Home / Animais / Quando Cabras Nascem de uma Vez ? Quando a Cabra Entra no Cio ?

Quando Cabras Nascem de uma Vez ? Quando a Cabra Entra no Cio ?

Grande parte dos mamíferos ruminantes são atualmente animais domésticos com grande valor comercial. Este raciocínio é válido para os bois, ovelhas e cabras. As ovelhas, particularmente, são aquelas cujo processo de domesticação é mais antigo, uma vez que há evidências que apontam para o ano 9.000 a. C.

As cabras não produzem pelo grosso, volumoso e ondulado, apresentando uma pelagem lisa e curta. Todavia, em algumas raças, é possível aproveitar esta pelagem para a confecção de acessórios de vestuário.

A cabra doméstica conhecida atualmente é uma subespécie da cabra selvagem (nome científico Capra aegagrus).

Neste artigo, você conhecerá algumas informações sobre a cabra, incluindo algumas dentro do contexto reprodutivo, como por exemplo: quantas cabras nascem de uma vez? Quando a cabra entra no cio?

Pois bem, caro leitor, venha conosco e boa leitura.

Classificação Taxonômica da Cabra Doméstica

Cabra Doméstica
Cabra Doméstica

A cabra doméstica, vulgo subespécie da cabra doméstica, é classificada dentro dos seguintes grupamentos:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Mammalia;

Ordem: Artiodactyla;

Família: Bovidae;

Subfamília: Caprinae;

Gênero: Capra;

Espécie: Capra aegagrus;

Subespécie: Capra aegagrus hircus.

Na família Bovidae, é possível encontrar uma grande diversidade de dimensões corporais entre as espécies, variando desde mais de 1 tonelada até pouco mais de 3 quilos. Todavia, grande parte das espécies é de médio ou grande porte. A vaca e o touro (nome científico Bos taurus) são os mais representativos do grupamento, no qual grande parte das espécies possui uma história de domesticação humana.

Na subfamília Caprinae, a maioria dos indivíduos é de médio porte. Ovelhas e cabras se destacam neste grupamento, em razão da proximidade com os homens, em razão da milenar domesticação. Ovelhas e cabras podem ser consideradas primas taxonomicamente, pois pertencem à mesma subfamília, todavia, estão distribuídas em gêneros distintos (no caso, Ovis e Capra, respectivamente).

No gênero Capra, além da cabra doméstica e selvagem, estão presentes outras espécies de bodes selvagens- no caso, o íbex e o markhor. Machos íbex possuem longos chifres recurvados muito característicos, ao passo que o markhor possui longos chifres em formato de saca-rolhas, assim como longas madeixas que se estendem do queixo até a extensão do pescoço.

Além da cabra doméstica, outras subespécies pertencem à espécie Capra aegagrus são a Capra aegagrus blythi, a Capra aegagrus chialtanensis, a Capra aegagrus turcmenica, a Capra aegagrus cretica (também conhecida como Kri-kri) e a Capra aegagrus aegagrus.

Cabras, Bodes e Cabritos: Características

Cabras, bodes e cabritos correspondem à mesma espécie e subespécie (ou seja, à cabra/bode doméstico). O termo “cabra” é utilizado para referir-se às fêmeas adultas. Machos adultos recebem a denominação de “bode”. No caso dos filhotes, machos e fêmeas até os 7 meses de idade são chamados de “cabritos”.

Comparativamente, aos filhotes de ovelhas (ou seja, cordeiros), os cabritos, possuem certas semelhanças, mas também diferenciações importantes. No caso, apresentam cabeça mais alongada, assim como orelhas maiores e caídas. Em relação aos cordeiros, estes são dotados de orelhas menores, bem como cabeça mais arredondada e corpo mais robusto.

Todos os bodes adultos possuem chifres e barbichas, sendo que estas estruturas também podem estar presentes na maioria das raças de cabras.

Na sua forma selvagem, cabras e bodes podem ser encontrados em montanhas temperadas. Curiosamente, possuem um equilíbrio incrível e facilidade em percorrer terrenos incrivelmente íngremes.

Estes ruminantes alimentam-se basicamente de ervas daninhas, moitas e arbustos. No ano de 2005, inclusive, foram utilizados em uma cidade dos Estados Unidos para controle das ervas daninhas. Quando em cativeiro, deve-se tomar cuidado para que não haja presença de mofo na alimentação (o qual, pode trazer consequências até mesmo fatais). Da mesma forma, nã recomenda-se a ingestão de folhas de árvores frutíferas.

As cabras possuem uma expectativa de vida estimada em 15 a 18 anos, a qual pode ser até mesmo superior de acordo com as técnicas de criação e manejo.

Quando Cabras Nascem de uma Vez ? Quando a Cabra Entra no Cio ?

De acordo com a literatura, a maturidade sexual das cabras pode ser atingida em idades distintas. Algumas fontes apontam para os 4 a 5 meses; enquanto, outras indicam 12 meses. De qualquer forma, também é possível encontrar fontes que mencionam um valor intermediário entre esses dados (no caso, de 6 a 11 meses). O peso também possui relação com a maturidade sexual, logo quanto mais cedo a cabra engordar, mais cedo alcançará sua maturidade sexual.

As cabras apresentam vários períodos de cio (também chamados de estros). Estima-se que tais períodos repitam-se a cada 21 dias ao longo do ano. No entanto, de acordo com características climáticas locais (e a adaptação das cabras ao ambiente exterior), estes períodos podem ocorrer em épocas específicas do ano (a exemplo do final do verão e início do outono).

Após cada gestação nasce apenas uma cabra ou bode (ou melhor, cabrito) por mês. A duração média da gestação é de 150 a 170 dias. Na natureza, o desmame ocorre geralmente após 6 meses, todavia, em cativeiro, os cabritos permanecem na presença da mãe apenas 3 meses (sendo 20 dias em aleitamento exclusivo).

Fases do Ciclo Estral das Cabras

O ciclo estral de uma cabra é dividido em 4 fases, sendo elas o proestro, o estro, o metaestro e o diestro.

No proestro, inicia-se a secreção do muco e a excitação sexual. A fase do estro é o cio propriamente dito e apresenta duração estimada de 36 horas, todavia, pode variar entre 24 a 48 horas. Durante esta fase, há congestão das mucosas, bem como relaxamento do colo uterino.

A diminuição da atividade sexual marca a fase de metaestro, na qual há crescimento do corpo lúteo e descamação do epitélio vaginal. Este corpo lúteo pode evoluir ou involui (até sumir) caso tenha ocorrido ou não a fecundação- este é o período conhecido como diestro.

Fatores como a alimentação, o clima e outros podem influenciar as fases desse ciclo estral.

Durante o estro, é comum que a cabra fique com a vulva inchada, bem como manifeste grande inquietação e nervosismo.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre as cabras e seu comportamento reprodutivo, nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Sinta-se sempre à vontade e até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Casa da Ovelha. Você sabe a diferença entre cabra e ovelha ? Disponível em: < https://www.casadaovelha.com.br/blog/voce-sabe-a-diferenca-entre-cabra-e-ovelha>;

Cursos CPT. Criação de caprinos de corte- início da atividade reprodutiva das cabras. Disponível em: < https://www.cpt.com.br/cursos-cabras/artigos/criacao-de-caprinos-de-corte-inicio-da-atividade-reprodutiva-das-cabras>;

Wiipédia. Capra aegragus hircus. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Capra_aegagrus_hircus>.

Veja também

Lebre na Natureza

Tudo Sobre a Lebre : Características, Nome Cientifico e Fotos

Hoje vamos trazer mais um animal incrível e cheio de curiosidades super interessantes para os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.