Home / Natureza / Diferença Entre Lince Pardo, Onça Parda, Coiote e Gato Selvagem

Diferença Entre Lince Pardo, Onça Parda, Coiote e Gato Selvagem

O que esses animais tem em comum, afinal? Aqui discutiremos as principais diferenças e tiraremos todas as suas dúvidas em relação ao lince pardo (Lynx rufus), onça parda (Puma concolor), coiote (Canis latrans)e o gato selvagem (Felis silvestres).

Desses quatro animais, o único que não possui características em comum é o coiote, pois, diferentemente dos outros três que são felinos, o coiote é um canídeo, muito parecido com o lobo, tanto em aparência quanto em comportamento.

Conheça Mais Sobre O Coiote – Canis Latrans

O coiote é animal que vive nas gélidas regiões do norte da América, desde o Alasca, atravessando o Canadá até a Groenlândia, descendo até o sul dos Estados Unidos e ficando em algumas regiões da borda norte da América Central.

Sua alimentação é extremamente carnívora, e apenas poucos exemplares se arriscam a comer outro tipo de comida quando se encontra em necessidade extrema.

O coiote se alimenta de qualquer tipo de presa que se apresente ao mesmo, seja terrestre, aéreo ou aquático.

O coiote é um animal monogâmico, e as famílias os pais só se separam mediante a tomada de poder por um coiote macho mais agressivo, ou pela morte de um dos dois, caso contrário, tendem a ficar juntos até o final da vida, tomando conta da prole, que quando cresce, se torna independente para criarem as próprias famílias.

Conheça As Diferenças Entre os Felinos: Lince Pardo (Lynx rufus), Onça Parda (Puma concolor) e Gato Selvagem (Felis silvestris)

Apesar de serem felinos, os três animais possuem características completamente diferentes, principalmente em relação à aparência.

O lince pardo, assim como o coiote, vive na América do Norte e parte da América Central, e é um predador altamente adaptável, podendo viver em regiões gélidas, assim como em ares áridos e pantanosos presentes no Norte da América Central.

O lince pardo possui manchas como as de um tigre, e sua pelagem é espessa, principalmente na cabeça, tornando-o um felino bastante distinto.

A onça parda, difundida como suçuarana no Brasil, é uma espécie que vive na América do Sul, nos principais biomas do mundo, como a Floresta Amazônica, o Cerrado e o Pantanal Mato-Grossense.

Sua pelagem é rala se comparada com a do lince pardo, e fisicamente ambos são bem distintos, e suas medidas são perceptíveis, pois o lince pardo alcança cerca de 100 cm de comprimento em seu maior espécime, enquanto, normalmente, a onça parda alcança quase 160 cm.

O gato selvagem é a versão em miniatura dos felinos citados, pois apesar de viver de forma selvagem, este animal recebe o nome de gato por ser exatamente como um gato doméstico.

Estudos apontam que o gato selvagem é uma adaptação natural do gato doméstico, que passou a viver de forma independente nas florestas da África, Ásia e Europa.

Qual é a Diferença na Alimentação do Lince Pardo, Onça Parda, Coiote e Gato Selvagem?

Onça Parda Andando na Floresta
Onça Parda Andando na Floresta

Afinal, o que esses animais comem?

O lince pardo é um predador nato, e dificilmente uma presa escapa às suas garras afiadas. O lince pardo tem comportamento diurno, e caça durante a manhã e tarde para descansar durante a noite, e sua alimentação é estritamente carnívora, onde roedores, rastejantes, aves e peixes se enquadram perfeitamente no seu cardápio.

A onça parda também é estritamente carnívora e se alimenta de inúmeros animais presentes nas matas brasileiras e sul-americanas, onde vivem. Além das presas mais comuns, as suçuaranas também caçam crocodilos e javalis.

O coiote, apesar de ser canídeo, possui uma alimentação muito igual a dos outros felinos, e esse é um dos motivos que o faz estar aqui, pois o mesmo come as mesmas presas que os felinos.

O gato selvagem é um exímio caçador de aves, e os mesmos se tornam um risco para a preservação de determinadas áreas, pois os mesmos eliminam muitos pássaros, que são essenciais para distribuir sementes de novas plantas pela natureza, além de fazerem a polinização de inúmeras flores. Ainda assim, o gato selvagem caça muitos roedores e pequenos insetos para sobreviver na selva.

Quais São As Diferenças Comportamentais Do Lince Pardo, da Onça Parda, do Coiote e do Gato Selvagem?

Cada animal, seja da mesma espécie ou não, possui características comportamentais exclusivas. Observe aqui mais um pouco sobre elas.

O lince pardo é uma criatura solitária, que caça sozinho e se afasta de qualquer outro animal que esteja por perto, seja da mesma raça ou não. Vive a vida toda se abrigando em covas, cavernas, copas de árvores ou embrenhados no mato.

A onça parda é mais sociável que o lince pardo, e é comum ver uma onça parda na presença de outra, mas não em grandes números. As mesmas podem dividir uma refeição sem grandes problemas.

O coiote é um animal responsável que não busca conforto só para si e nem para sua família, mas para sua alcateia inteira, pois os líderes designam o destino dos mesmos, isto é, para encontrar abrigo e comida, todos dependem do líder.

O gato selvagem, assim como o lince pardo, é totalmente solitário e apenas se engaja com seu parceiro, a quem pode viver junto ao resto da vida toda, caso contrário, só se ligam através da necessidade de reprodução.

Qual é o Status Ecológico e Estimativa de Vida Do Lince Pardo, da Onça Pintada, do Coiote e do Gato Selvagem?

Filhotes de Coiote
Filhotes de Coiote

O lince pardo é um animal que se encontra fora do risco de extinção, pois está muito bem distribuídas nas terras gélidas e nortenhas do mapa das Américas, e esse animal tende a viver, em média, 15 anos de forma selvagem, podendo esse tempo ser quase dobrado em cativeiro.

A onça pintada, felizmente, deixou de ser um animal ameaçado e voltar a se encontrar como Pouco Preocupante no Brasil, que cada vez mais vem tomando espaço da Amazônia, e apesar de não mata-la, mata muito de suas presas, o que as deixa sem comida. A onça pintada vive em média de 7 a 9 anos de idade.

O coiote se assemelha com algumas raças de cães exóticas, pois vivem pouco mais de 5 anos, mas felizmente se reproduzem muito bem, onde a fêmea tem de 6 a 7 filhotes por ninhada, o que assegura uma posição positiva em seu estado de conservação.

O gato selvagem, assim como o gato doméstico, se reproduz de forma exponencial, e graças ao trabalho da natureza, o gato selvagem serve de alimento para muitos predadores, que realizam o controle ideal dos mesmos, que são Pouco Preocupantes na escala IUCN.

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *