Home / Animais / Qual O Reino, Filo, Classe, Ordem, Família E Gênero Da Onça?

Qual O Reino, Filo, Classe, Ordem, Família E Gênero Da Onça?

Entre os maiores felinos que temos na natureza, certamente a onça é um dos mais bonitos e mais imponentes. Mas, você sabe qual a classificação desse animal em termos de reino, filo, classe, etc?Pode até parecer uma classificação demasiadamente complexa, mas, não é bem assim. Na verdade, é até bem simples saber em quais categorias a onça pertence, como mostraremos minuciosamente no texto a seguir.

Onça: A Qual Reino Pertence?

Antes de falarmos a respeito do reino ao qual faz parte esse bicho, é bom esclarecer que o termo “onça” se refere exclusivamente a outros termos análogos: onça pintada ou jaguar. Ou seja, quando falamos onça, estamos automaticamente nos referindo a uma espécie de onça pintada, ou mesmo de um jaguar.

Feita essa observação, o reino ao qual a onça pertence se chama Animalia, e compreende seres vivos pluricelulares, cujas células formam tecidos biológicos, possuindo a capacidade de responderem ao meio ambiente em que vivem.

Inclusive, a palavra “animal” é derivada do latim anima, cujo sentido nada mais é do que “fôlego vital”. A palavra entrou para a língua portuguesa com o nome de animalis, e Animalia é o seu plural. Compreende uma variedade infindável de seres, e é é evidente que a onça está no meio deles.

Onça: A Qual Filo Pertence?

Já o filo que a onça se insere se chama Chordata, e inclui todos os vertebrados existentes, e mais alguns seres marinhos (os anfioxos e os tunicados). São animais que apresentam em comum algumas características bem básicas, como, por exemplo, a presença de uma simetria bilateral, um sistema digestório completo, um tubo nervoso dorsal, e uma cauda pós-anal que esteve presente em pelo menos uma fase da vida desses seres.

Em termos ecológicos, estão entre os animais mais facilmente adaptáveis do mundo, sendo capazes, inclusive, de habitarem todos os continentes existentes no mundo. No geral, dividem-se em protocordados (bem mais primitivos, e destituídos tanto de coluna vertebral, quanto de caixa craniana) e os eucordados (estes, mais evoluídos, já que possuem coluna vertebral, tendo um crânio com encéfalo). É nessa última subclassificação que a onça se encontra.

Onça: A Qual Classe Pertence?

A classe da onça é a Mammalia, ou simplesmente os populares mamíferos, onde nós seres humanos também estamos inclusos. São subdivididos em dois grupos distintos: os aquáticos ( que são os cetáceos) e os terrestres (os quadrúpedes ou bípedes).

Sua principal característica é a presença de glândulas mamárias, através das quais as fêmeas desses seres produzem leite para a amamentação dos seus filhotes. Também possuem a peculiaridade de trem cabelos ou pelos, com exceção dos golfinhos e de algumas baleias. Pelos esses bastante presente nas onças, inclusive.

Onça: A Qual Ordem Pertence?

A ordem que as onças fazem parte se chama Carnivora (ou carnívoros, apenas). Praticamente encontrados no mundo todo, essa ordem de animais possui algumas características em comum, como patas com 4 ou 5 dedos, possuindo nesses dedos garras mais imobilizar suas presas. Também possuem dentes afiados para cortar a carne de suas vítimas, especialmente com a presença de caninos fortes, cônicos e pontiagudos.

Existem alguns carnívoros, como gatos, por exemplo, que dependem exclusivamente da carne para a sua nutrição. Já outros dessa ordem, como os ursos, são mais onívoros, o que garante uma dieta mais diversificada. No caso da nossa amiga onça, ela é o que chamamos de carnívora obrigatória, ou seja, só come carne.

Onça: A Qual Família Pertence?

Aqui chegamos numa classificação da onça que certamente é bastante conhecida de boa parte das pessoas, já que ela pertence à família Felidae, ou, mais popularmente falando, a dos felinos. A própria onça faz parte de uma categoria que é a dos grandes felinos selvagens. Em termos evolutivos, trata-se de uma família relativamente recente, onde os primeiros exemplares surgiram durante o período da pré-história que chamamos de oligoceno, há aproximadamente 25 milhões de anos atrás.

Também é bom destacar que todos os felinos, sem exceção, são carnívoros obrigatórios, com as espécies selvagens sendo naturalmente solitárias. Nesse caso, a exceção fica por conta dos leões, que vivem em grupos. Além disso, dentro da categoria dos felinos, ainda existe uma classificação de outras duas subfamílias: a dos Pantherinae (que inclui, além das onças, leões, tigres e leopardos) e a dos Felinae (que inclui os nossos conhecidos gatos domésticos).

Onça: A Qual Gênero Pertence?

Afunilando até o fim a classificação das onças, chegamos à última, que é a do seu gênero. Nesse caso, ela pertence ao que chamamos de Panthera. Uma característica em comum é que todas as espécies que fazem parte dessa categoria têm um osso hioide incompletamente ossificado, tendo uma laringe com cordas vocais bem maiores do que o normal, sendo cobertas por uma enorme almofada fibro-elástica. É por isso que todos os membros desse gênero têm a capacidade de rugir, com exceção do leopardo das neves.

De maneira popular, três espécies de animais são chamados de pantera: a pantera africana ou leopardo, a pantera americana ou onça (que é a que estamos mencionando aqui neste texto) e a pantera negra (esta, na verdade, pertence à mesma espécie do leopardo).

Considerações Finais

Bom salientar que a nossa conhecida onça-pintada é o único membro atual pertencente ao gênero Panthera nas Américas. Estudos revelaram, no entanto, que elas e outros membros desses gênero (como o leão, o tigre e o leopardo) compartilharam um ancestral em comum cerca de 10 milhões de anos atrás.

Presente desde o México, passando pela América Central, e chegando até a América do Sul (especialmente, toda a nossa bacia Amazônica), a onça-pintada (ou só onça mesmo) é um predador que está no topo da cadeia alimentar, sendo que o seu único inimigo é realmente o homem, que ainda caça o animal para diversas finalidades.

Agora, é torcer que a onça saia o quanto antes da lista de animais ameaçados de extinção, para que ele possa continuar povoando a natureza. Afinal, como vimos, esse belíssimo animal é resultado de milhões e milhões de anos de evolução, fazendo parte de um ciclo de seres dos mais complexos que podemos encontrar na natureza atualmente.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *