Home / Animais / Rã Cinza: Fotos e Características da Espécie

Rã Cinza: Fotos e Características da Espécie

As rãs são animais pequeninos, com alguns poucos centímetros, elas adoram habitar locais próximos a riachos, com água doce, como lagos e lagoas.

Elas podem possuir diferentes colorações, existem as mais coloridas e exóticas, como vermelhas, azuis, amarelas, quanto as mais discretas, verdes e cinzas.

A coloração exuberante, apesar de ser muito bela, representa um grande perigo para qualquer outro animal, de qualquer tamanho, pois elas são venenosas e o seu veneno é poderosíssimo, e a cor chamativa não está ali à toa, é como se ela estivesse dizendo: “não me toque, sou perigosa”.

Mas também existem as que não representam perigo algum, como é o caso da rã cinza, também conhecida como Gray Tree Frog. Ela está presente nas árvores dos Estados Unidos e do Canadá.

Continue acompanhando este artigo para saber mais a respeito da gigante família dos anfíbios, além de fotos e características da incrível e curiosa espécie rã cinza. Confira!

Os Anfíbios

Os anfíbios estão espalhados pelo mundo todo, isso é fato. Eles nascem na forma de um minúsculo girino, com um rabo comprido e com brânquias externas para a respiração, e com o passar do tempo, seus membros tanto posteriores quanto anteriores vão se desenvolvendo e o animal começa a caminhar em solo firme.

Eles nascem habitando o meio aquático, e ali ficam por um bom período, até se desenvolverem e mudarem sua habitação para o meio terrestre.

Os animais que estão na classe dos anfíbios são muitos, mas aqui vamos falar sobre os da ordem Anura, que são os sapos, rãs e pererecas; estes que apesar de serem semelhantes, possuem muitas características distintas, além dos hábitos e comportamentos.

Os sapos preferem habitar o meio terrestre, no solo firme, eles são maiores, mais pesados e possuem o corpo mais achatado; movimentam-se lentamente e podem chegar até 20 centímetros de comprimento.

Suas pernas são curtas, sua pele é rugosa e ele não é capaz de dar longos saltos. Estima-se que existam cerca de 300 espécies de sapos.

Já as pererecas são menores que os sapos e que as rãs, podem alcançar apenas 10 centímetros, e são encontradas principalmente em galhos de árvore.

Elas são bastante caracterizados pelos seus olhos saltados, esbugalhados, que quase saem da cara. Além disso, são capazes de dar longos e altos saltos; isso é possível pois ela possui os membros finos e alongados, facilitando o pulo. Estima-se que existam cerca de 700 espécies de pererecas.

No caso das rãs, elas possuem características distintas destas duas outras famílias, inclusive estão presentes em outra família, a Ranidae. Confira a seguir algumas informações destes curiosos animais.

As Rãs

Espalhadas por todo o mundo, inclusive no Brasil, as rãs estão próximas aos lagos, lagoas e riachos.

Diferente das pererecas e dos sapos, elas são animais que preferem viver na água, ou seja, habitam sobretudo locais úmidos; e por isso suas pernas traseiras são alongadas e são constituídas por membranas, que facilitam o nado da rã.

Elas respiram principalmente pela pele, apesar de possuírem pulmão e assim conseguem viver em locais úmidos.

Sua alimentação se deve principalmente ao consumo de pequenos insetos e mosquitos, os quais são capturados a partir da língua.

E a partir de suas glândulas parotóides, possuem um veneno poderoso; mas vale destacar que apenas algumas espécies possuem. 

Elas são seres extremamente rápidos e ligeiros, já que suas pernas são alongadas e finas, o que facilita para que ela de longos saltos. Desta maneira, ela consegue escapar de predadores e capturar suas presas com mais facilidade.

Elas podem ser minúsculas, com apenas 2,3 centímetros, como também alcançar os incríveis 25 centímetros. Estima-se que existam mais de 3 mil espécies de rãs.

Elas possuem diferentes características, colorações e características, mas infelizmente grande parte das espécies de rãs vêm sofrendo com a perda de habitat, com o aquecimento global e com agrotóxicos, ou seja, muitas espécies rãs estão sofrendo processo de extinção.

Vamos conhecer agora uma espécie que desperta curiosidade em muitas pessoas. Elas não estão presentes aqui no Brasil, e sim na América do Norte. Conheça as características da espécie rã cinza!

Rã Cinza: Fotos e Características da Espécie

Esta espécie de rã é muito curiosa, ela é conhecida cientificamente como Hyla Versicolor.

E como seu próprio nome científico indica, ela é capaz de mudar de cor, de cinza para verde; realiza isso para camuflar-se de possíveis ameaças.

As fêmeas são ligeiramente maiores que os machos, e desta maneira, o comprimento do animal varia entre 3 a 5 centímetros.

Hyla Versicolor
Hyla Versicolor

Diferente de muitas outras espécies de rãs, elas preferem viver em meio às árvores, sendo considerada então uma espécie de rã arborícola.

Elas estão principalmente na região Leste dos Estados Unidos e no Sudeste do Canadá. São animais fantásticos, pois conseguem viver em temperaturas extremamente baixas, até -8ºC.

Isso se deve pois é capaz de sobreviver ao congelamento dos seus fluídos corporais internos. E desta maneira, sobrevivem às mais adversas condições, são extremamente resistentes e adaptáveis. Elas podem ser encontrados também em janelas, próximas as casas, caçando e alimentando-se dos insetos próximos à luz.

Elas possuem a coloração corporal acinzentada, mas também são capaz de se camuflar de acordo com o ambiente que vivem, por isso são facilmente encontradas nas regiões onde habitam.

Elas preferem ficar em meio às árvores, nos locais mais altos e tranquilos. Sendo assim,  só descem quando desejam passar pelo processo de reprodução.

Reprodução da Rã Cinza

Elas se reproduzem de março a julho principalmente. Elas descem das árvores e vão para o meio aquático; para as bordas das lagoas, dos rios e lagos.

O macho é capaz de dar longos e constantes ruídos para atrair a atenção da fêmea. E quando se encontram nas proximidades dos riachos, copulam e os ovos são depositados próximos à superfície, mas ainda na água.

E depois de cerca de 2 meses, nascem os girinos, já na água e sabendo nadar, posteriormente seus membros se desenvolvem e eles já são outra geração de rã cinza; esta espécie tão pouco conhecida por nós, mas que habita os locais mais inóspitos e conseguem se adaptar a eles.

Gostou do artigo? Confira outros posts do Mundo Ecologia.

Veja também

Mosca do Chifre: Caracteristicas, Como Evitar, Habitat e Fotos

A Mosca de Chifre Olá, durante o artigo de hoje você irá conhecer uma espécie …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *