Home / Animais / Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito?

Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito?

Assim como ocorre com os continentes da Ásia, África e demais países da América Latina, no Brasil há grande prevalência das chamadas doenças tropicais, as quais afetam de uma forma mais intensa as populações em situação de vulnerabilidade (as quais são influenciadas pelo déficit econômico; condições precárias de saneamento e higiene; pouco acesso à água limpa e outros fatores).

De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), tais doenças são prevalentes em 149 países classificados como tropicais e subtropicais- o que resulta em um total de mais de 1 bilhão de pessoas atingidas em todo o mundo.

Neste contexto, existem algumas doenças tropicais transmitidas através de picada do mosquito, sendo a dengue a mais famosa. Esta doença, em particular, é classificada como a doença tropical de propagação mais rápida. Estima-se que 2, 5 bilhões de pessoas vivam em áreas de risco para a transmissão da dengue.

Picada de Mosquito
Picada de Mosquito

Mas será que existem outras doenças transmitidas através da picada do mosquito ? Quais são elas ?

Venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito? Aedes Aegyptis e Aedes Albopictus

O Aedes aegypti é a espécie encontrada em áreas urbanas, ao passo que o Aedes albopictus pode ser encontrado mais em áreas rurais (logo, infectando mais os animais). As duas espécies podem transmitir tanto dengue quanto febre amarela Porém, o Aedes aegypti também está relacionado à transmiddão de Zika e Chikungunya.

Em algumas literaturas, é possível encontrar a descrição de 4 tipos de círus da dengue, porém, segundo publicações da UFRJ do ano de 2008, existem apenas 3 tipos de vírus com maior circulação- todavia, o tipo 3 estaria erradicado desde o ano 2000.

Esses dois mosquitos picam durante o dia, como horário de predileção entre o início da manhã e final da tarde. A proliferação ocorre normalmente em locais próximos a habitações. Acúmulo irregular de lixo ou entulhos (nas ruas ou quintais domésticos) pode contribuir para a formação de poças de água da chuva em pneus, cacos de vidro, latas ou outros objetos. Caixas d’água destampadas também representam risco, assim como poças d’água ao redor de vasos de planta.

O mosquito da dengue se prolifera nos locais em que encontre água parada ou limpa.

Após a picada pelo mosquito e infecção pelo vírus, há um período de incubação que pode variar entre 3 a 15 dias. Os primeiros sintomas após este período incluem dor de cabeça, febre alta, dores no corpo e, eventualmente, vômitos. Após 3 a 4 dias do início da febre, aparecem manchas vermelhas ao longo do corpo (as quais podem assemelhar-se à manchas de rubéola e sarampo). Em alguns casos, pode ocorrer sangramento de nariz e gengivas- caracterizando a dengue hemorrágica.

 Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito? Culex Quinquefasciatus

O mosquito Culex quinquefasciatus é a espécie mais associada à terminologia “pernilongo” (ou “muriçoca”, no caso da região Nordeste). Pica durante o período da noite e frequentemente pode estar presente no interior de residências humanas. É atraído por locais com muito detrito, matéria orgânica em decomposição, mau cheiro e sujeira.

Este mosquito é o principal transmissor de elefantíase ou filariose linfática. Doença cujos agentes etiológicos são os parasitas Wulchereira bancrofti, Brugia timori ou Brugia malayi. Embora menos frequentes, também existem os casos de filariose da cavidade serosa e filariose subcutânea.

Através da picada do mosquito, as larvas do parasita atingem a corrente sanguínea, direcionando-se posteriormente à corrente linfática- local onde atingem a forma adulta.

O período de incubação da elefantíase é nem longo, uma vez que pode variar de 1 a vários meses. O inchaço na perna é o sintoma mais representativo da doença, porém também há febre, calafrios, náusea e vermelhidão nos gânglios linfáticos. Em alguns casos particulares, pode ocorrer até mesmo inchaço e aumento do saco escrotal (caracterizando a hidrocele).

O mosquito Culex quinquefaciatus também é considerado o vetor da febre do Nilo Ocidental.

Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito? Mosquito-Palha ou Flebótomo

O mosquito-palha corresponde a várias espécies da subfamília Plebotominae. Apesar da terminologia, estes insetos são considerados mais moscas do que mosquitos. A picada destes insetos está relacionada à transmissão da Leishmaniose. A picada ocorre à noite, e apenas a fêmea suga o sangue.

Mosquito-Palha
Mosquito-Palha

Existem dois tipose de Leishmaniose: a visceral e a cutânea. O quadro visceral também pode ser conhecido pelo nome de calazar e é caracterizado pelo acometimento de órgãos como o fígado, baço e medula óssea. Seus sintomas incluem dores abdominais, febre, anemia, perda de peso, fraqueza, diarreia, aumento do fígado e do baço; além de aumento nos linfonodos.

No caso da leishmaniose cutânea, esta também pode ser chamada de leishmaniose tegumentar ou ferida brava. Os sintomas incluem feridas na pele que podem evoluir para feridas nas mucosas (frequentemente boca e nariz).

Qual a Doença Transmitida pelo Mosquito? Haemagogus e Sabethes

Os gêneros Haemagogus e Sabethes são responsáveis pela transmissão da forma silvestre da febre amarela (lembrando que a forma urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, desde a década de 1940). Estes mosquitos são encontrados em matas e vegetação próxima a rios.

Os sintomas da febre amarela incluem febre alta, dor de cabeça, dores musculares, calafrios, cansaço, vômitos e náuseas- dentro de uma duração estimada de aproximadamente 3 dias. Em alguns casos, há evolução destes sintomas. Nas formas mais graves da doença, há complicações renais e hepáticas; hemorragias; icterícia (coloração amarela nos olhos e na pele); assim como cansaço extremo.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre algumas das doenças transmitidas por mosquitos; nosso convite é para que continue conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Governo do Estado do Tocantins- Secretaria de Saúde. Perguntas e respostas- O que é Febre Amarela. Disponível em: < https://saude.to.gov.br/dengue-zika-e-febre-de-chikungunya/dengue-chikungunya-zika-febre-amarela-e-sindrome-congenita-o-que-sao-essas-doencas/febre-amarela-epizootias-manuais-perguntas-e-respostas/perguntas-e-respostas/>;

MARTINS, F. S. V.; CASTIÑEIRAS, T. M. P. P. Cives- Centro de Informação em Saúde para Viajantes. Dengue. Disponível em: < http://www.cives.ufrj.br/informacao/dengue/den-iv.html>;

NHR Brasil. Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN). Disponível em: < https://www.nhrbrasil.org.br/nhr-brasil/nossas-causas/doencas-tropicais-negligenciadas.html>;

Rede D’or São Luiz. Leishmaniose. Disponível em: < https://www.rededorsaoluiz.com.br/doencas/leishmaniose>;

UniPrag. Que mosquito me picou ? Diferenças entre os espécies de mosquito ? Disponível em: < https://uniprag.com.br/blog/que-mosquito-me-picou-conheca-as-diferencas-entre-os-especies-de-mosquitos/>;

Veja também

Alimentação do Iaque: O que Eles Comem?

Você provavelmente pode não ter ouvido falar sobre o iaque, mas esse ruminante é famoso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *