Home / Animais / Salamandra-Gigante-da-China: Características, Habitat e Fotos

Salamandra-Gigante-da-China: Características, Habitat e Fotos

A Salamandra-Gigante-da-China é considerada como a maior dentre as espécies de anfíbios que existem ao redor do mundo hoje em dia. Enquanto que o Prionosuchus recebe o título de maior anfíbio.

A Salamandra-Gigante-da-China ocorre no Japão e na China, nos cursos de lagos montanhosos e de água. Se você ficou curioso e quer conhecer mais sobre esse réptil, continue lendo, e descubra tudo aqui…

Classificação Científica da Salamandra-Gigante-da-China

Nome científico: Andrias davidianus

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Amphibia

Ordem: Caudata

Família: Cryptobranchidae

Gênero: Andrias

Espécie: A. davidianus

Principais Características da Salamandra-Gigante-da-China

A Salamandra-Gigante-da-China pode chegar a 2 metros de comprimento. E pode também pesar até 45 kg. O seu corpo é manchado, e em tonalidade castanha. Apresenta a pele porosa e enrugada, que facilita a respiração cutânea. Trata-se de uma espécie 100% aquática, e é muito rara. Existem também as espécies de salamandras terrestres, mas que pertencem a espécies diferentes.

Como existe uma grande variedade de espécies de salamandras, elas também habitam uma enorme variedade de habitat, há espécies aquáticas, terrestres e semiaquáticas.

Essa espécie tem hábitos totalmente noturnos. Durante o dia, ela fica por debaixo das rochas. Para realizar as suas atividades predatórias, essa salamandra usa, principalmente, o olfato e o tato.

Características da Salamandra-Gigante-da-China
Características da Salamandra-Gigante-da-China

O seu metabolismo é relativamente lento. Tanto, que a salamandra consegue ficar até semanas sem precisar ingerir alimento algum.

A Salamandra-Gigante-da-China costuma ser usada na alimentação e também como animal de estimação. Por isso, essa espécie pode estar ameaçada. Outros fatores que também representam uma ameaça para esse animal são a desflorestação, os pesticidas usados e também a construção das barragens.

Essa espécie podia ser encontrada com facilidade até algumas décadas atrás. Ela era bem comum ao redor de toda a China, da região sul subtropical, até as montanhas existentes no centro-norte, até chegar ao leste do país.

Ao todo, existem mais de 500 espécies diferentes de salamandras. Das quais, a maior parte pode ser encontrada no hemisfério norte. Aqui no Brasil, podem ser encontradas 5 espécies diferentes de salamandras. E todas elas vivem na Amazônia.

As salamandras fazem parte do grupo dos anfíbios urodelos, que são aqueles com cauda. É muito comum as pessoas leigas confundirem esse animal com lagartos. No entanto, ao contrário dos répteis, as salamandras não possuem escamas.

Algumas espécies de salamandras possuem a respiração pulmonar. Enquanto que outras apresentam a respiração branquial. As salamandras são carnívoras, pois se alimentam de pequenos animais.

Novas Espécies de Salamandras-Gigantes da China

Mesmo sendo encontradas em uma área tão extensa, e também em áreas que se encontravam separadas por montanhas, com rios separados, os pesquisadores, ainda assim, consideravam essa espécie como sendo única, Andrias davidianus.

No entanto, uma pesquisa feita com os exemplares existentes em museu, mostraram que as salamandras-gigantes-da-china não representam apenas uma espécie, e sim três espécies diferentes.

Delas, aquela que foi eleita a maior, muito provavelmente, é a Andrias sligoi, ou também salamandra-gigante-do-sul-da-china, conforme o resultado de um estudo publicado no periódico Ecology and Evolution.

Os pesquisadores do Museu de História Natural e da Sociedade Zoológica de Londres, conseguiram descobriram duas espécies de salamandra gigante. A Andrias sligoi, que pode chegar a 2 metros de comprimento, e que habita o sul da China; e a espécie recém-descoberta, que não possui um nome científico e que, para os pesquisadores, ela estaria habitando as montanhas Huangshan, situada ao leste da China.

Risco de Extinção

As três espécies de Andrias estão correndo sérios riscos de extinção. A Andrias davidianus encontra-se numa situação bem crítica. No entanto, as outras duas espécies estão ainda mais ameaçadas. A correta identificação desses animais, pode ajudar muito em sua conservação.

A perda do seu habitat natural é algo que ameaça muito a sobrevivência da Salamandra-Gigante-da-China. Existem milhões de salamandras gigantes espalhadas pela China, em fazendas de criação da espécie. No entanto, ao que tudo indica, elas pertencem à uma espécie mais difundida, que é a das Andrias davidianus.

Reprodução das Salamandras

A reprodução das salamandras pode variar de uma espécie para outra. Sendo que a maioria delas apresenta uma fecundação interna. Enquanto que outras apresentam uma fecundação externa.

Algumas espécies se salamandras desovam na água. Já outras, desovam na terra mesmo. Tem também as espécies que passam pela fase de larvas, enquanto outras não passam. E tem ainda as espécies de salamandras que são vivíparas.

Reprodução das Salamandras
Reprodução das Salamandras

Uma característica observada na maioria das salamandras é a pedomorfose, ou seja, mesmo na fase adulta, certas espécies de salamandras permanecem com algumas características da fase de larvas, como a falta de pálpebras, por exemplo.

Durante o período de reprodução, as fêmeas costumam exalar um odor que serve para atrair os machos, para se acasalarem. As fêmeas aquáticas e semiaquáticas colocam os seus ovos em lagos e rios. Já as espécies terrestres, estas costumam colocar os seus ovos na floresta, em lugares úmidos, embaixo de troncos de árvores, ou caídos pelo chão.

Curiosidades Sobre as Salamandras

Esses seres possuem inúmeras curiosidades interessantes.

Confira abaixo algumas delas:

  • Existem algumas espécies de salamandras que são venenosas. E geral, são aquelas que possuem tonalidades mais fortes como laranja, amarelo e vermelho.
  • As salamandras já existem há milhares de anos no planeta. Inclusive, fósseis com mais de 160 milhões de anos, aproximadamente, já foram encontrados
  • Uma das espécies de salamandras mais venenosas que existem são as salamandras-de-fogo (Salamandra salamandra). Elas habitam diversas regiões da Europa, e são pretas, com manchas amarelas.
  • Como uma estratégia para espantar os seus predadores, as salamandras emitem sons.
  • O tamanho da cabeça da salamandra é importante na hora de determinar o tamanho da presa que o animal tem a capacidade de capturar.
  • Para encontrar a sua presa, as salamandras combinam dois sentidos: o olfato e a visão.
  • Uma salamandra-gigante foi capturada por cientistas numa caverna na China, em Chongquing. O animal pertence à espécie Andrias davidianus. As suas características têm foram motivo de espanto para os pesquisadores. A salamandra encontrada mede 1,3 m de comprimento, pesa 52 kg, e tem em torno de 200 anos de idade.

Exemplos de espécies de salamandras:

  • Salamandra tigre
  • Salamandra-gigante-japonesa
  • Salamandra de caverna
  • Salamandra-de-fogo
  • Salamandra de pernas vermelhas
  • Salamandra nebulada
  • Salamandra de dedos largos
  • Salamandra flatwoods
  • Salamandra Red Hills
  • Salamandra verde

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *