Home / Animais / É Verdade Que as Borboletas Só Vivem 24 Horas?

É Verdade Que as Borboletas Só Vivem 24 Horas?

Você já deve ter ouvido falar que as borboletas só vivem 24 horas. Será que isso é verdade ou não passa de mais um mito propagado na internet?  Convido você a acompanhar nosso artigo de hoje para descobrir toda a verdade sobre o tempo de vida desse animal. Vamos lá?

As Borboletas Vivem 24 Horas?

Boa parte das espécies e borboletas vivem cerca de um mês. Entretanto, existem mais de cem mil espécies dos insetos e cada uma delas possui características bem diferenciadas.

Na verdade, o que existe são algumas espécies de mariposa, uma parente muito próxima das borboletas, que sobrevivem apenas por um dia. Após o acasalamento, as mariposas põem os seus ovos e acabam morrendo em seguida. Triste, não é verdade? Entretanto, esse processo de sair do casulo, colocar os ovos e morrer acontece de forma intensa e assim a manutenção da espécie continua.

Borboletas
Borboletas

Portanto, é verdade sim que as mariposas vivem apenas por 24 horas.

Características das Borboletas

As borboletas são insetos que possuem um corpo dividido em três partes: cabeça, abdômen e tórax. Uma de suas características marcantes é a presença de antenas e asas, além de uma aparência muito exuberante e colorida.

Como já foi dito anteriormente, elas se parecem muito com as mariposas e ambas pertencem a mesma Ordem de classificação, mas possuem grupos diferentes: as borboletas são do grupo Rhopalocera e as mariposas são do grupo o Heterocera. As mariposas representam quase 90% dos indivíduos da ordem.

Para se ter uma ideia de como esse animal é diverso, existem mais de vinte mil espécies do inseto e que podem ser encontrados em todos os locais do planeta. Somente no Brasil, são catalogadas mais de 3 mil espécies. Esse animal preferem o dia para desenvolver as suas atividades, diferente da sua “prima” mariposa, que possuem hábitos noturnos.

Características das Borboletas
Características das Borboletas

Hábitos e Forma de Vida da Borboleta

As borboletas passam por um ciclo de vida que envolve o ovo, a formação da larva (que também pode ser conhecida como lagarta), a formação da pupa e a borboleta adulta. Quando ainda são larvas, elas alimentam-se basicamente de plantas e realizam esse processo de forma intensa e dedicada, afinal, é durante esse período que elas se preparam para se tornarem lindas e exuberantes borboletas. As lagartas tecem um casulo e ficam penduradas de cabeça para baixo durante o tempo de sua transformação.

As borboletas possuem uma estrutura em sua boca que é utilizada para auxiliar a alimentação e ainda para propiciar a polinização das flores. Assim, durante o seu “passeio” a borboleta pode levar o pólen para diversos locais distintos, dando essa ajudinha na reprodução dos vegetais.

A reprodução desse animal acontece de forma sexuada e os indivíduos são originados por meio de partenogênese. As borboletas lançam seus ovos por locais diferentes ou os depositam no solo, onde podem ter acesso a grande quantidade de comida disponíveis para fazer com que as lagartas cresçam fortes e resistentes.

Vida da Borboleta
Vida da Borboleta

Curiosidades Sobre as Borboletas

Preparamos uma lista de curiosidades sobre esse animal que espalha beleza por onde passa. Vamos conhecer algumas informações interessantes sobre as borboletas?

  • Você sabia que é necessário luz do sol para que as borboletas movimentem as suas asas? Pois é! Por isso é muito comum encontrar esses bichinhos pousando nos locais onde os raios solares alcançam.
  • As borboletas possuem uma visão privilegiada e conseguem enxergar até mesmo coisas que a visão humana não consegue captar como, por exemplo, os raios ultravioletas. Elas também conseguem enxergar algumas cores.
  • As cores da borboleta identificam que espécie elas pertencem. Assim, serve como uma espécie de comunicação entre os integrantes da espécie para fins reprodutivos.
  • De forma geral, as borboletas vivem pouco e algumas espécies não passam de um mês de vida. Aquelas que mais resistem chegam a completar um ano de idade.
  • O acasalamento pode acontecer durante o voo. As fêmeas e machos são atraídos um pelo outro por meio dos cheiros e cores. Após a fecundação, a fêmea deposita os ovos e os primeiros filhotes costumam parecer cerca de uma semana após a postura. Assim, as larvas dão continuidade ao ciclo de vida da borboleta.
  • Mas é na fase que habitam o casulo que as borboletas se formam. Quando saem para o mundo exterior as suas asas ainda estão molhadas e um pouco amassadas. Após sair do casulo, elas ainda esperam alguns dias para começar os voos.
  • Existem borboletas muito pequeninas e que não chegam a medir nem cinco milímetros. Entretanto, algumas espécies podem chegar a medir mais de vinte centímetros. Elas também podem ser muito velozes e algumas espécies de mariposa chegam a alcançar mais de quarenta quilômetros por hora Inacreditável, não é? Entretanto, a maior parte das borboletas voam em uma velocidade média de 20km/h.
  • Existem espécies de borboletas que viajam durante milhares de quilômetros durante o período do inverno. Um exemplo muito interessante é a espécie monarca que segue do Canadá até o México. Após o encerramento da estação mais fria, os animais retornam para o seu antigo lar.

Nosso artigo fica por aqui e esperamos que ele tenha solucionado a sua dúvida sobre o tempo de vida das borboletas. Que tal compartilhar todas essas curiosidades sobre esse inseto nas suas redes sociais? Também ficaremos muito felizes em receber um comentário, sugestão ou dúvida sobre esse conteúdo. Não deixe acompanhar o Mundo Ecologia e conheça cada vez mais sobre os animais, plantas e natureza em geral. Esperamos te encontrar mais vezes por aqui, ok? Até lá!

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *