Home / Natureza / Alimentação do Papa-Léguas: O Que Eles Comem?

Alimentação do Papa-Léguas: O Que Eles Comem?

O papa-léguas (Geococcyx californianus) é um pássaro que pertence à família Cuculidae. É um parente do cuco, animais que vivem no deserto do sudeste dos EUA, em locais que apresentam noites frias e dias quentes.

Apesar de conseguir voar, ele apresenta um voo um tanto desajeitado e, como se cansam bem rápido, eles preferem usar as suas pernas mesmo, que são bem fortes. Aliás, eles são considerados como ótimos corredores dentre as aves.

No post de hoje, vamos aprender um pouco mais sobre a alimentação do papa-léguas: o que eles comem, principais características e também algumas curiosidades sobre a família Cuculidae. Continue lendo.

O que o Papa-Léguas Come?

Eles comem cobras pequenas, insetos, lagartos, aranhas (inclusive as viúvas negras), tarântulas, escorpiões, pequenos pássaros e camundongos.

Papa-Léguas e suas Presas
Papa-Léguas e suas Presas

Costumam segurar a sua presa com o bico e batê-la contra a rocha ou no chão, até matá-la. O papa-léguas anda tão rápido, que chega a atropelar a sua presa.

Características do Papa-Léguas

Um papa-léguas pode alcançar uma velocidade de até 24 km/h. Durante a corrida, esse animal estende as suas curtas asas, esticam o pescoço, e também fica balançando a sua longa cauda para baixo e para cima. Esse pássaro tem a capacidade correr por hora, percorrendo uma longa distância, mantendo a velocidade constante.

Há registro de papa-léguas que já correram até 42 km/h. Essa foi a maior velocidade já registrada para um pássaro voador. Porém, ainda assim é menor do que a velocidade de 70 km/h alcançada pelo avestruz sem o voo, e que é bem maior.

Esse pássaro é muito ágil e rápido. Ele utiliza a sua cauda como se fosse um leme. Enquanto as suas asas servem como um estabilizador. O papa-léguas tem a capacidade de girar em um ângulo reto com a mesma velocidade.

O papa-léguas usa um artifício para se manter aquecido durante a noite. Ele reduz as funções do seu corpo, para que ele se torne letárgico. No Entanto, assim que amanhece, o animal precisa se aquecer novamente. Para isso, ele volta a se movimentar.

Ele possui uma espécie de dispositivo, que o ajuda na troca de calor. Trata-se de uma mancha feita de pele escura, que fica entre as suas asas, nas costas. Essa mancha serve para ajuda-lo a absorver melhor o calor do sol mais fraco da parte da manhã.

Para expor a sua mancha, o papa-léguas arrepia as suas penas. Em seguida, ele espera até que o corpo chegue à temperatura normal.

Existem dois tipos de papa-léguas. O exemplar menor vive no sudoeste dos Estados Unidos e no México. Enquanto que o exemplar maior vive em áreas abertas e sem árvores, e também em desertos.

O papa-léguas menor apresenta o corpo menos rajado. Enquanto que o maior tem penas mais rajadas de branco e verde-oliva, e mede em torno de 56 cm, com uma envergadura entre 43 e 61 cm.  O seu peso varia entre 221 a 538 gramas. Os dois exemplares têm uma espécie de tufo no alto da cabeça, formado por penas grossas, e que recebe o nome de crista.

Papa-Léguas do Desenho Animado
Papa-Léguas do Desenho Animado

O papa-léguas é muito parecido com o papa-léguas do desenho animado. Em cada pé, ele tem 4 dedos, sendo que dois deles são voltados para a frente, e dois são voltados para trás. A cor dos seus dedos é marrom, e eles apresentam manchas douradas.

Quase toda a parte superior do corpo do papa-léguas é marrom. Enquanto o pescoço e também a região superior do seu peito apresentam a cor branca ou marrom mais pálido, com algumas estrias em tom marrom escuro. A barriga dessa ave é branca. Atrás de cada olho, ele tem uma mancha nua, com a pele nas cores laranja e azul.

No caso do macho adulto da espécie, a cor azul é substituída pela cor branca, com exceção do azul adjacente do olho, e também a cor laranja na parte de trás que, geralmente, fica escondida por debaixo das penas. A quantidade em excesso de sais corporais é eliminada pelas glândulas nasais do papa-léguas.

Por ter uma natureza diurna e hábitos áridos, o papa-léguas possui muitas adaptações biológicas, e também comportamentais, que são chamadas de termorregulação, e que servem para diminuir tanto o superaquecimento, quanto a desidratação.

No período da estação mais quente do ano, esse pássaro fica mais ativo do nascer do dia, até a metade da manhã, principalmente. E também do fim da tarde até a noite. E, no decorrer do dia, nos horários mais quentes, ele aproveita para descansar na sombra.

Animais da Família Cuculidae

A família Cuculidae, possivelmente, é originária de regiões tropicais do Velho Mundo, de onde passou a emigrar para a América. Os fósseis encontrados dessa família são bem antigos, datando do começo do Terciário na Europa. Em Minas Gerais, no Brasil, há registros fósseis datando o pleistoceno.

Essa família de aves pertence à ordem Cuculiformes, mais conhecida como anu, corredor, cuco e saci. Esse grupo se encontra mais diversificado nas Américas e na Europa.

A alimentação dos cucos é à base de insetos. Muitos pássaros de espécies pertencentes ao Velho Mundo são considerados como parasitas de ninhada. Eles colocam os seus ovos em ninhos de outras aves.

Outros Animais da Família Cuculidae
Outros Animais da Família Cuculidae

Quanto à reprodução do cuco, após o ovo ser colocado no ninho de uma outra espécie, ela trata e a cuida da mesma forma que os seus ovos verdadeiros. A mãe “adotiva” não percebe que o há um pássaro diferente. Acontece que a gestação do cuco é bem mais rápida do que a dos outros ovos.

Por isso, como nasce antes, ele expulsa os demais ovos do ninho. Mesmo assim, os pais adotivos não percebem a diferença e continuem alimentando o cuco. Quando já está bem crescido, e bem maior do que os seus pais, é hora de sair do ninho.

De acordo com a taxonomia de Sibley-Ahlquist, há seis espécies de famílias dentro da ordem Cuculoformes: são elas: Centropodidae, Crotophagidae, Cuculidae, Neomorphidae, Opisthocomidae e Coccyzidae.

Para o reconhecimento dessas 6 famílias, baseou-se em critérios arbitrários para o delineamento de táxons a um nível familiar. E foi usada distância genética derivada das informações de dissociação terminal.

Veja também

O Que o Gengibre Faz no Nosso Organismo?

O consumo de alimentos naturais para a cura dos mais diversos problemas está se tornando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *