Home / Animais / Qual a Diferença Entre Cisne, Pato e Marreco?

Qual a Diferença Entre Cisne, Pato e Marreco?

É bastante comum que as pessoas façam confusão em relação ao nome dos animais. Por vezes isso acontece apenas pela falta de atenção em relação aos bichos, mas em outros momentos deve-se ao excesso de semelhança entre alguns animais. Você, por exemplo, sabe a diferença entre a pantera o a onça preta? Sabe diferenciar uma leoa de uma onça comum? Seria capaz de distinguir com perfeição um leopardo de um guepardo? Provavelmente não, pois é muito difícil notar essas variações que ocorrem na natureza a olho nu, sobretudo quando não se é especialista e não se estuda o mundo animal bastante a fundo.

As Diferenças Gerais

É exatamente por isso que muitas pessoas não sabem, por exemplo, a diferença entre o cisne, o pato e o marreco. Essas três aves foram domesticadas há séculos pelo homem e até possuem um grau de parentesco, sendo classificadas como animais pertencentes à mesma família: a Anatidae. Porém, apesar da semelhança aparente, obviamente existem diferenças bastante relevantes entre as três, algo que vamos mostrar logo adiante. Para começar, embora sejam da mesma família, o gênero dos três animais é diferente, além, é claro de fazerem parte de espécies diferentes. Isso tudo faz com que patos, cisnes e marrecos se diferenciem entre si.

De aspectos semelhantes, o trio tem a capacidade de flutuar sobre a água e uma capacidade incrível de natação, o que os transforma em perseguidores ágeis e incansáveis em lagos ou rios. Assim, os patos são os mais numerosos dentre o trio citado, se dividindo em mais de 90 espécies diferentes, todas com particularidades específicas.

Já os marrecos são tão semelhantes aos patos que alguns pesquisadores chegam a considerá-los apenas uma subespécie de pato, embora haja distinções evidentes entre eles, sendo a mais clara a diferença de anatomia no bico desses animais. Os cisnes, por sua vez, guardam como grande marca registrada o pescoço bastante alongado e o porte elegante, quase majestoso.

Veja abaixo mais detalhes a respeito de cisnes, patos e marrecos e observe as diferenças anatômicas e comportamentais existentes entre eles.

Cisne

Os cisnes são aves que compõem a família dos gansos, a Anserinae. Suas características sempre marcantes são o pescoço alongado e as patas curtas, algo responsável por dar o porte elegante no jeito de se movimentar desses animais. Porém, quando filhotes, os cisnes não são tão belos e majestosos assim. O processo de desenvolvimento é longo até que o animal amadureça e fique belo como nos acostumamos a ver cotidianamente.

Quando pequenos, os cisnes têm as penas muito ásperas e eriçadas, além acinzentadas, o que naturalmente diminui a beleza e o impacto proporcionados pela ave quando mais adulta. Apenas depois de mais ou menos 12 meses é que os cisnes dão prosseguimento ao seu desenvolvimento pleno em termos de beleza visual, com as penas ganhando pigmentação e se mostrando cada vez mais macias ao longo do tempo.

Em todo o mundo existem diversas espécies diferentes de cisnes, que apresentam pequenas variações entre si em relação ao aspecto visual. Os cisnes do hemisfério Norte, por exemplo, apresentam a plumagem branca característica que tanto nos acostumamos a ver e séries de TV e desenhos animados. Já os cisnes do hemisfério Sul apresentam ais variações de cor, sendo alguns coloridos ou negros, embora também existam cisnes brancos por aqui. Outra variação importante se relaciona com o bico dos cisnes, que pode mudar de cor e tamanho conforme a região do planeta.

Há cisnes de bico amarelo ou vermelho, por exemplo, além de alguns possuírem bicos mais carnudos e até mesmo detalhes negros na base. Todas essas possibilidades abrem um mundo extremamente diversificado de cisnes. Em relação à reprodução, os cisnes formam casais monogâmicos, ou seja, apenas se relacionam com um parceiro ou parceira por vez. Os ninhos são construídos nas proximidades de regiões úmidas ou inundadas, o que favorece a natureza aquática desses animais. No inverno, é bastante natural que os cisnes se desloquem para regiões mais quentes da Terra.

Pato

Pato na Grama
Pato na Grama

Os patos são aves que habitam locais próximos a lagos e rios, como planícies inundadas ou ambientes úmidos. Porém, o que poucos sabem é que os patos também podem ser encontrados próximos ao mar, como é o caso da espécie pato-do-mato, que não habita próximo de rios e sim perto de mares abertos. Em sua maioria, porém, o mais comum é que os patos fiquem perto de lagos calmos. Já em relação à alimentação, os patos são animais onívoros e se alimentam de vegetais, grãos pequenos e sementes em geral.

Uma marca desses animais é a capacidade migratória, já que eles realizam grandes migrações sazonais buscando uma maior variedade e, sobretudo, disponibilidade de alimentos para si. Como os patos se distribuem em cerca de 30 espécies diferentes, não é possível precisar a movimentação de cada uma delas, mas as migrações sempre buscam ambientes mais quentes e, assim, com mais disponibilidade de alimentos frescos.

É possível diferenciar o pato macho da fêmea pela coloração diferente e mais vistosa, além de distinções no comportamento. Assim, o pato é um dos poucos animais conhecidos pelo homem que anda, nada e voa com competência bastante razoável nos três quesitos.

Marreco

Marreco Com o Filhote na Grama
Marreco Com o Filhote na Grama

O marreco é descendente direto do pato, mas com o passar dos séculos acabou se transformando em uma espécie própria de ave. Calcula-se que o pato-real seja ancestral dos marrecos, que foram domesticados na China há milhares de anos. Porém, apesar da ancestralidade, os marrecos são muito menores que os patos, medindo de 30 a 35 centímetros. A diferenciação do marreco em relação ao ganso, por exemplo, é o fato de estarem sempre em uma posição horizontal, enquanto o ganso mantém seu corpo mais ereto e na vertical.

Dessa forma, os marrecos se assemelham bastante aos patos, até pela referida ancestralidade em comum, mas possuem detalhes que os distinguem, sendo bastante destacável a diferença de tamanho entre os dois. Ademais, os marrecos também são mais dóceis que os patos, que costumam ser mais agressivos e, por vezes, criados até mesmo para realizar a defesa de chácaras ou pequenos sítios.

Veja também

Jacaré Americano: Características, Nome Cientifico e Fotos

Os jacarés são animais que induzem as pessoas a sensações muito extremas e totalmente únicas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *