Home / Animais / Qual a Raça de Cachorro que Parece um Leão?

Qual a Raça de Cachorro que Parece um Leão?

Hoje vamos falar sobre uma raça de cachorro bem curiosa e muito incrível também Então se você é amante de cães fique conosco até o final para não perder nenhuma informação.

Qual a Raça de Cachorro que Parece um Leão?

Essa é uma pergunta frequente, mas será que existe um cachorro que se parece com o popular rei da selva? A resposta é sim, e a raça é chamada de mastim tibetano. Essa comparação realmente existe, por conta de sua similaridade com o leão, principalmente o de coloração marrom, mas todos eles possuem uma juba exuberante digna de rei, além de ser gigante.  Com o passar do tempo esse cão passou a ser símbolo de pessoas de poder, por isso diversos homens muito ricos da china passaram a procurar a raça para se sentirem mais poderosos.

Saiba que esse é um animal muito raro, consequentemente é uma raça muito cara. Ele é muito popular na China onde somente pessoas com muita grana tem ele como pet. O valor da raça está custando cerca de R$1,5 milhão.

O mastim tibetano possui uma camada generosa de pelo, muito denso e cheio de volume, o animal é bem grande, o que pode assustar um pouco à primeira vista, eles gostam bastante de clima frio.

Como Surgiu o Mastim Tibetano?

Mastim Tibetano
Mastim Tibetano

Essa raça se originou nos primórdios no Tibete, acompanhou os povos itinerantes da época da Índia, da China e do Nepal. Passado essa época a raça sumiu do mapa. No ano de 1800 a raça foi recriada pelos ingleses, com a intenção de ter uma raça de guarda, para cuidar de suas propriedades e dos seus animais.

Algumas pessoas podem confundir essa raça com mastim-do-cáucaso, mas saiba que esse outro tem uma personalidade totalmente diferente. Este último costuma ser agressivo, mas o mastim tibetano é gentleman e adora brincar. Mais que um leão, posso dizer que essa raça lembra um urso gigante.

Como dissemos ao longo dos anos, o que se sabe é que foram desenvolvidos para trabalhar de guarda. Por esse motivo, ainda hoje pode ser chamado de cão guardião do Tibete. Esse animal é fiel e protege o seu dono com muita rigorosidade.

Temperamento do Mastim Tibetano

Mastim Tibetano
Mastim Tibetano

O temperamento desta raça é muito tranquilo, não é comum que destrua objetos. Mas caso ele se sinta sufocado e sem espaço pode ser que destrua uma coisa ou outra, para isso basta ajudá-lo a gastar energia correndo e passeando diariamente.

É um excelente cão de companhia, mas é importante ressaltar que não é um cachorro de colo, inclusive é muito grande para isso. Essa é uma raça bem independente, por esse motivo não espere carência ou um cão de colo e super dependente do dono.

Por esse motivo também é bom ter cuidado quando for receber pessoas desconhecidas em sua casa. Por se tratar de um cão de guarda e super protetor de seus donos pode ser que estranhe algumas pessoas que não conhece invadindo o seu habitat. Ele com certeza vai estranhar, e isso vale para animais desconhecidos também, muito cuidado para evitar qualquer tipo de acidentes.

Podemos afirmar que essa é uma raça bastante rara de ser encontrada. Atualmente seu habitat está  restrito a China, justamente onde ele se originou. É um país rico, bem desenvolvido, com longos períodos de clima bem frio, por isso ela oferece as melhores condições para sobrevivência dessa raça.

Características da Raça

Agora vamos conhecer um pouco mais sobre as características dessa raça. Esse é um animal muito tranquilo, eles são muito inteligentes e corajosos. Por se tratar de um animal muito independente, adestrar essa raça é uma tarefa bem difícil e vai demandar muita paciência. As tarefas que costumam cumprir bem é passear ao lado do seu tutor e fazer as necessidades no lugar correto, é o básico que funciona.

Saiba que eles não apreciam ficar sozinhos, vão sempre preferir estar perto do seu dono e da família. Curiosamente essa raça deve eleger o tutor do qual deve seguir o tempo todo. Mesmo sendo carinhoso, ele é um cachorro que não gosta de ficar grudado com o dono, o contato físico é sempre evitado por ele. Ele prefere ficar longe, pois sente bastante calor de forma natural.

A sua personalidade vai de acordo com o seu instinto de proteção da família e do território. Por isso ele não gosta muito de receber em seu lar pessoas desconhecidas,  ele vai ficar com uma pulga atrás da orelha, e se suspeitar de algo pode atacar acidentalmente alguém.

Para tentar amenizar esse comportamento, a melhor escolha é investir em adestramento e treinamentos que inclua a socialização do animal com pessoas e animais, isso deve acontecer enquanto filhote. Dessa forma ele vai crescer aceitando muito melhor essas situações. Eles costumam se dar bem com crianças, mas é um animal de grande porte, por isso as brincadeiras devem ser assistidas.

Ele não é um cachorro muito ativo e muito menos destruidor de objetos. Ele precisa de um espaço grande na sua casa, quanto maior melhor. Se cuidado em lugar muito pequeno com certeza vai se estressar com facilidade, e com isso pode se irritar com objetos e acabar destruindo muitas coisas do ambiente. Não se esqueça que como qualquer outro filhote pode destruir mais coisas na infância, quando seus dentes ainda estão crescendo e causando incômodo.

Cuidados com a Raça

Entenda que esse animal precisa de cuidados específicos, isso para manter sua pelagem saudável. É preciso escovar o pêlo todos os dias, por pelo menos 30 minutos, dessa forma os mortos se soltam. Com relação ao banho, eles podem acontecer uma vez por mês, isso é suficiente para manter o cachorro limpo. Não se esqueça de tosar a face frequentemente, para evitar pelo cobrindo os olhos além de juntar sujeira que pode prejudicar o animal.

Recomenda-se escovar os dentes do animal ao menos uma vez na semana, para evitar problemas bucais e mau cheiro.

Veja também

Mastim Tibetano

Qual é o Valor do Cachorro Mais Caro do Mundo?

Qual o preço de ter um melhor amigo em casa? Aquele que você escolheu a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.