Home / Animais / Por Que o Caranguejo Tem Uma Pata Maior Que a Outra?

Por Que o Caranguejo Tem Uma Pata Maior Que a Outra?

Especialmente no Nordeste do Brasil, comer frutos do mar é algo muito comum e do dia a dia das pessoas. Isso pela proximidade do mar e mangues, além de ter sido toda uma cultura criada voltada para esse tipo de alimentação. Um dos animais mais criados para esse destino é o caranguejo.

O processo todo de comer caranguejo é algo similar ao de acender e segurar o cigarro nos dedos: bem simbólico. Há até o jogo de utensílios vendidos para comer caranguejo, que contém o martelo e a tábua. Uma das dúvidas mais comuns, entretanto, é por que o caranguejo tem uma pata maior que a outra.

Normalmente, quando come caranguejo, deixamos essa pata maior por último, por ter mais carne. Existe um propósito muito maior e evolutivo envolvendo essa diferença no tamanho das patas. E é sobre isso que iremos falar no post de hoje. Além de, claro, um pouco mais sobre as características gerais dos caranguejos.

Características físicas dos Caranguejos

A aparência física do caranguejo muitas vezes pode ser confundida com o siri. Ele faz parte do grupo de crustáceos, os seja, possuem uma cobertura que é bem dura, no qual chamamos de exoesqueleto. Esse exoesqueleto serve como proteção, suporte e também ajuda a impedir a perda d’água.

O caranguejo possui 10 pernas, no caso, 5 pares. As quatro de trás são diferentes em tamanho e estrutura da primeira. Essa primeira é bem maior e possui grandes pinças, que servem para ele se defender e também conseguir se alimentar. As outras patas tem um formato de unha que ajuda na locomoção terrestre. Muitos não sabem, mas os caranguejos também têm cauda, ela fica enrolada sob sua cintura.

A boca do caranguejo fica na parte baixa da cabeça, e seus olhos chamam a atenção, por estarem em hastes móveis, que vão desde sua cabeça para cima. Para muitos, é até assustador como os olhos deles ficam dispostos.

O tamanho de um caranguejo varia muito de espécie para espécie, mas ele pode chegar em até 4 metros de diâmetro de uma pata a outra. Imagina encontrar um desse tamanho? Esses caranguejos possuem respiração branquial, porém, os caranguejos terrestres possuem brânquias desenvolvidas, que atuam como se fossem pulmões.

Nicho Ecológico e Habitat dos Caranguejos

Um habitat de um ser vivo é basicamente seu endereço, onde ele pode ser encontrado. Onde ele: habita. No caso dos caranguejos, a maioria precisa de água. São encontrados em todos os oceanos, e também em lugares de água doce, como nos mangues. Alguns vivem na terra, bem longe de água, entretanto.

O tipo de moradia de um caranguejo varia muito de espécie para espécie. Existe espécie que mora em tocas feitas na areia e lama. Outros vivem em conchas de ostras, mexilhões ou caramujos. Para achar uma determinada espécie, é preciso antes estuda-la mais afundo para saber onde exatamente ela fica.

Quanto ao nicho ecológico de um ser vivo, esse é baseado em todos os hábitos e ocorrências diárias desse animal. Incluindo alimentação, reprodução, se ele é noturno ou diurno. O caranguejo tem uma alimentação incomum, se alimentam de matéria em decomposição ou morta. Também podem comer outros animais pequenos ou matéria vegetal, mas não é sua preferência.

A reprodução deve ser feita perto da água, não importa se o caranguejo é uma espécie terrestre. Isso porque elas depositam os ovos na água. É interessante que os ovos ficam presos até eclodirem, e podem chegar a passar de 1 milhão de ovos POR VEZ. Depois, esses caranguejos (chamados de zoécia), que são transparentes e sem pernas, ficam nadando na água até sofrerem uma metamorfose, trocando seu exoesqueleto e atingindo a fase adulta.

Por Que o Caranguejo Tem Uma Pata Maior Que a Outra?

Mas afinal das contas, deu para perceber que as patas dos caranguejos não possuem o mesmo tamanho. Por que isso ocorre?

A primeira explicação é simples, o primeiro par de patas, o mais próximo de sua cabeça, serve como defesa e ataque. É o modo de eles conseguirem suas presas, quando necessário, e atacar inimigos quando necessário também. E as outras são de uma configuração parecida com uma pinça, e o primeiro par depois das grandes patas é mais desenvolvido que as outras.

Homem Segurando um Caranguejo
Homem Segurando um Caranguejo

Logo, os dois primeiros pares de patas são os mais desenvolvidos. As “pinças” em suas patas permitem que eles consigam se locomover em qualquer área terrestre. Seu deslocamento é feito em sentido lateral, diferente da maioria dos animais que você conhecerá. Quando precisam competir com outros caranguejos, eles mostram suas grandes patas da frente.

O que tem a maior pata ou que faça parecer que sua pata é a melhor, mais resistente e quem tem o maior poder, vence. Essa competição é feita por diversos motivos, como fêmea, alimento ou território. Mas acontece mais durante o período reprodutivo. Quanto maior um caranguejo de forma geral, melhor ele se dará contra seus inimigos, mas também mais caçado pelo homem (devido sua carne) ele será.

Outra questão importante é que em algumas espécies, ainda existe uma diferença no tamanho dos pares. Em uma determina espécie, a pata frontal da direita é maior que a da esquerda, enquanto que em outra espécie, a da esquerda é maior que a da direita. E também existe as que possuem as patas do mesmo tamanho em seus pares.

Esperamos que o post tenha te ajudado e você tenha aprendido um pouco mais sobre os caranguejos e a diferença nas suas patas. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e de deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los com elas. Leia mais sobre caranguejos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Diferenças do Pastor da Anatólia, do Cáucaso e Akbash

As diferentes raças de cães possuem suas peculiaridades, e mesmo dentro de uma mesma denominação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *