Home / Animais / Toninha Comum: Características, Cetáceos, Nome Científico

Toninha Comum: Características, Cetáceos, Nome Científico

Toninha Comum,  golfinho La Plata ou franciscana cujo nome científico é Pontoporia blainvillei  é uma espécie de golfinho encontrado em águas costeiras do Oceano Atlântico no sudeste da América do Sul . É entre as espécies do grupo dos golfinhos fluviais,  o único que vive tanto em ambientes de água salgada, como também sistemas de água doce. Embora alguns membros das espécies gastem partes de suas vidas fora dos sistemas fluviais, muitos indivíduos vivem suas vidas inteiras dentro dos rios, nunca se aventurando no oceano propriamente dito.

A espécie foi observada em Miramar, na província de Buenos Aires, na província de Rio Negro, na Bahia Rosas, nadando em pequenos grupos. Sua abrangência é da abertura do Rio Doce, Regência, Espírito Santo, Brasil até a Península Valdés, na Província de Chubut, Argentina.

A toninha comum é a única espécie do gênero  Pontoporiidae . Foi descrito primeiramente por Paul Gervais e Alcide d’Orbigny em 1844. A toninha comum é também conhecida como golfinho de La Plata, Franciscana e cachimbo.

Toninha Comum: Características

O golfinho de La Plata tem o maior bico (como proporção do tamanho do corpo) de qualquer cetáceo – até 15% em adultos mais velhos. Os machos crescem a 1,6 metros e as fêmeas a 1,8 metros. O corpo é de cor marrom acinzentado, com uma parte inferior mais clara. As nadadeiras também são muito grandes em comparação com o tamanho do corpo e são muito largas, mas estreitas na junção do corpo, por isso são quase triangulares.

As bordas de fuga são serrilhadas. O casquilho em forma de meia-lua fica bem na frente de um vinco no pescoço, dando a impressão de que o golfinho sempre tem a cabeça erguida para cima. A barbatana dorsal tem uma base longa e uma ponta arredondada. A toninha comum possui dentição homodontal com dentes em formato cônico. O número de dentes varia de 48 a 61 em cada lado da mandíbula superior e inferior.

Toninha Comum Característica

A toninha comum pesa até 50 quilos e vive por até 20 anos. A maturidade sexual é atingida entre dois a três anos. As fêmeas têm um ciclo reprodutivo de dois anos. Os filhotes tem entre 70 a 75 cm quando nascem após uma gestação de 10 a 11 meses, são desmamados com um ano de idade. As fêmeas podem dar à luz até os cinco anos de idade.

Toninha Comum: Comportamento e Alimentação

O animal é muito discreto – ele se move muito suavemente e lentamente – e pode ser difícil de detectar a menos que as condições do estuário sejam muito calmas. Ele geralmente vai nadar sozinho ou em pequenos grupos. Grupos excepcionais de até 15 foram vistos. A toninha comum são alimentadoras de fundo e inspeções intestinais revelaram que comem pelo menos 24 espécies diferentes de peixes, dependendo de quais espécies são mais comuns. Eles também se alimentam de polvo , lula e camarão . Eles são, por sua vez, caçados por baleias assassinas (orcas) e várias espécies de tubarões .

Toninha Comum: Reprodução

A toninha comum atinge a maturidade sexual em torno de dois a três anos para ambos os sexos, mas algumas populações têm procriado até cinco anos. Embora seja difícil observar a toninha comum, os padrões reprodutivos de uma população perto do Brasil foram estudados extensivamente. A maioria dos golfinhos observados nasceu por volta de setembro a fevereiro, durante a primavera e o verão austral . A toninha comum tem um período médio de gestação de cerca de 11 meses. Evidências sugerem que a toninha comum tem um ciclo reprodutivo de dois anos; no entanto, é necessário mais pesquisas para se fazer afirmações legítimas.

Testículos menores indicam menor concentração espermática quando se considera estratégias de acasalamento, e a toninha comum geralmente têm testículos menores. No entanto, os dados revelam que o tamanho dos testículos de um indivíduo tem variação sazonal, o que indica sua época de reprodução, mas ainda há pesquisas necessárias para aprofundar essa observação. O tamanho dos testículos de La Plata em relação à sua massa corporal pode revelar que eles realizam primariamente a monogamia em série . Isso não indica diretamente que a toninha comum seja  puramente monogâmica, mas que elas possam permanecer com um parceiro durante uma época de reprodução ou uma parte dessa temporada.

Toninha Comum: Conservação

Escoamentos de rejeitos  agrícolas ou industriais podem afetar a saúde do habitat da toninha comum,  especialmente no que diz respeito à quantidades  de resíduos e poluição, o que pode levar à degradação, diminuição da oferta de alimentos provocada pela intoxicação dos peixes, seu alimento, entre outros danos. A toninha comum se vê ameaçada por fatores como a destruição do habitat e a poluição da água. Restos de plástico e material sintético foram encontrados no conteúdo estomacal desses animais. Mais pesquisas são necessárias para determinar se esses fatores afetam negativamente a saúde da toninha comum. 90% da população que vivia na Baía de Guanabara foi perdida em três décadas. Outras ameaças incluem  redes de pesca e outros tipos de equipamentos de pesca que causam ferimentos e mortes entre os indivíduos.

A toninha comum está listada como “Vulnerável” na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN , devido à sua distribuição restrita e vulnerabilidade à captura incidental em equipamentos de pesca. Grandes números são mortos em redes de malhas . Embora as maiores capturas documentadas na década de 1970 tenham sido no Uruguai, as capturas nas últimas décadas também foram altas no sul do Brasil e na Argentina. Cientistas de todos os três países expressaram suas preocupações e pediram ajuda internacional para equacionar a condição do golfinho, conservando ou restaurando os lugares onde vivem, mitigando os obstáculos à migração e controlando outros fatores que possam colocá-los em perigo.

Toninha Comum: Cetáceos

Esta espécie de mamífero, predadores e marítimo tem sido frequentemente descrita graças as suas aparições nas praias, encalhadas em virtude de acidentes envolvendo redes de pesca, onde muitas vezes se emaranham e morrem afogadas, pois respiram pelos pulmões, ou são seriamente feridas, incluem baleias e golfinhos. No período de reprodução as vezes são observadas em algumas regiões costeiras.

Veja também

Lindo Lírio Do Mar no Fundo da Água

Lírio Do Mar – Respiração: Como Funciona sua Respiração?

Quando você imagina um lírio do mar, flutuando lentamente pelo fundo do oceano, talvez não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *