Home / Animais / Tudo Sobre o Animal Leão Com Fotos

Tudo Sobre o Animal Leão Com Fotos

Obviamente que você já deve ter ouvido muito de que o leão é o rei das selvas, porém, o que mais você sabe a respeito deste interessantíssimo felino? Se a resposta for “conheço muito pouco”, então, prepare-se para conhecer mais deste que realmente merece um título de nobreza.

Características Gerais dos Leões

O leão, cujo nome científico é Panthera Leo, é um mamífero carnívoro, mais precisamente da família Felidae, que é a mesma da qual pertence, por exemplo, o seu gatinho de estimação. Essa espécie de felino, atualmente, pode ser encontrada em duas regiões distintas: na África subsaariana e na Ásia. Neste último caso, trata-se de uma população remanescente de leões que vive no Parque Nacional da Floresta de Gir, Gujarat, na Índia.

Antigamente, esse animal podia ser bastante visto na África do Norte e no sudoeste da Ásia, mas, foi extinto nesses lugares, mais precisamente no período do Pleistoceno Superior, há aproximadamente 10 mil anos atrás. Pelo menos, até aquele momento, ele era o grande mamífero terrestre mais difundido no mundo (depois dos seres humanos, claro), onde podia ser encontrado não apenas na África e na Ásia, mas também nas Américas.

Pode facilmente ser considerado um dos quatro grandes felinos que temos atualmente, com os machos adultos podendo chegar a 250 kg. De fato, somente o tigre é um felino maior do que o leão, com as suas maiores espécies chegando a ter mais de 300 kg. Já em termos mais precisos de tamanho, um leão pode atingir cerca de 1,2 m de altura, enquanto que a leoa chega a 1,1 m. Quanto ao comprimento, muitos chegam a medir 3,3 m.

No que tange aos aspectos físicos, a pelagem do leão é de apenas uma cor, geralmente, castanha, e os machos possuem uma juba bem peculiar. Outra característica bem interessante nesse animal é que, na ponta de suas caudas, existe uma espécie de tufo de pelos pretos, que, ainda por cima, esconde uma espécie de espora.

Hábitos Sociais do Leão

Esse animal gosta de morar em savanas e pastagens abertas, porém, também pode ser encontrado em regiões que sejam mais arbustivas. Trata-se de um felino bastante sociável, vivendo em grupos de até 40 indivíduos, divididos entres as leoas e suas crias, o macho dominante e ainda alguns machos jovens que ainda não atingiram a maturidade sexual.

Já no que se refere à alimentação, os leões têm uma diversidade bem grande quanto ao cardápio, comendo desde zebras, antílopes e girafas, até, e em casos mais extremos, rinocerontes e elefantes mais jovens. Nesse último caso, isso acontece quando há escassez de alimentos em algumas regiões onde habita. Por sinal, quem caça no grupo são as fêmeas, enquanto que os machos meio que “cuidam” das crias. A caça é realizada através de emboscadas em grupo, onde o sucesso é mais garantido, apesar da quantidade de comida para cada um ficar reduzida.

Por sinal, a necessidade de comida de um leão adulto é de 5 kg de carne, mas, como nem sempre conseguem ter sucesso nas caçadas, podem comer quase 30 kg de carne numa única refeição. A morte da presa, em geral é conseguida por estrangulamento, o que é conseguido com certa facilidade devido à enorme força que esse felino possui.

Os hábitos desses animais são noturnos e crepusculares, sendo que, na maior parte do tempo, eles dormem e descansam, destinando apenas 5 horas por dia para fazerem qualquer atividade. Na natureza, esses animais têm uma expectativa de vida que pode chegar aos 14 anos, enquanto que em cativeiro, muitos vivem até os 30 anos.

Como é a Reprodução dos Leões?

Esses animais possuem o que chamamos de dimorfismo sexual, ou seja, machos e fêmeas são, fisicamente, bem diferentes. Nesse caso, além dos machos serem maiores, ainda possuem a tão famosa juba, que desenvolvem com cerca de 3 anos de idade. Os machos alfa, então, copulam com as fêmeas do bando numa média de 2 vezes por hora quando elas estão no cio (algo que, inclusive, pode acontecer em qualquer época do ano).

E geral, os leões se reproduzem a cada dois anos, com as fêmeas atingindo a maturidade sexual aos 4 anos de idade e os machos, aos 5 anos. Quando nasce, a ninhada é composta de 1 a 5 filhotes, em uma gestação que dura em torno de 5 meses. Quando chegam ao mundo, os pequenos leões pesam cerca de 2 kg, sendo desmamados com aproximadamente 10 meses de vida. Só que eles são dependentes do grupo, pelo menos, até os 16 meses de idade.

Interessante notar que os filhotes são cuidados por todas as fêmeas do grupo, e não apenas pela mãe. Por sinal, essas fêmeas podem, tranquilamente, amamentar filhotes que não sejam seus. Outro dado inusitado é que geralmente não há briga entre membros do bando para que haja a cópula. O que acontece, isso sim, são brigas entre machos que acabaram de atingir a maturidade sexual com os machos alfas de outros bandos, a fim de conseguirem a liderança destes.

Verifica-se ainda que o leão tem uma grande variação em sua morfologia básica, principalmente no que se refere a aspectos como a cor, o tamanho, a espessura da pelagem e até mesmo em relação ao formato de sua juba, o que faz com que várias subespécies sejam consideradas como variantes desse felino. Entre essas subespécies estão o leão-asiático, o leão-do-nordeste-do-congo e o leão-do-senegal. Todos com alguma pequena característica que os define.

Quais as Principais Ameaças Enfrentadas Pelos Leões?

As populações africanas dos leões são classificadas como vulneráveis à extinção, mas, não necessariamente, estão criticamente ameaçadas. Situação um pouco diferente passam os leões que vivem no continente asiático. Estes sim, estão bastante ameaçados de desaparecerem. Inclusive, lá só existem leões em uma única área protegida (a do Parque Nacional da Floresta de Gir), numa quantidade de indivíduos que, atualmente, gira em torno de 350 espécimes, apenas.

Na África, a população desses felinos caiu em torno de 50% nos últimos anos, e as principais causas foram a perda de seus habitats naturais e a caça indiscriminada, o que fez com que o alerta fosse dado, e, hoje, a caça ao leão fosse, finalmente, proibida por lei.

Veja também

Ratufa Indica

Esquilo: Classe, Filo, Família, Reino e Classificações Inferiores

Esquilos são um grupo diverso que consiste em cerca de 279 espécies e 51 gêneros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *