Home / Animais / Tamanduá Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Tamanduá Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Os animais são parte essencial de todo o ciclo de vida na natureza, já que servem ao meio ambiente ao seu redor em cada uma das fases da sua vida.

Logo, quando morrem, por exemplo, os animais servem como alimento para outros animais, como adubo para plantações e vegetações de todos os tipos, como fonte de nutrientes para bactérias e até mesmo para a produção de gás carbônico. Ademais, em vida os animais também funcionam muito bem de acordo com a natureza ao seu redor, sendo conhecidos pela forma como podem aproveitar o que a natureza tem a oferecer ao mesmo tempo em que entregam muito a essa natureza.

Os animais podem, por exemplo, ser ótimos dispersores de sementes e culturas de plantas em todo o mundo, já que a sua movimentação faz com que novas culturas vegetais possam crescer em partes também novas de todo o mundo.

Assim, uma parte importante da participação dos animais para a vida em geral é que eles podem impedir que outros animais cresçam muito em população, o que poderia ser trágico para todo o ecossistema.

Dessa forma, grandes populações de animais em específico podem ser mortais para todo o funcionamento de um ambiente. Nesse caso, quando uma população fica muito grande, tem-se a existência de uma praga, que pode ser muito difícil de ser controlada. Logo, para impedir isso há predadores em quase todas as fases da cadeia alimentar, sendo poucos os animais que não possuem predadores no mundo.

Assim, um grande predador que impede a criação de uma superpopulação é o tamanduá. O tamanduá consome as formigas presentes em todo o local onde vive, fazendo com que essa formigas não tenha a sua população crescendo muito e termos numéricos, o que mantém o sistema natural equilibrado.

Conheça o Tamanduá

O tamanduá é um animal mamífero, de porte médio, que gosta de comer cupins e formigas. No Brasil, o tamanduá aparece na forma de diversas espécies, que podem ter modo de vida um pouco diferente, a depende até mesmo do local onde vivem. Logo, o tamanduá é um animal que possui um tipo de aparência curioso, com a cabeça alongada e um focinho também alongado, fazendo com que a cabeça e o focinho sejam quase uma coisa só.

Esse formato do corpo do animal é um belo exemplo de seleção natural, já que o animal consome formigas e cupins e, para tal, precisa alcançar buracos e espaços pequenos. Com um focinho achatado, seria impossível alcançar a sua alimentação. Assim, com o tempo os animais de focinho alongado foram sobrevivendo em detrimento daqueles de focinho achatado, o que fez com que o tamanduá fosse cada vez mais conhecido por essa forma corporal.

Um detalhe também muito curioso é que o tamanduá não possui dentes, o que faz com que as patas do animal, com unhas grandes, sejam fortes armas no momento de atacar as suas presas e mantê-las em suas garras antes de matá-las.

Modo de Defesa do Tamanduá

O tamanduá é um animal que, como um todo, já apresenta detalhes muito curiosos em todo o seu corpo. Com um formato de corpo diferenciado em relação a outros animais, o tamanduá possui uma longa cabeça e um longo focinho. Porém há ainda mais curiosidade sobre o tamanduá que podem ser levadas ao público, até mesmo pelo fato de o animal não gostar muito de se expor para as pessoas.

Assim, um detalhe bastante curioso é que o tamanduá, quando atacado e ameaçado, se coloca sobre duas patas e tenta aumentar o seu tamanho. Dessa forma, o animal se torna um pouco mais ameaçador, o que pode fazer com que os predadores fujam. Nesse momento, o tamanduá ainda expõem suas garras para evitar que o predador se aproxime muito, com o perigo de ser ferido pelas afiadas unhas do animal.

Tamanduá Mirim Em Cima da Árvore
Tamanduá Mirim Em Cima da Árvore

Além disso, para se proteger, o tamanduá gosta de ficar nas partes mais altas das árvores, o que faz com que o animal possa se manter distante do solo. Isso porque os perigos na selva são muito maores no solo, onde os maiores predadores estão e os grandes perigos existem para qualquer animal que se arrisque naquele ambiente.

Mais Curiosidades Sobre o Tamanduá

O tamanduá é um animal que, em média, mede cerca de 2 metros de comprimento, sendo 90 centímetros apenas de cauda. Dessa forma, o animal acaba por ser grande de qualquer forma, estando em posição ereta sobre as quatro patas. Assim, o tamanduá é um animal que gosta bastante de andar, chegando a caminhar cerca de 1,5 quilômetro por dia apenas para encontrar comida.

Isso porque o tamanduá chega a comer de 100 a 8 mil formigas por dia, um número que não pode ser encontrado sempre de maneira fácil, o que faz com que seja necessário buscar pelo alimento. O tamanduá também dorme com a cauda sobre a sua cabeça, o que é uma espécie de proteção do animal contra ataques repentinos de outros animais.

Assim, em muitos casos estar com a causa sobre a cabeça é chave para que o tamanduá consiga se manter vivo, já que ataques de predadores maiores, como felinos, podem ser muito rápidos e, quando atingem a região da cabeça, são ainda mais perigosos. Por fim, o tamanduá pode retirar a sua língua da boca cerca de 150 vezes por minuto quando se alimenta, usando a língua pegajosa para grudar as formigas e cupins que consome.

Tamanduá No Brasil

O tamanduá é muito comum em grande parte do Brasil, sendo que há muitas espécies distintas desse animal em todo o país. Assim, o tamanduá costuma ser bastante comum no Centro-Oeste do Brasil, em algumas partes da região Nordeste e, sobretudo, na região Norte.

Isso porque a Floresta Amazônica é uma grande casa para o tamanduá, que consegue encontrar nesse ambiente tudo o que é preciso para se manter em boas condições de vida, como alimentos em larga escala e um clima muito bom que ajuda o seu desenvolvimento.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *