Home / Animais / Qual É O Maior Mamífero Do Brasil? Por Que A Anta?

Qual É O Maior Mamífero Do Brasil? Por Que A Anta?

Você sabia que a Anta é o maior mamífero terrestre do Brasil? Que tal conhecer um pouco mais desse animal? Acompanhe neste artigo tudo sobre a Anta.

Podendo pesar até 300 quilos e medir mais de dois metros, a anta-brasileira, ou apenas anta, é o maior mamífero do nosso país. Animal forte, de corpo acinzentado e robusto é também o maior mamífero terrestre da América do Sul.

A seguir, apresentamos as características e peculiaridades desse animal e também o porque é o maior mamífero aqui do Brasil. Confira.

Características E Habitat Da Anta

A anta brasileira, de nome cientifico Tapirus terrestres é um animal forte e grande. É conhecida também por tapir, ou chamada simplesmente de anta. Pode medir mais de 2 metros de comprimento e chega a pouco mais de 1 metro de altura, além de pesar até 300 quilos. Tudo isso faz dela o maior mamífero do Brasil.

Seu corpo tem cor marrom-acinzentada e seu nariz é longo e flexível, parecendo uma tromba pequena. A anta possui também uma crina que vai da fronte da cabeça até seu pescoço. Seu corpo é robusto, porém a cauda e os olhos são pequenos. É um mamífero com cascos, desse modo é caracterizado como ungulado, e ainda possui quantidade de dedos ímpar.

A anta vive em florestas, sobretudo em locais em que haja fonte de água para o ano todo. No Brasil, encontra-se principalmente na Amazônia, no cerrado, na mata atlântica e no pantanal. Também é encontrada em florestas de toda a América do Sul, menos no Uruguai e Chile. É um animal que anda e corre por mata fechada e aberta e ainda é ótima nadadora.

As antas geralmente vivem sozinhas ou até com mais dois indivíduos que tenham grau de parentescos, apenas. Quando sozinhas, apenas em épocas reprodutivas que saem à procura de parceiros. Elas marcam seus territórios através do cheiro de sua urina e também das glândulas faciais.

Além disso, possuem alguns sons para se comunicar entre si, dentre eles estão o bufo, usado para demonstrar agressão, o estalido que é para se identificar com outros animais da espécie e também o guincho estridente que demonstra medo e dor. Trata-se de um animal noturno, que fica escondida na mata descansando durante o dia e a noite sai para se alimentar.

Alimentação Da Anta E Seus Predadores

A anta é um animal herbívoro, ou seja, se alimenta de vegetais, como folhas e frutos, grama, pequenos ramos e brotos. Ela também se alimenta de cascas de árvores, plantas aquáticas, além de pastar em plantações de milho, feijão, arroz, cacau, melão, cana e amendoim.

Um fato interessante, pé que a anta é um animal dispersor de sementes. Como é um animal grande, ela se alimenta de frutas maiores, assim, nas suas fezes, ela dispersa as sementes, por isso é considerada uma jardineira natural, muito importante para manter nossas florestas.

Foto de Três Antas se Alimentando
Foto de Três Antas se Alimentando

Os predadores naturais das antas são as cobras, onças e o homem. Também é atacada por tigres, pumas e pelos crocodilos. Como é um animal grande são poucos seus predadores, e ainda, quando se sente ameaçada a anta se esconde entre os arbustos ou mergulha na água. Inclusive, ela consegue galopar na mata, derrubando arbustos e pequenas árvores, além de conseguir escalar terrenos mais íngremes.

Reprodução

Com três anos de idade, a espécie atinge a maturidade sexual. Na época de reprodução, os machos emitem assobios para chamar as fêmeas. O ciclo reprodutivo é demorado, dura entre 13 e 14 meses. Da gestação nasce apenas um filhote, sendo raro os casos em que nascem gêmeos. O filhote nasce com pelo marrom e com listras brancas ou amarelas pelo corpo, que somem depois de 5 ou 6 meses de vida.

Os filhotes nascem com cerca de 7 a 9 quilos e se amamentam até aproximadamente 11 meses ou até um ano, quando já têm aparência e tamanho dos adultos. Entretanto, vivem junto da mãe até os dois anos. Esse animal pode viver até os 22 anos quando vivem livres nas florestas, quando em cativeiros podem passar de 30 anos de vida.

Espécies Da Anta

Existem atualmente quatro espécies conhecidas. Apesar de ser um mamífero com aparência que lembra os porcos, acredita-se que esse animal está mais relacionado com a espécie dos cavalos e dos rinocerontes. Essas espécies estão na lista de animais em extinção atualmente, e são elas:

  • Anta Malaia ou Asiática: a maior espécie conhecida do animal e tem uma faixa branca em seu corpo.
    Anta Malaia
    Anta Malaia
  • Anta Brasileira: também é chamada de anta sul americana e é conhecida por ser uma ótima nadadora e ser encontrada sempre perto da água nas florestas.
    Anta Brasileira
    Anta Brasileira
  • Anta da Montanha: é a menor espécie que existe e vive em regiões de montanhas.
    Anta da Montanha
    Anta da Montanha
  • Anta da Serra: encontrada nas Cordilheiras dos Andes, Equador, Colômbia e norte do Peru.

Ameaças

Atualmente todas as espécies de anta estão na lista de animais considerados vulneráveis pela IUCN. Dentre as principais ameaças se destacam:

  • Atropelamentos
  • Diminuição de habitat
  • Caça
  • Doenças transmitidas por animais domésticos
  • Incêndios
  • Falta de contato entre a espécie

A caça realizada pelos humanos é fator inquietante quando se trata dessa vulnerabilidade. Isso porque as pessoas caçam a anta tanto pela sua pele, carne e coriácea.

Hoje, a situação mais preocupante está na mata atlântica onde há poucos animais da espécie, sendo considerada a região com mais perigo de extinção, onde estima-se que a espécie seja extinta em menos de 3 gerações. Além disso, como a reprodução é demorada, acaba piorando ainda mais esses dados.

Desse modo, torna-se essencial a proteção desses animais, bem como o esforço para manter a conservação e aumento da espécie, através de projetos, pesquisas e ações de conservação.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *