Home / Animais / Qual é a Melhor Ração Para Filhote de Yorkshire? Qual a Quantidade?

Qual é a Melhor Ração Para Filhote de Yorkshire? Qual a Quantidade?

O Yorkshire é uma raça de porte toy (mini), sendo um cão muito fiel companheiro para os seus donos. Carinhoso, ele precisa de atenção constante dos seus tutores. Inteligente e cheio de muita energia podem estranhar com desconhecidos e outros cachorros. Acompanhe nosso artigo e conheça um pouco mais sobre a alimentação dessa raça.

Melhor Ração Para Yorkshire

A melhor ração é aquela que consegue suprir as necessidades do animal. Dessa forma, como a raça é de pequeno porte aconselhamos a ficar atento para esse detalhe. As mais  indicadas para os yorkshire são aquelas que possuem em suas composição  nutrientes específicos para que ele cresça saudável e longe de doenças.

As rações mais conhecidas para a raça são: Premier Yorkshire, Royal Canin Yorkshire, Equilíbrio Grain Free e N&D Prime . Lembrando que Royal Canin Yorkshire possui uma opção especialmente voltada para os filhotes e outra para os adultos.

Como cada fase de crescimento do seu animal necessita de uma combinação diferente de nutrientes para o desenvolvimento pleno é muito importante direcionar as rações apropriadas para cada idade.  Essa ração possui em suas composição ômega 6 e ômega 3 que pode ser essenciais para que os filhotes cresçam com saúde. A formula pode garantir mais vivacidade no pelo do seu animal, além de evitar doenças como as alergias.

A Royal Canin Yorkshire é produzida com o óleo de uma flor, o que protege o seu cão de uma alimentação essencialmente composta de ingredientes industrializados. Cabe lembrar, ainda, que essa opção de ração seleciona grãos menores e mais apropriados para a boca e a mastigação do filhote de yorkshire.

Dessa forma, essa pode ser uma boa opção para a alimentação do seu amigo, pois auxilia na digestão do alimento por indivíduos de uma raça que é muito sensível na parte intestinal.

Quanto de Ração é Ideal Para o Meu Yorkshire?

A quantidade de ração que deve ser dada a um cão depende de variáveis como: idade, raça, atividade física realizada e peso. Portanto, um filhotinho não deve receber a mesma quantidade de ração que um animal adulto. Além disso, a composição da ração dada a eles também deve ser diferenciada e considerando quanto tempo de vida o animal possui.

Eles podem ser considerados filhotes até um ano de vida e é recomendado que após essa idade seja feita a mudança de ração. Não escolha rações que possuem na composição cereais/farinhas e privilegie aquelas ricas em proteínas, minerais e fibras. Esses componentes ajudarão o seu filhote a se proteger de doenças transmitida por parasitas e bactérias  garantindo muita energia ao seu cão.

Durante os primeiros meses procure dividir a alimentação do yorkshire em quatro refeições. Após o quinto mês você pode reduzir para três refeições. Por volta dos sete meses o indicado é apenas duas refeições para evitar que o animal fique obeso.

Não se esqueça de molhar a ração para que a mastigação dos filhotes seja facilitada. Com o passar dos meses o ideal é ir diminuindo a água e fornecer a ração sem a hidratação.

Quanto De Ração É Ideal Para O Yorkshire Adulto

Yorkshire Comendo Ração
Yorkshire Comendo Ração

Como possuem muita tendência à obesidade é muito importante acompanhar de perto a alimentação do yorkshire. Um ponto importante que deve ser observado é a diminuição de rações que possuem grande quantidade de gordura. Privilegie aquelas que possuem mais proteínas, minerais e frutas na composição. O ideal é dividir a alimentação do cão em uma ou duas refeições durante o dia.

Outro ponto que não pode ser esquecido é a prática de atividade física diária  para prevenir problemas ósseos e manutenção da saúde do pet. Portanto, leve seu companheiro para passear,  gastar toda a energia  e evitar problemas como o estresse.

Sobre o Yorkshire

A raça teve popularidade na Inglaterra entre os mineradores que buscavam cães que pudessem servir de companhia e tivessem pequeno porte. Os cães também se desenvolveram em função da sua habilidade de cavar e caçar pequenos ratos.

São animais amáveis e que adoram uma brincadeira. Certamente é  uma boa opção para quem procura companhia em diversas atividades, além se serem completamente compatíveis com a vida em apartamentos e com tutores que possuem menos tempo disponível para os cuidados com os cães.

Isso se deve ao fato deles não soltarem muito pelo e de comerem pouco, facilitando a limpeza do local onde vivem e não necessitando o empenho de grandes quantias de dinheiro para a alimentação.

Outros Cuidados com o Yorkshire

Para manter a saúde dessa raça é necessário seguir uma rotina de higiene duas vezes por semana.  Aproveite o banho para usar produtos específicos para o pelo do yorkshire e capriche na limpeza da região anal, que costuma acumular sujeiras e passar aos pelos.

Outro ponto interessante é observar a formação de nós nos longos pelos do animal. O uso de um secador pode ajudar a evitar esse tipo de problema. Procure escovar o cachorro pelo menos duas vezes na semana e opte por tosas mais curtas, ok?

Remova as remelas sempre que possível e capriche na escovação dos dentes para evitar a formação de tártaro. Essa raça possui muita tendência a desenvolver esses dois tipos de problema.

Bom, encerramos por aqui! Ficaremos imensamente felizes com o seu contato por meio da nossa caixa de comentários. Aproveite e compartilhe esse artigo nas suas redes sociais, não esquecendo  também de acompanhar os novos artigos sobre cães aqui no Mundo Ecologia.

Veja também

Alimentação da Mariposa: O Que Elas Comem?

As mariposas são insetos voadores muito semelhantes às borboletas. Como todos os insetos, o corpo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *