Home / Natureza / Bicho-Da-Seda Curiosidades E Fatos Interessantes Sobre O Inseto

Bicho-Da-Seda Curiosidades E Fatos Interessantes Sobre O Inseto

Quem poderia imaginar que um tecido tão usado por nós brasileiros e também por pessoas de todo o mundo, poderia ser feito a partir do casulo de um inseto?

Hoje nós vamos conhecer um pouco mais a respeito do Bicho-da-Seda, se você faz uso da seda ou já fez, então fique sabendo que deve toda a gratidão do universo a este inseto!

Saiba que eu serei bastante breve, por isso, você não tem desculpas para não ler esta matéria que eu lhe preparei com tanto carinho! Vamos nessa, não tenha preguiça de ler hein!

Curiosidades E Fatos Interessantes Sobre O Bicho-Da-Seda

Primeiramente você precisa saber que apesar dele existir no Brasil e também em outras partes do mundo, o Bicho-da-Seda é originário lá da China onde já era cultivado com a finalidade da extração da seda. Os países orientais parecem estar sempre na frente quando o assunto é o cultivo de matérias primas!

Este inseto passa por fases onde é minuciosamente monitorado pelos seus criadores, é claro que não nasce em sua forma original de mariposa e sim em formato de larva que é a maneira pela qual surge neste mundo.

Bicho da Seda
Bicho da Seda

Alguns estudiosos afirmam que o uso deste inseto na produção da seda diminuiu bastante, isso tanto de maneira nacional quanto internacional. Existem tantos materiais cuja a seda está em sua composição, não entendendo este declínio que ocorreu na produção deste material.

Pelo que sei a desvalorização do dólar foi um dos problemas que contribuiu para a diminuição da exportação da seda para o exterior, isso tem causado inúmeros problemas para os criadouros deste inseto.

Sabia que mesmo se tratando de uma mariposa o Bicho-da-Seda não voa? Isto é bastante curioso, pelo menos para mim.

Eu costumava achar que os cães tinham um período de vida um tanto curto, tudo mudou quando eu comecei a pesquisar as informações a respeito deste curioso inseto, ele só perdura por 16 dias. Imagine sua vida com apenas este medíocre período! Acho que não daria tempo de fazer nadinha!

Tudo bem que pode haver outros insetos com características assim, mas ainda acho bastante estranho o Bicho-da-Seda ser coberto por pelos, isso é algo que eu não consigo achar tão normal.

Lembra daquele papo sobre este inseto possuir um curto período de vida? Então, saiba que neste espaço curto de tempo ele é capaz de colocar até 400 ovos! Todos estes 400 insetos juntos produzindo a maior quantidade de seda possível, poderia dar uma ótima produção!

O Bicho-da-seda passa por longas mudanças e cada uma delas faz com que o seu corpo mude parte por parte. Quando ainda está no estado de larva, este inseto consegue produzir uma espécie de gosma que ao entrar em contato com o ar, endurece. Isso é um tipo de proteção para ele.

Consiga uma boa quantidade de folhas de amoreira e vai poder ter quantos Bichos-da-seda desejar, pois este inseto é obcecado por elas.

A seda que nós utilizamos em nossos produtos não vem perfeitamente pronta, além disso, os cultivadores do Bicho-da-Seda geralmente não possuem recursos para transformá-las no produto final, por isso, apenas criam estes insetos até o momento em que eles começam a produzir seus casulos, depois são entregues as fabricas capazes de transformar esta matéria prima na tão almejada seda. Viu como os grandes e pequenos produtores precisam um do outro?!

A seda produzida por este inseto vem em forma de pequenas bolinhas ásperas que mais parecem flocos de isopor, é a partir daí que se inicia a produção do material final que tanto desejamos.

Alguns críticos ficaram indignados com um método que até então estava sendo usado (e ainda pode estar) por determinados cultivadores: alguns deles cultivavam o animal exposto ao sol para que quando o casulo estivesse sendo formado o inseto morresse com a temperatura. E você o que acha disso? Acha uma atrocidade ou não?

Por fim, você deve entender que a seda não é um material que sai do corpo do Bicho-da-Seda assim como acontece com a teia de aranha, a seda é extraída a partir do casulo feito pelo inseto

A Produção da Seda e Suas Curiosidades no Brasil

Produção da Seda
Produção da Seda

Com a queda no dólar a produção da seda pode diminuir bastante, lembrando que existem famílias que vivem deste tipo de trabalho, portanto, as alterações econômicas podem afetar diretamente estas pessoas que não possuem outro meio de vida a não ser este.

Outro ponto importante é o fato de que quanto mais a seda fica escassa no mercado, mais é possível que os produtos que já estão nele e também os que irão chegar, obtenham preços pra lá de altos. Viu como uma coisa influencia a outra?!

Apesar de eu encontrar alguns afirmando que a produção de seda caiu, existem outros que batem o pé dizendo que o fenômeno é exatamente ao contrário, ou seja, os números têm subido e a cada vez mais, famílias tem aderido a este tipo de cultivo.

Sabe por quanto tempo uma família pode viver deste tipo de cultivo? Exatos 10 meses, talvez para mim e para você isso pode ser considerado um tempo bem pequeno, mas quantas pessoas existem por aí que neste exato momento não possuem o que comer não é mesmo?! Para elas 10 meses são um tempo bem longo, suficiente para se planejarem quanto ao que fazer!

Existem outras pessoas que não cultivam o Bicho-da-Seda diretamente, elas a recebem de fabricas e ganham a função de cuidar desses bichos dando a eles um ambiente adequado para se desenvolverem. Este é outro modo de cultivo deste inseto!

É óbvio que para cultivar o Bicho-da-Seda é necessário alguns cuidados e ambientes específicos para desenvolvê-lo, este inseto é como uma flor, precisa de um espaço com o mínimo de condições para que cresça de forma saudável e forme seus tão preciosos casulos, valiosíssimos para os agricultores de pequeno porte e também para as grandes fabricas têxtis.

Eis aí tudo que eu sei e pesquisei sobre o estranho Bicho-da-Seda, espero que você tenha gostado!

Adeus e até a próxima!

Veja também

Fã de Poker? Aprenda a Jogar de Forma Sustentável

Todas as atividades humanas têm uma consequência ambiental, e o poker não é exceção. As …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *