Home / Animais / Raça De Cavalo Puro-Sangue Árabe: Características E Fotos

Raça De Cavalo Puro-Sangue Árabe: Características E Fotos

A raça de cavalo Puro Sangue Árabe, como essas fotos nos mostram, tem as características de uma espécie elegante e imponente por natureza.

Mas não é só isso! A essa elegância juntam-se, também, uma excelente força física, velocidade incomparável, beleza das formas, entre outras características que lhe permitiram ultrapassar todas as dificuldades da região de onde é originário, a Península Arábica.

Essa raça era uma das parceiras inseparáveis de beduínos, viajantes, pastores, peregrinos, entre outros indivíduos que necessitassem daquelas excelentes qualidades só encontradas no Puro Sangue Árabe.

Mais tarde, o animal foi introduzido no norte da África, mais especificamente no Egito, Tunísia, Argélia, Marrocos, entre outros países da região.

E sempre com as mesmas características; as características de um animal criado para resistir aos quase 40 graus centígrados dos dias escaldantes daquela região do planeta e os 12, 13 ou 14 graus à noite – o que contribuiu, ainda mais, para torná-los exemplos de resistência e vigor físico.

O Puro Sangue Árabe também foi bastante cobiçado durantes as batalhas da Idade Média, quando eram capturados maciçamente para juntar-se ao cabedal das espoliações às quais os derrotados eram submetidos durante esses eventos.

Mas, apesar de tamanhos predicados, a raça de cavalo Puro Sangue Árabe, mesmo com todas as características que podemos observar nessas fotos, esteve a ponto de ser extinta, não fosse o interesse dos povos europeus em resgatá-los por meio de diversos cruzamentos que os ajudaram a espalhar-se pelos quatro cantos do mundo.

Raça De Cavalo Puro Sangue Árabe, Origens, Características E Fotos

A Península Árabe é a região comumente aceita como o berço da raça Puro Sangue Árabe. Mas existem diversas teorias acerca das suas origens. Como a que as identifica no distante e quase surreal território da Mesopotâmia.

Ou mesmo na Suméria, Fenícia, Cartago, entre outras civilizações quase lendárias que, supostamente, teriam abrigado essa raça há mais de 3.000 a.C., e espalhado-a por toda a região próxima, tornando-a quase como uma extensão da cultura desses territórios.

Há também quem garanta que há mais de 6.000 anos já era possível encontrar esses animais na região; já bastante famosos pelas suas características físicas, elegância, porte esbelto, força, agilidade, inteligência, entre outras características dessa que pode ser considerada a raça de cavalos mais antiga do mundo.

Sobre as características físicas do animal, chama bastante a atenção o singular formato do seu crânio, que o torna inconfundível. – Na verdade o Puro Sangue Árabe, como essas fotos nos mostram, tornou-se um modelo quando o assunto são as características físicas de um cavalo.

Cavalo Puro Sangue Árabe Rajado
Cavalo Puro Sangue Árabe Rajado

Apesar do fato de a ciência não ter “batido o martelo” sobre as suas reais origens (se seria o resultado de cruzamentos programados ou de uma seleção natural), não à dúvidas de que estamos falando de um modelo de perfeição dentro desse gênero Equus.

Uma espécie de matriz de onde são produzidas raças com características únicas! Famosos pela sua resistência e por adaptarem-se tão bem a provas de corridas e de velocidade. Entre outras características não menos marcantes em uma raça de cavalos considerada sem igual na natureza.

As Características Físicas E Psicológicas Da Raça De Cavalo Puro Sangue Árabe

Um pescoço fino, crânio pequeno, um dorso menos arqueado, orelhas pequenas, olhos bastante vivos, uma pelagem entre o alazão e o acastanhado, além de algumas variedades em tordilho e preto, são apenas algumas das características mais marcantes nessa raça de cavalo.

Quanto às suas características psicológicas, o que podemos observar no Puro Sangue Árabe é uma inteligência acima da média, e que o coloca entre as raças de cavalos mais fáceis de serem domesticadas.

O animal é paciente, corajoso, bastante flexível. Talvez pelo fato de ter sido um animal de guerra, presente em praticamente todas as batalhas ocorridas naquele trecho do continente asiático e no norte da África há milênios, o Puro Sangue Árabe desenvolveu as características típicas de um guerreiro.

Na verdade o que se diz é que um adestrador inexperiente se verá em apuros ao tentar dobrá-lo!  Pois ele é capaz de perceber facilmente o medo estampado no rosto do adestrador; a insegurança e a indecisão nos olhos e nos gestos de um novato; e aí então o que se verá é como uma raça de cavalos pode acabar de vez com a reputação de quem quer que se considere um profissional.

Ainda sobre as suas características físicas, podemos notar como os seus olhos grandes e destacados sobressaem-se de forma desafiadora do restante do conjunto. Enquanto os seus contornos de um “cisne” lhe conferem uma elegância exótica e incomum.

Um focinho côncavo e narinas bastante chamativas e mais afastados chamam a atenção já de longe! Além de outras incontáveis características físicas e psicológicas que podem ser observadas nesse animal.

O Puro Sangue Árabe no Brasil

Puro Sangue Árabe Correndo no Haras
Puro Sangue Árabe Correndo no Haras

Já está prestes a completar 200 anos a história dos cavalos Puro Sangue Árabe no Brasil. De acordo com a história, o ano de 1826 marca o início da chegada desses animais ao ambiente tropical das terras brasileiras, especialmente por meio dos esforços do político e estadista brasileiro Assis Brasil.

Consta que os primeiros exemplares do Puro Sangue Árabe a pisar no nosso território teriam sido o Maalek, Mazi e Amir; três espécie praticamente selvagens, acostumadas a viver livres e soltas nos desertos da Península Arábica; mas que, a partir dali, teriam as fazendas brasileiras como a sua nova morada.

E a adaptação desses animais ao Brasil não poderia ter sido mais fácil! Já no ano de 1929 surge o primeiro cavalo da raça Puro Sangue Árabe totalmente brasileiro com todas as características que podemos observar nessas fotos.

E é curioso notar como ele ainda incorporou as características da ginga e do molejo que fariam uma composição curiosíssima com a resistência e a bravura de uma animal do deserto árabe.

Hoje calcula-se que já exista em torno de 35 mil desses cavalos a compor o cabedal desse gênero Equus no Brasil. Grande parte deles, como não poderia ser diferente, como uma espécie de patrimônio da cidade do estado de São Paulo.

Ess que é o maior exportador dessa raça de cavalos e, curiosamente, o maior exportador para diversos países do mundo, inclusive para o Oriente Médio, em uma dessas ironias que são típicas da fauna e da flora brasileira.

Deixe o seu comentário sobre esse artigo e aguarde as nossas próximas publicações.

Veja também

Boiadeiro-Australiano

Top 10 Raças de Cachorros Mais Inteligentes do Mundo

Os cachorros são animais muito inteligentes, que tratam as pessoas com amor e respeito na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *