Home / Animais / Tudo Sobre o Bode: Características, Nome Científico e Fotos

Tudo Sobre o Bode: Características, Nome Científico e Fotos

Bodes e cabras são considerados os menores ruminantes domesticados. A espécie doméstica equivale à Capra aegagrus hircus. De certa forma, estes animais possuem algumas semelhanças em relação às ovelhas, ou melhor, aos carneiros (uma vez que compartilham a mesma família e subfamília taxonômica), no entanto, os pelos lisos e curtos, bem como a presença de chifres e barbichas são algumas das diferenciações.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre os bodes e caprinos de um modo geral.

Então venha conosco e boa leitura.

Tudo Sobre o Bode: Classificação Taxonômica

Saiba Mais Sobre Bode
Saiba Mais Sobre Bode

A classificação científica para os bodes obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Mammalia;

Ordem: Artiodactyla;

Família: Bovidae;

Subfamília: Caprinae;

Gênero: Capra;

Espécie: Capra aegagrus;

Subespécie: Capra aegagus hircus.

O gênero Capra é mais um dos 10  gêneros pertencentes à subfamília Caprinae. Dentro desta subfamília, os animais são classificados como pastadores (quando se juntam em rebanhos e vagueiam livremente por grandes áreas, geralmente consideradas inférteis), ou ainda como defensores de recursos (quando são territoriais e defendem uma pequena área rica em recursos alimentícios).

Os indivíduos mais famosos desta subfamília são as cabras e ovelhas. Acredita-se que seus antepassados teriam se movido para regiões montanhosas, aprendendo a pular e a escalar para defenderem-se de predadores. Tal característica persiste parcialmente nas cabras.

Tudo Sobre o Bode: Caprinos Selvagens

Bode Selvagem
Bode Selvagem

O bode doméstico é uma subespécie do bode selvagem (nome científico Capra aegagrus). Ao todo, esta espécie possui cerca de 6 subespécies. Em sua forma selvagem, pode ser encontrado desde a Turquia até o Paquistão. Os machos são mais solitários, enquanto que as fêmeas podem ser encontradas em rebanhos contendo até 500 indivíduos. A expectativa de vida atinge a faixa dos 12 aos 22 anos.

Ainda em relação ao bode selvagem, outra subespécie é a cabra-de-creta (nome científico Capra aegragus creticous), também chamada de agrimi ou kri-kri. Estes indivíduos são classificados com em perigo de extinção e podem ser encontrados principalmente na ilha grega de Creta.

Mais uma espécie para a listagem de bodes/cabras selvagens é o markhor (nome científico Capra falconeri), o qual também pode ser chamado pelos nomes de cabra-selvagem-paquistanesa ou cabra-selvagem-da-índia. Tal espécie é encontrada no oeste do Himalaia. Estes indivíduos já foram considerados em perigo de extinção, porém sua população aumentou cerca de 20% nas últimas décadas. Possui longas madeixas ao longo do pescoço. Bem como chifres em formato de saca-rolhas. Pode ser considerado como espécie isolada ou como subespécies (as quais contabilizam em 4).

Outros ruminantes curiosos deste grupamento são o íbex. Machos adultos desta classificação possuem longos chifres recurvados que são extremamente marcantes e podem alcançar até 1,3 metros de comprimento. A espécie mais representativa é o íbex-dos-alpes (nome científico Capra ipex), todavia, também é possível encontrar outras espécies ou até mesmo subespécies com diferenciação em relação à diminutas características, bem como em relação à localização geográfica.

Tudo Sobre o Bode: Características, Nome Científico e Fotos

Bode é a denominação utilizada para referir-se ao machos adultos, enquanto que as fêmeas são chamadas de cabras. Até os 7 meses de idade, machos e fêmea são chamados igualmente de cabritos (terminologia correspondente a “filhotes”). Estes cabritos nascem após um período gestacional médio de 150 dias. Em cativeiro, devem permanecer 3 meses na presença da mãe e 20 dias em aleitamento exclusivo.

Não apenas a cabra/bode doméstico (nome científico Capra aegagrus hircus), mas os caprídeos em geral possuem uma incrível coordenação e senso de equilíbrio, e por essa razão conseguem se locomover com facilidade em terrenos íngremes e recostados de montanhas. Alguns indivíduos são capazes até mesmo de escalar árvores.

Todos os bodes possuem chifres e barbichas, sendo que tais estruturas estão presentes em boa parte das fêmeas (dependendo da raça). Até os 7 meses de idade, machos e fêmeas são chamados pela terminologia genérica “cabrito”.

Os bodes possuem pelo liso e curto, sendo em algumas raças, este pelo é tão macio que pode assemelhar-se à seda, sendo, portanto, utilizado para confecção de vestimentas. Estes pelos são muito diferentes da penugem farta, grossa e encaracolada presente nas ovelhas e carneiros.

Bodes possuem chifres esguios, cuja ponta pode ser reta ou curvada. Esta característica é bastante diferente nos carneiros, os quais possuem chifres totalmente encaracolados.

Os bodes alimentam-se basicamente de arbustos, moitas e ervas daninhas. Quando criados em cativeiro, é importante observar se há mofo na alimentação, o qual pode trazer até mesmo consequências fatais. Igualmente, estes animais não devem se alimentar de folhas de árvores frutíferas. Oferecer silagem de alfafa é altamente recomendado.

Os bodes possuem uma expectativa de vida que gira em torno dos 15 aos 18 anos.

Tudo Sobre o Bode: Processo de Domesticação

A história de domesticação dos bodes, cabras e cabritos é antiga e remonta a 10.000 anos atrás em um território que atualmente corresponde ao Norte do Irã. Apesar de bastante antiga, a domesticação de ovelhas (ou ovinos) é muito mais antiga, com evidências que apontam para o ano de 9.000 a. C.

Voltando à domesticação de caprinos, tal prática foi motivada pelo interesse pelo consumo de sua carne, couro e leite. O couro, particularmente, foi bastante popular durante a Idade Média, sendo utilizado para confecção de bolsas de água e vinho (particularmente úteis durante as viagens), assim como para a confecção de papiros ou outros tecidos de suporte à escrita.

O leite de cabra é um produto peculiar pela classificação de “leite universal”, desta forma, pode ser consumido por grande parte das espécies de mamíferos. A partir deste leite, podem ser produzidos tipos específicos de queijo, como é o caso do Rocamandour e Feta.

A carne de bode, mais precisamente de cabrito, possui grande valor gastronômico e nutricional, uma vez que apresenta sabor suave, boa digestabilidade e pequena concentração de calorias e colesterol.

Embora, o aproveitamento dos pelos seja mais frequente no caso das ovelhas, algumas raças de cabra produzem pelo tão macio quanto seda, sendo dessa forma, também utilizadas para confecções de tecidos.

*

Obrigado pela sua companhia em mais uma leitura.

Se esse artigo foi útil para você, deixe a sua opinião em nossa caixa de comentários abaixo.

Sinta-se sempre bem vindo. Esse espaço é seu.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Casa da ovelha. Você sabe a diferença entre cabra e ovelha ? Disponível em: < https://www.casadaovelha.com.br/blog/voce-sabe-a-diferenca-entre-cabra-e-ovelha>;

Wikipédia. Capra. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Capra>;

ZEDER, M. A., HESSER, B. Science. The Initial Domestication of Goats (Capra hirpus) in the Zagros Mountains 10,000 Years Ago. Disponível em: < https://science.sciencemag.org/content/287/5461/2254>;

Veja também

Filhote de Bode

Quanto Custa um Bode Filhote ?

Bodes e cabras filhotes recebem a denominação genérica de cabritos até os 7 meses de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *