Home / Animais / Porque é Que os Pinguins Não Voam?

Porque é Que os Pinguins Não Voam?

Hoje vamos responder algumas dúvidas bem curiosas que chegam para gente, hoje vamos falar um pouco mais sobre o Pinguins e entender melhor sobre como esse animal vive e se relaciona com todo o restante.

Porque é Que os Pinguins Não Voam?

Essa é uma pergunta diferente e um questionamento bem interessante, porque será que os Pinguins não voam? Talvez a explicação mais curta e plausível seja o fato desse animal se tratar de um animal marinho, mas sabemos que mesmo que seja um animal marinho não deixa de ser uma ave, não é verdade? Em resumo é uma ave com habilidades para natação, mas porque os pinguins preferem nadar? Essa resposta é ainda mais simples, pois a alimentação dessa espécie vive na água, eles se alimentam de alguns crustáceos e de peixes. Nesse caso é muito importante saber nadar, para caçar rapidamente antes de ser atacado por algum predador.

Pinguins Já Voaram?

Pinguim
Pinguim

Estudiosos do assunto acreditam que sim, esses animais já foram voadores em algum momento de sua história. A necessidade de adaptação e a evolução da espécie obrigou esse animal a se adaptar a novas habilidades. As asas que antes eram utilizadas para voar por aí como uma ave, hoje servem como nadadeiras e com isso vivem muito bem na água e não no céu. Essa adaptação natural foi ocorrendo também no seu corpo, algumas mudanças foram ocorrendo para que ele se virasse melhor na água, por isso sua habilidade em voar acabou ficando para trás.

Alterações no Corpo dos Pinguins com o Passar do Tempo

Como dissemos muitas mudanças aconteceram no corpo dos pinguins ao longo dos anos, com a evolução da espécie muitas alterações precisam acontecer para que ele se adaptasse a sua nova realidade. Vamos destacar aqui então algumas alterações importantes. Essas modificações ocorrem em diversos aspectos como na sua forma e estrutura, em sua ambientação e fatores que mantém o animal vivo, além de também aspectos comportamentais. Tudo isso precisa ocorrer para trazer um animal do ar para o mar e terra.

  • Pinguins e suas Penas – Esse foi um aspecto bastante alterado, suas penas foram se tornando mais espessas para que oferecesse um efeito de isolante térmico ao seu corpo. Além disso, você pode observar esses animais passando os bicos entre as penas, ele faz isso para coletar uma substância oleosa produzida naquela região, depois ele passa por cima delas e se torna impermeável.
  • Ossos dos Pinguins – Outra mudança incrível que aconteceu nessa espécie de animal foi em sua estrutura óssea. Muitas coisa mudou, as asas do pinguim diminuíram para que pudessem se tornar as suas nadadeiras, dessa forma ele se tornou um super nadador. Não é incrível isso? Antes a ave pinguim assim como outras aves possuem ossos mais leves, esses ossos também tinham pequenos buracos por onde o ar passava livremente, tudo isso auxiliava o pinguim a voar livremente. Nos dias de hoje o pinguim tem ossos mais pesados, e essa nova característica favorece na hora do mergulho, por assim ele é capaz de boiar sobre a água. Ao contrário de aves marinhas que são capazes de levantar voo, o pinguim tem ossos chatos em suas asas.
  • O Corpo do Pinguim – O corpo desse animal no geral teve mudanças grandes, mas sutis ao mesmo tempo visualmente falando. Como citamos anteriormente, esse animal possui uma glândula acima de sua cauda que libera uma espécie de óleo capaz de manter a temperatura do seu corpo dentro da normalidade para sua sobrevivência.

Pinguins e sua Habilidade para Nadar

Esse animal se tornou um exímio nadador, a natureza possibilitou que ele fosse capaz de viver boa parte do seu tempo na água. Dessa forma ao nadar ele utiliza suas patas e pernas para se impulsionar para gente, ao mesmo tempo é a sua cauda que lhe dá a direção. As suas penas são curtas e não absorvem líquido , seu corpo oferece menor resistência à água , com isso o atrito com a água é bem menor. São conhecidos com as aves com maior habilidade de nadar por conta dessas características, dessa forma são capazes de alcançar até 40 Km por hora nadando. Acontece que todos esses atributos que tornam o pinguim um ótimo nadador vão contra as necessidades de características de uma ave boa voadora. Resumindo, ao mesmo tempo que ele ganhou uma habilidade, automaticamente perdeu a outra.

Aves Atuais Que Tem as Habilidades de Voos dos Pinguins Antigos

  • Existem ainda aves que podem perceber que têm as mesmas características que os pinguins tinham antigamente. O primeiro que podemos citar é o Albatroz, e o outro é o Pardelão gigante, os dois vem de um único ancestral na história. De acordo com estudos, talvez a grande diferença começou a cerca de 66 a 145 milhões de anos atrás.
  • Outra ave que podemos citar com as mesmas características dos pinguins voadores é o Airo-de-asa-branca. Aliás esse animal é a mais semelhante aos nossos amigos pinguins do ponto de vista evolutivo, ela está em segundo lugar no ranking de aves nadadoras mais habilidosas , ficando atrás apenas dos pinguins.
  • Depende de pouca energia para nadar, mas utiliza uma grande quantidade na hora de voar se confrontadas com outras aves voadoras. Elas gostam de ambientes frios e por isso habitam especialmente a Antártica. Por outro lado, existem pinguins que habitam regiões de clima tropical, como é o caso do pinguim-das-galápagos.
  • Atualmente são conhecidas de 17 a 19 espécies desse animal. Podemos concluir então de acordo com os estudos que os nossos pinguins atuais vieram de um ancestral voador e apenas evoluíram.

O que vocês acharam de toda explicação detalhada para essa pergunta? Quantas curiosidades não é verdade? Realmente ainda temos muito a aprender sobre os animais, essas criaturas tão incríveis nos surpreendem todos os dias. Deixe aqui embaixo sua opinião e até a próxima!

Veja também

Três Gorilas

Qual a Diferença entre Gorila e Macaco?

Hoje vamos tentar entender um pouco mais sobre a diferença entre os macacos e os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.