Home / Animais / Qual A Importância Do Mel Para As Abelhas?

Qual A Importância Do Mel Para As Abelhas?

O que seria de nosso ecossistema global sem essas abelhudas… Você tem noção de quão essenciais as abelhas são pra nossa própria existência humana? Mas do que inspiração pra arquitetura, as abelhas são talvez a principal espécie semeadora de vida nessa Terra… Ou melhor, polinizadoras.

Porque as Abelhas Fazem Mel?

Pra começo de conversa, o que melhor adoça nossa vida é produzida por elas! Exageros à parte, mas sendo fidedigno na afirmação, o mel que consumimos só existe graças a elas. Resumindo a classificação, pode-se dizer atualmente que são sete tipos de abelhas no mundo, divididas em mais de 40 subespécies dentro dessa classe. Nessa questão de produção de mel, excluímos os zangões que somente armazenam néctar e, mesmo assim, por muito pouco tempo, devido a brevidade de suas colônias.

E porque as abelhas fazem mel? Basicamente, para sobrevivência. Já viu as formigas transportando comida para suas tocas? Porque fazem isso? Para armazenar sua provisão de inverno, certo? Porque encontrar ou buscar comida nessa estação é sempre mais complicado no reino animal.

Igualmente, as abelhas aproveitam o período antes da estação invernal pra armazenar seu alimento, ou seja, o mel. Sabemos que as abelhas dependem das flores pra colher a matéria prima do mel. E flores no inverno são raras. As poucas resistentes nessa estação geralmente estão intensamente frias ou congeladas, tornando impossível para as abelhas extrair qualquer coisa delas nessas condições.

Mas porque as abelhas produzem tanto mel? Ora, você já parou pra contar quantas abelhas existem em uma colônia? São dezenas de milhares! Para sobreviverem a estação mais fria, é imperativo que elas armazenem mesmo uma grande quantidade de mel para a Rainha e toda a colônia. Abelhas precisam muito de mel, pois é essa a sua grande fonte de energia!

Sabia que aquele movimento de asas das abelhas não é só pra voar? As abelhas permanecem movimentando as asas mesmo dentro da colônia porque isso preserva a temperatura ambiente ideal e necessária de calor que necessitam, principalmente durante a estação mais fria. Haja energia!

Como as Abelhas Fazem Mel?

Já sabemos que tudo começa com a coleta que as abelhas fazem do néctar das flores. E elas vão longe pra cumprir esse trabalho. Uma abelha pode se distanciar quase sete quilômetros de sua colmeia só pra conseguir o melhor néctar. Sabia que uma abelhinha só recolhe menos que uma gotinha na agulha de mel durante sua vida inteira de trabalho? Por isso são tantas abelhas empenhadas nessa tarefa. Nem todas as abelhas de uma colmeia saem pra recolher néctar, mas a grande maioria delas tem de fazer isso.

Lembra da expressão ‘favo de mel’? Então, depois que a abelha suga o néctar da flor, misturando esse néctar com uma enzima de suas glândulas salivares, a abelha retorna pra colônia e deposita essa mistura nessa estrutura hexagonal que conhecemos como favo de mel.

Aquele movimento de bater as asas mesmo dentro da colmeia também serve pra isso, pois essa substância que as abelhas trazem das flores tem de reduzir o excesso de água nele. As próprias abelhas aceleram isso com o calor provocado com esse bater de asas na colmeia.

Abelhas Fazendo Mel
Abelhas Fazendo Mel

O néctar então começa a se transformar, começa a pegar espessura até resultar no mel que conhecemos. O concentrado de açúcar é tão grande que fungos e bactérias não conseguem se reproduzir nele. Por isso que mel não estraga. Mas o legal é que as abelhas, ainda assim, continuam produzindo uma camada de cêra sobre o favo de mel, para preservá-lo e protegê-lo ainda mais. Isso é que é trabalho zeloso!

Parece fácil, não é?! Mas pra que você tenha uma noção melhor de todo trabalho dessa produção, tente ver isso pela perspectiva de uma abelha. Por exemplo, imagine um único quilo de mel: sabe quantas abelhas são necessárias para conseguir produzir essa quantidade de mel? Mais de 500 abelhas? E sabe quantas flores essas abelhas todas precisam colher néctar pra atingir um quilo de mel? No mínimo 2 milhões de flores!  Ainda parece fácil?

Detalhando o Ciclo de Produção

Pote Cheio de Mel
Pote Cheio de Mel

Não é à toa que o trabalho das abelhas é tão admirado e até estudado, pra não dizer que é usado como modelo, porque o nível de organização é eficiência é sensacional. Dentro de uma colônia, existe hierarquia, delegação de tarefas e metodologia de trabalho preciso e funcional.

As conhecidas abelhas operárias são as principais trabalhadoras nesse processo, pois são elas que vão até as flores fazer a extração, onde colhem o néctar e também o pólen. Mas é importante dizer que há divisão nos grupos aqui: uma equipe colhe o pólen, outra colhe o néctar.

A abelha que colhe o néctar, o suga direto pra seu estômago, ou melhor, uma espécie de “estômago reserva” onde o néctar é armazenado. Se essa abelha precisar mesmo se alimentar durante o trabalho, ela pode transferir parte desse néctar da reserva pra seu próprio estômago e assim se reenergizar e seguir com seu trabalho.

Sabia que uma abelha é capaz de colher tanto néctar quanto seu próprio peso corporal? Imagine voar com esse peso todo? Para que compreenda o quanto isso é impressionante, basta saber que nenhuma aeronave humana é capaz de voar se tiver com carga superior a 20% de seu próprio peso.  Nota dez para o potencial aerodinâmico das abelhas!

Voltando a falar do ciclo de produção do mel… Já parou pra pensar como isso é feito? Claro que dentro da colmeia não tem nenhuma cozinha, com abelhas pondo ingredientes em panelas e mexendo até endurecer a massa… Então como é? Quer mesmo saber? Bom …

Você sabe que o néctar é o resultado da composição de chuva com nutrientes das flores, certo? Então o néctar é um líquido com grande concentração de água. Pra o néctar virar mel, as abelhas precisar “engrossar” o néctar, reduzindo seu teor de água para um nível abaixo de 20%. Como elas fazem isso?

O néctar que a abelha suga da flor, de certa forma ela expele ‘salivando’ na boca de outra abelha… Isso mesmo! O mel é o resultado da mistura de néctar com saliva de abelha, à medida que elas vão transferindo o néctar de boca em boca até o líquido pegar a consistência desejada.

É assim que o néctar se transforma em mel e depois armazenado nos favos de mel. Esse processo depende da temperatura dentro da colmeia. Ás vezes não precisam de tanto boca a boca se estiver quente o suficiente pra evaporação e então já depositam logo o néctar cambiável nas células.  Quanto mais a produção tiver sido feita na estação quente, menos babado o mel produzido (hahahaha!)

Lembra que uma equipe é responsável pela extração também do pólen? Pois é, as abelhas também usam o pólen pra produzir alimentos. Elas misturam o pólen ao néctar, formando uma massa (como pão) que será a alimentação inicial das larvas, um alimento rico em proteínas, necessário para que a colônia continue se desenvolvendo.

A importância das Abelhas no Ciclo da Natureza

Abelhas Operárias e Rainha Juntas na Produção
Abelhas Operárias e Rainha Juntas na Produção

Acima de tudo, as abelhas são insetos que vivem em grupos de colmeias. Todos eles têm um papel de acordo com sua classificação:

– A rainha dá à luz todas as abelhas na colmeia, pode ser reconhecida pelo seu tamanho. Ele segrega muitos feromônios que mantêm a coesão e a estabilidade da colônia.

– As operárias gastam seu tempo cuidando das tarefas da colmeia (abastecendo a colmeia e construindo prateleiras para fazer mel), mas também forrageando.

– Os drones mantêm o calor na ninhada em caso de queda de temperatura e fertilizam a rainha.

A polinização é o transporte de pólen dos órgãos masculinos da planta para os órgãos femininos. A polinização tem um papel fundamental, tanto para as abelhas como para o planeta, garante o equilíbrio do nosso meio ambiente. De fato, as abelhas se alimentam de pólen e néctar encontrados em flores. Além disso, 80% das plantas com flores devem ser polinizadas para produzir frutos e, portanto, crescer adequadamente.

Ninho de Abelha
Ninho de Abelha

Se as abelhas desaparecerem, 40.000 espécies de plantas florescentes morrerão. Por suas repercussões, os animais de criação não podiam mais ser alimentados adequadamente e, pouco a pouco, um terço das reservas alimentares do mundo secariam. É, portanto, uma questão importante que afeta tanto a vida selvagem, flora e humanidade.

A primeira causa de mortalidade das abelhas são os pesticidas, um verdadeiro flagelo para esses insetos. Cerca de 450 substâncias ativas podem causar danos irreversíveis nas colmeias das abelhas. Estas substâncias encontram-se em 5.000 produtos fitofarmacêuticos ou pesticidas para venda.

Podemos também mencionar as práticas inescrupulosas de alguns apicultores que, pelas suas práticas, são a causa de várias doenças nas abelhas. A introdução de predadores também é um fator agravante na redução da população desses insetos. Então, da próxima vez que você for picado por uma abelha, pense duas vezes antes de esmagá-la.

Veja também

O Que Fazer Para Acabar Com Ratos no Forro de Casa?

É muito comum que os ratos sejam um grave problema para as famílias de todo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *