de Ácido no Corpo

Há muitas doenças ligadas ao excesso de ácido no sangue, que pode ser visto a partir da queda do pH sanguíneo. Assim, quando o pH se mostra baixo, a pessoa automaticamente fica mais propensa a desenvolver problemas do coração, passa a sofrer de fadiga e se torna mais frágil contra inúmeras doenças causadas por bactérias e vírus. Portanto, o ideal mesmo é evitar alimentos que diminuam o pH, já que esse tipo de alimento pode se tornar um grave problema no futuro.

Dessa forma, trate de evitar café, cerveja, refrigerante e muitos outros tipos de alimentos. Em geral, aquelas bebidas industrializadas são as que mais causam a diminuição do pH do sangue, diminuindo a quantidade e a força das células de defesa do organismo.

O mesmo acontece com os alimentos industrializados, tornando a pessoa mais fraca e sensível aos problemas de saúde. Todavia, a tireoide é a grande indicadora de que há algo de errado com o pH do sangue. Isso porque, ao ter um pH sanguíneo baixo, o ser humano rapidamente estará muito mais propenso a desenvolver problemas de tireoide, tornando-o fraco e com aparência cansada.

Como Equilibrar o pH

O método mais fácil de equilibrar o pH se dá a partir da diminuição da ingestão de alimentos e bebidas industrializados. Dessa forma, ainda que não seja possível acabar com a ingestão desses alimentos, trate de diminuir a quantidade média. Como substituição, coloque alimentos mais ricos em vitaminas e mais naturais em suas refeições. Exemplos disso podem ser frutas e legumes, além de aumentar o consumo de água de qualidade.

A água, por ter pH neutro, atua como uma espécie de “faxineira” do corpo, colocando tudo de volta ao seu devido lugar. Se alimentar com grandes quantidades de comidas ácidas ao mesmo tempo em que consome muita comida alcalina não é a melhor maneira de lidar com a situação do pH, já que esses excessos causarão problemas para você e para todo o funcionamento do seu corpo no futuro próximo. Dessa maneira, tente consumir alimentos diversificados e, além disso, pratique atividades físicas regulares.

Isso porque o exercício físico pode ajudar muito quando se trata de equilibrar os níveis de pH no corpo, tratando de melhorar a forma de funcionar do mesmo. Por fim, vale lembrar que boas práticas, se realizadas por bastante tempo, farão com que a sua vida tenha mais qualidade e seja mais duradoura.

Veja também

O Que São Horizontes Transicionais? Como Eles Acontecem?

O solo é importante para a realização de todo o ciclo da vida no planeta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *