Home / Animais / Reprodução da Enguia: Filhotes e Período de Gestação

Reprodução da Enguia: Filhotes e Período de Gestação

Os animais aquáticos podem ser muito complexos em muito sentidos, tendo uma série de mistérios ao seu redor. Portanto, é bastante natural ver esses animais de uma maneira distanciada, por mais que muitas vezes a grande maioria deles esteja a poucos quilômetros de distâncias de muitas pessoas. Esse é o caso da enguia, um animal muito complexo e que fez fama em todo o mundo pela sua versão elétrica.

Assim, a enguia elétrica é capaz de paralisar até mesmo um cavalo, podendo matar uma pessoa sem maiores dificuldades. A força do choque elétrico desse animal pode chegar a 860 volts, algo quase inacreditável. Porém, não apenas existem as enguias elétricas, já que esse animal também tem as suas versões incapazes de produzir descargas elétricas. Em todo caso, o modo de reprodução das enguias é bastante característico, com um ritual que chama a atenção das pessoas pela forma exata como acontece.

As enguias tratam esse ritual de reprodução com extrema sutileza, agindo por extinto e mostrando como os animais podem ser muito eficientes no que se propõem a realizar. Veja abaixo mais informações sobre as enguias, entendendo com o animal aquático realizar todo o seu processo de reprodução.

Rotina de Reprodução da Enguia

A enguia é um animal de água doce. Porém, se isso realmente é verdade, por que as enguias vão para o mar no momento da sua reprodução? A grande verdade é que as enguias realmente são animais de água doce, que passam a maior parte da sua vida em rios de grande parte do mundo. Entretanto, no momento de reprodução esses animais buscam o oceano, desovando os filhotes no oceano.

Esses filhotes quando nascem, por sua vez, voltam para o rio de onde a mãe saiu; em alguns casos isso não acontece com tanta exatidão, mas, de uma forma geral, as enguias sempre buscam retornar aos rios de água doce. Uma vez que retomam à água doce e atingem a maturidade sexual, essas enguias costumam voltar ao oceano, seja macho ou fêmea.

Filhote de Enguia
Filhote de Enguia

Para os machos, a volta acontece entre os 4 e os 8 anos. Já para as fêmeas do animal, o mais comum é voltar ao mar entre os 6 e os 12 anos. Vale lembrar que o senso de direção da enguia é muito bom e o animal possui uma capacidade de movimentação muito boa na água, sendo capaz de atingir altas velocidades e, ainda assim, se locomover com precisão.

As Ameaças às Enguias

Há, em todo o mundo, muitas ameaças que atingem em cheio as enguias e fazem com que esse animal enfrente problemas em relação ao estado de conservação.

Dessa maneira, é possível citar uma longa lista de problemas ambientais que diminuem o nível de conservação da enguia. Para que seja possível ter noção de como as enguias sofrem, atualmente o animal se encontra em estado de conservação tido como “perigo crítico”. Entre todos os motivos para tal, está também a construção de barragens impróprias, que não possuem pontos de passagens para os animais.

Logo, com o tempo se torna impossível para as enguias realizar o seu processo de reprodução corretamente, diminuindo o número de animais no mundo. Outro fator que atrapalha o desenvolvimento das enguias é a poluição dos rios, que ataca em cheio o animal e prejudica toda a natureza.

Ademais, as enguias ainda sofrem com a pesca ilegal do animal quando em fase de filhote, sendo, nessa fase da vida, menos capaz de defender a si mesmo. Isso porque realizar a pesca de uma enguia adulta, podendo chegar aos 2 metros de comprimento, naturalmente já é algo muito mais complicado.

Mais Detalhes Sobre a Reprodução das Enguias

A reprodução das enguias acontece sempre no mar, em temperaturas mais ou menos controladas. Dessa forma, o mais comum é que a temperatura média no local de reprodução esteja próxima aos 20 graus Celsius no momento da relação sexual.

Assim, outro ponto importante é que as enguias apenas realizam a sua reprodução quando sob profundidades agudas. No caso, muitas vezes a enguia se reproduz abaixo dos 300 metros de profundidade, com as fêmeas colocando literalmente milhões de ovos. Na verdade, com mais exatidão, as fêmeas colocam de 1 a 1,5 milhão de ovos no momento da sua reprodução, dando origem a diversos filhotes. Esses ovos dão origem às larvas, que tentam voltar para a água doce desde os primeiros momentos da vida.

Enguia no Fundo da Água
Enguia no Fundo da Água

Contudo, é muito comum que muitas dessas larvas não consigam retornar, morrendo por diversos motivos ao longo do caminho. Um detalhe interessante é que, por mais que seja comum ver os machos e fêmeas voltando ao mar depois dos 8 ou 10 anos de idade, há alguns casos em que os animais passam mais de 20 anos sem retornar ao oceano. Portanto, nem sempre as enguias agem com tamanha precisão.

Tempo de Vida, Comunicação e Predadores das Enguias

O tempo de vida das enguias costuma variar entre os 5 e os 50 anos de idade. Contudo, o mais normal mesmo é que uma enguia seja capaz de viver por, pelo menos, de 10 a 12 anos de morrer. Sem a interferência humana, é provável que esse número fosse ainda maior. De toda forma, as enguias se comunicam através de estímulos químicos, segundo acreditam muitos especialistas no assunto.

Logo, seria dessa forma que esse tipo de animal conseguiria fazer contato com os seus parceiros sexuais, levando à prática do ato sexual. Outro fator bastante curioso sobre as enguias é que os animais têm, sim predadores. Por mais que não seja nada comum ver uma enguia morrer frente a esses predadores, animais como o tubarão e até mesmo o golfinho podem ser considerados inimigos naturais das enguias.

O polvo também é outro animal que pode entrar em rota de colisão com as enguias, criando cenários muito desconfortáveis para ambos. A enguia elétrica acaba por ser a menos atingida pelos predadores, já que possui a sua grande arma nas pequenas placas elétricas ao redor do seu corpo. Assim, como se fosse uma pilha, a enguia elétrica pode criar um grande campo elétrico muito forte ao seu redor, capaz de matar todos esses predadores rapidamente.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *