Home / Animais / Pode Dar Pimenta para Cachorro? Faz Mal?

Pode Dar Pimenta para Cachorro? Faz Mal?

Os cães devem ser alimentados com raçoes específicas às suas necessidades nutricionais. Oferecer comida de humanos aos cãezinhos pode parecer perigoso, uma vez que o organismo destes possui certa diferença na forma com que processa os alimentos.

Carnes em geral são liberadas, porém existem alimentos específicos, que mesmo que sejam inofensivos para nós humanos, podem ser nocivos ao animal. Um destes conhecidos é o chocolate.

Pimentas Vermelhas
Pimentas Vermelhas

Agora, será que a pimenta está liberada?

Pode dar pimenta para cachorro? Faz mal?

Neste artigo, esta dúvida será respondida e você também terá acesso a outras informações sobre a nutrição dos cãezinhos.

Então venha conosco e boa leitura.

Alguns Alimentos Proibidos para Cães

A ingestão de café é altamente prejudicial aos cães, uma vez que os componentes chamados xantinas podem danificar o sistema nervoso, bem como o sistema urinário. As xantinas também podem causar taquicardia, logo é melhor manter café bem longe do seu pet.

O fermento presente nas massas cruas de bolo ou de pão pode expandir o estômago do animal, causando dor e até mesmo (em casos mais graves) ruptura intestinal.

Lista de Frutas Que Caes Podem e Nao Podem Comer
Lista de Frutas Que Caes Podem e Nao Podem Comer

Aparentemente inofensiva, a noz moscada é capaz de comprometer músculos, sistema nervoso e sistema digestivo. Em casos mais graves, já houve o registro de paralisia. Outros frutos secos podem resultar em vômitos, dores musculares, tremores, insuficiência renal, febre e aparecimento de cálculos.

A ingestão de alimentos gordurosos provavelmente vai causar algum desarranjo gastrintestinal no cachorro. Entre esses alimentos estão inclusos os queijos, manteigas, creme de leite e outros. Para muitos casos, o desarranjo gastrintestinal pode resultar em uma pancreatite. O abacate também pode causar desarranjo gastrintestinal, em razão da presença de uma substância chamada persina.

Os doces dietéticos possuem xilitol em substituição ao açúcar. A presença dessa substância danifica o fígado dos cães e pode até mesmo causar a morte de pets mais sensíveis.

O alho é saudável para os seres humanos, porém para os cães (assim como ocorre com outros temperos) ele é capaz de destruir as células vermelhas do sangue resultando em anemia. Tal perda de hemoglobina também pode gerar um quadro de falência renal. O excesso de sal pode interagir com o organismo dos cães e causar tremores ou até mesmo convulsão.

A anemia também pode aparecer nos cães após a ingestão de cebola, em decorrência da presença de tiossulfato. Porém a vantagem é que, caso os cães deixem de ingeri-la, o quadro de anemia se reverte.

O chocolate é prejudicial principalmente em razão da substância teobromina, capaz de gerar vômito, diarreia e até mesmo quadros neurológicos (como é o caso das convulsões). Além dessa substancia, as gorduras presentes no chocolate também são nocivas.

JAMAIS deixe o seu cão ingerir bebidas alcoólicas. Fique de olho em garrafas de e latinhas de cerveja espalhadas pelo chão, durante um churrasco com os amigos. Talvez esta seja a maior recomendação de todas, uma vez que a ingestão de álcool pode ser fatal para esses animais. Alguns dos efeitos colaterais incluem excitação, descoordenação, depressão, respiração lenta, taquicardia e morte.

Do Paladar ao Olfato: Cheiros que os Cães Detestam

Da mesma forma que a ingestão de alguns alimentos podem gerar consequências negativas aos cãezinhos, certos aromas também são capazes de provocar incômodos aos mesmos. Isto ocorre em decorrência do olfato dos caninos ser super desenvolvido- ao todo, os cães possuem entre 150 a 300 milhões de células olfativas (em contraposição às 5 milhões de células olfativas dos humanos).

O cheiro de vinagre, por exemplo, é insuportável aos cães. No caso da pimenta, idem. Cheirar pimenta ainda pode provocar a irritação das vias aéreas do animal, assim como coceira no nariz e espirros constantes.

Cachorro Cheirando Alimento
Cachorro Cheirando Alimento

O cheiro de álcool antisséptico também parece bastante incomodo para o cachorro, e, infelizmente, o mesmo está bastante presente em produtos de higiene pessoal, inclusive canina.

A acetona, conhecida solução para remoção de esmaltes também é bastante desagradável para eles; além de frequentemente causar espirros e coceira no nariz. O mesmo raciocínio é valido para produtos de limpeza excessivamente perfumados. Dessa forma, em dias de faxina, recomenda-se levar o animal para passear, bem como manter a casa ventilada.

Cachorro Cheirando Planta
Cachorro Cheirando Planta

Convém lembrar que a maioria dos removedores de esmalte conta com uma grande concentração de composto químicos, dentre os quais, o acetato, formaldeído, nitrocelulose e álcool isopropílico.

Aromas de perfume podem ser insuportáveis para os cãezinhos, e isto se aplica aos perfumes convencionais e aos perfumes ‘desenvolvidos’ especialmente para cães.

Em relação às bolas de naftalina utilizadas para evitar/ diminuir o mofo nas gavetas, estas não possuem apenas um cheiro desagradável para os cães. Caso ingerida por estes, pode causar danos graves no fígado, bem como no sistema nervoso central (manifestando-se através de sintomas como as convulsões, vômito e diarreia). Em alguns casos, quando há ingestão de mais de uma dessas bolinhas, o resultado pode ser até mesmo fatal.

Pode Dar Pimenta para Cachorro? Faz Mal?

Pimentas Vermelhas no Prato
Pimentas Vermelhas no Prato

Bom, a pimenta pode ser prejudicial até para os humanos. Entre nós, os efeitos de irritação da mucosa gástrica são conhecidos. Nos cães, estes efeitos são obtidos através da ingestão de quantidades menores.

De modo geral, a pimenta deve ser evitada, especialmente as mais ardidas. Todavia, uma quantidade mínima das mesmas é permitida dentro do preparo de pratos caseiros. Esta quantidade mínima também é válida para alguns temperos, cujo exagero pode resultar em alguns dos desconfortos aos cães citados nos tópicos acima.

Como Proceder em Casos de Intoxicação Canina?

Cachorro Doente e Intoxicado
Cachorro Doente e Intoxicado

A primeira recomendação, principalmente em casos de emergência, é levar o animal ao veterinário imediatamente. No caso de alguns quadros mais leves de desconforto intestinal, estes podem ser aliviados em casa através da ingestão de soro caseiro.

*

Gostou das dicas?

Agora, o nosso convite é para que continue por aqui para visitar também outros artigos do site. Se você é um grande curioso do mundo animal, vegetal e afins, tenha certeza que está no lugar certo.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Blog Luísa Mel. 11 alimentos proibidos para cachorros! Cuidado, vc pode intoxicar seu melhor amigo sem saber !! Disponível em: < https://luisamell.com.br/11-alimentos-proibidos-para-cachorros-cuidado-vc-pode-ate-intoxicar-seu-melhor-amigo-sem-saber>;

LOPES, V. Perito Animal. 10 cheiros que os cachorros não gostam. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/10-cheiros-que-os-cachorros-nao-gostam-21212.html>;

LOPES, V. Perito Animal. Alimentos proibidos para cães. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/alimentos-proibidos-para-caes-20485.html>;

Perito Animal. Cachorro pode comer pimentão?/ Pimenta para cachorro. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/cachorro-pode-comer-pimentao-23268.html#:~:text=Sim%2C%20cachorro%20pode%20comer%20piment%C3%A3o,tamb%C3%A9m%20entra%20na%20dieta%20BARF.>;

Unibol. Conheça cinco alimentos para humanos que podem até matar os cães. Disponível em: < https://www.bol.uol.com.br/unibol/metodista/conheca-cinco-alimentos-humanos-que-podem-ate-matar-os-caes.htm>.

Veja também

Cachorro Passando a Pata no Rosto e no Focinho: o Que Fazer?

Você é capaz de analisar como seu cachorro está se comportando? Algumas condutas podem indicar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *