Home / Animais / Tamanduá é Carnívoro? Ele é Mamífero? Comem Formigas?

Tamanduá é Carnívoro? Ele é Mamífero? Comem Formigas?

O mundo animal pode ser bastante curioso e interessante, pois contempla um grande universo de seres que possuem modos de vida únicos. Dessa forma, é possível afirmar que o universo dos animais possui informações quase infinitas, com diferentes maneiras de abordar esse mundo, de forma a tornar a natureza animal interessante para qualquer um que tenha o mínimo de vontade de saber mais sobre todo o entorno dessa parte importante do planeta Terra.

Logo, há muito desconhecimento em relação aos animais, já que muitas vezes as informações transmitidas por filmes ou séries de televisão acabam por não correspondem à realidade que pode ser vista ao buscar a forma de vida desses animais na prática. Dessa maneira, é importante buscar informações em locais seguros para que seja possível ter plena noção daquilo que está sendo transmitido, de maneira a não aceitar qualquer informação ou fato como verdadeiro sem uma checagem prévia.

Assim, apenas o conhecimento pleno em relação aos animais que se deseja salvar fará com que as pessoas tenham mais empatia com esses animais, o que levará a níveis mais civilizados de proteção dos seres vivos.

Logo, aprender sobre o modo de vida animal pode ser chave para compreender um ecossistema, já que os animais são parte viva desse cenário e, por vezes, representam até mesmo um ponto chave para a manutenção do modo como a natureza se comporta naquele local. Tudo isso leva a um mundo mais conservado em termos naturais, com mais conscientização a respeito daquilo que deve ser feito para manter o planeta em boas condições de preservação.

Portanto, estudar mais sobre o mundo animal, e mais ainda sobre os animais menos comentados e famoso, é importante para que seja possível alcançar bons níveis de preservação natural. Dentro desse cenário, um dos animais mais importantes para qualquer sistema no qual esteja inserido é o tamanduá.

O Problema de Preservação do Tamanduá

Dessa maneira, o tamanduá é listado como um animal em estado de vulnerabilidade em relação à sua conservação, não sendo bem tratado pelas pessoas. Isso, em linhas gerais, tem feito com que diversos ecossistemas de todo o Brasil passem a se modificar, sendo que o modo de vida nesses loais acaba por ser muito alterado em razão da ausência gradual do tamanduá.

Em alguns países, por exemplo, o tamanduá já está extinto, como é o caso do Uruguai, onde o animal sofreu uma série de perseguições por parte de caçadores e acabou por deixar de existir. Dessa forma, as duas principais ameças à vida do tamanduá são a caça e a destruição do seu habitat, sendo que o desmatamento contínuo faz com que esse tipo de animal não tenha o mínimo necessário para se alimentar e seguir a sua vida de forma minimamente positiva.

Ademais, pelo fato de não ser muito veloz e levar algum tempo para responder a estímulos externos, o tamanduá acaba por ser vítima frequente de incêndios e até mesmo de atropelamentos, sendo esse último caso mais comum quando o animal vive perto de rodovias.

Características do Tamanduá

Tamanduá Andando na Grama
Tamanduá Andando na Grama

O tamanduá é um animal que possui modo de vida bastante característico, tendo, em média, cerca de 2 metros de comprimento e cerca de 40 quilos de peso. Forte, o tamanduá pode ser bastante voraz nas batalhas corpo a corpo, ainda que seja lentos nos seus movimentos.

Contudo, de uma forma geral o tamanduá é um animal muito pacífico, que apenas taca quando é provocado de maneira muito intensa e se sente acuado, sobretudo pelo fato de muitas vezes esse animal ser caçado de forma abrupta pelas pessoas. Ademais, o tamanduá ainda possui longas garras nos dedos, o que faz com que seja mais fácil caçar animais pequenos, mesmo que esses se escondam em buracos na terra ou em árvores.

O tamanduá possui um focinho muito longo e um padrão de pelagem bastante característico, o que faz com que seja mais simples realizar o reconhecimento desse animal assim que ele é avistado. O tamanduá pode ser visto em muitos tipos diferentes de ambientes naturais, sendo que as savanas são o local mais comum de se ver um animal desse tipo, embora o tamanduá também possa ser visto em florestas tropicais e até mesmo em florestas equatoriais.

Alimentação do Tamanduá

Alimentação do Tamanduá
Alimentação do Tamanduá

O tamanduá possui um tipo de alimentação bastante específico, que faz com que o animal tenha um trato intestinal voltado para esse tipo de dieta. Ademais, todo o corpo do tamanduá é voltado para o seu modo de alimentação específico, o que faz com que o animal seja um bom caçador.

Dessa forma, o tamanduá se alimenta, basicamente, de formigas e cupins, indo até o ninho desses animais em busca de comida. O focinho do animal é bastante resistente às ferroadas das formigas, então o tamanduá consegue passar bastante tempo com o focinho próximo ou até mesmo dentro do formigueiro. Contudo, quando criado em cativeiro o tamanduá consome outro tipo de alimento, até mesmo pelo fato de a oferta de comida não ser igual. Dessa maneira, é muto comum que o tamanduá coma ovos, carne moída e ração quando está em cativeiro.

Logo, é possível dizer que, sim, o tamanduá é um animal que consome carne. Na verdade, o tamanduá gosta bastante desse tipo de alimento, sendo que muitas vezes o animal criado em cativeiro não consegue consumir mais as formigas com tanta naturalidade. Assim, é preciso fazer com que, desde cedo, o tamanduá aprenda a ter uma alimentação diversificada.

Onde o Tamanduá Já foi Extinto

Além do Uruguai, há outros locais do continente sul-americano que já não possuem mais exemplares do bom e velho tamanduá. Dessa forma, partes do Rio Grande do Sul e parte da Mata Atlântica brasileira, que antes tinham muitos exemplares de tamanduás, já não possuem mais o animal. E

sse tipo de fato se deve a coisas como a caça ilegal, que faz do tamanduá uma vítima constante, além de o habitat natural do animal ser destruído aos poucos. Dessa maneira, o primeiro passo para evitar a extinção do tamanduá é dar valor ao animal.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *