Home / Animais / Pode Dar Leite de Cabra para APLV ?

Pode Dar Leite de Cabra para APLV ?

APLV é uma sigla que significa alergia a leite de vaca. Neste quadro, o sistema imunológico ataca as proteínas do leite, liberando na corrente sanguínea anticorpos IgE, bem como células inflamatórias. Os sintomas variam desde reações gastrintenstinais, sangue nas fezes e até mesmo asma.

A APLV é mais frequente em crianças, no entanto, também pode ocorrer em adultos. Estima-se que entre 2 a 3% de crianças menores de 3 anos possuam o quadro.

Neste contexto, os leites vegetais (soja, coco, arroz, amêndoas, etc) podem ser uma boa opção. Agora, em relação aos leites animais, muitas pessoas com o quadro tem recorrido ao leite de cabra.

Mas, afinal, pode dar leite de cabra para APLV?

Venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Composição Nutricional do Leite de Vaca

100 ml de leite de vaca contém 63Kcal; assim como 3,2 gramas de proteínas; 4,8 gramas de carboidratos e 119 miligramas de Cálcio.

O Leite de Vaca Possui Caseína
O Leite de Vaca Possui Caseína

Proteína Caseína

A proteína caseína está presente em grande parte do leite dos mamíferos. No leite de vaca, representa 80% das proteínas, ao passo que, no leite humano, representa entre 25 a 40%.

Esta proteína é empregada inclusive em suplementos para ganho de massa magra.

A caseína é desnaturada quando é submetida a temperaturas elevadas, uma vez que a desnaturação (ou seja, alteração da estrutura molecular) só ocorre em meio a um pH ácido. Essa ‘resistência’ possibilita que a mesma seja utilizada para a fabricação de queijos e iogurtes e, graças a esta proteína (além de outros fatores), o leite de vaca é o tipo mais comercialmente difundido.

Também desempenha função emulsificante, sendo responsável pela consistência característicados iogurtes, queijos e outros derivados.

Tal proteína pode ser utilizada até mesmo em produtos farmacêuticos, assim como em materiais inusitados, a exemplo das colas e outros materiais adesivos. A partir da caseína, é fabricado um plástico especial denominado galatite.

Em geral, a caseína só faz mal àquelas pessoas que desenvolvem alergia à mesma. Para quem não possui alergia, ela se comporta como uma proteína de alto valor nutricional. À propósito, esta proteína também não engorda.

Vantagens do Leite de Cabra

O Leite de Cabra Ajuda na Imunidade
O Leite de Cabra Ajuda na Imunidade

O leite de cabra possui maior concentração de proteínas de Cálcio, em comparação ao leite de vaca; no entanto, também possui maior concentração de gorduras. Estas gorduras curiosamente estão distribuídas em partículas menores, dessa forma, possuem digestão mais fácil.

Os triglicerídeos e ácidos graxos presentes no leite de cabra auxiliam na hidratação da pele, quesito no qual o ácido lático também contribui. O leite de cabra também é rico em vitamina A.

Este leite possui grande importância no aumento da imunidade, pois é rico em Selênio. Também é capaz de prevenir doenças cardíacas devido à maior concentração de ácidos graxos do que o leite de vaca.

APLV X Intolerância à Lactose

Estabelecer a diferença entre esses dois conceitos é de fundamental importância. Enquanto que a APLV é uma reação do sistema imunológico a algumas das proteínas presentes no leite de vaca, sendo a principal delas a caseína, mas também envolvendo proteínas como a beta-lactoglobulina e a alga lactoglobulina; a intolerância à lactose, por sua vez, é resultado da má digestão do açúcar presente no leite, ou seja, a lactose.

Dessa forma, resumidamente, um quadro está ligado à reação às proteínas e outro está relacionado à reação ao carboidrato.

Pode Dar Leite de Cabra para APLV ?

Ok. Este tópico é polêmico. Algumas publicações podem sugerir o uso de leite de cabra como substituto, mas o mesmo não é indicado, principalmente para crianças. A sugestão é procurar a opinião do nutricionista e pediatra. Mas, de forma resumida, as razões da ‘proibição’ são bem simples: mesmo não possuindo todas as proteínas do leite de vaca, as proteínas do leite de cabra são, de certa forma, semelhantes a elas. A probabilidade de ocorrer uma reatividade cruzada é de 92%.

No caso, a sugestão mais segura é sem dúvidas o leite vegetal.

Sugestões de Leites Vegetais

Antes de comprar um leite vegetal, é importante certificar-se que o mesmo contenha, no mínimo, 120 miligramas de Cálcio por 100 ml. Convém lembrar que o leite de vaca é naturalmente rico em Cálcio, enquanto que os leites vegetais (com exceção do leite de gergelim) possuem concentração menor deste mineral. No entanto, leites industrializados costumam ser submetidos a um processo de adição de Cálcio.

No leite animal, também está presente a vitamina B12. Neste caso, se houver diminuição desta vitamina, convém recorrer à suplementação.

Mesmo o leite vegetal sendo o mais indicado no caso de algumas intolerâncias específicas, é importante ter em mente que este tipo também pode causar certas alergias. Esses quadros podem ser causados pela presença de nozes, soja e glúten.

Conheça os Leites Vegetais
Conheça os Leites Vegetais

Entre as opções/sugestões de leites vegetais estão o leite de aveia, leite de coco, leite de amêndoas, leite de arroz, leite de castanha de caju, leite de quinoa, leite de gergelim, leite de macadâmia, e até mesmo o leite de semente de melão. Este último, em particular, atua como poderoso antioxidante e, desta forma, pode até mesmo atuar na prevenção do câncer.

Em relação ao leite de macadâmia, este possui metade da gordura presente no leite de vaca, bem como 1/3 das calorias do mesmo. No entanto, é pobre em proteínas. Este tipo de leite é o mais indicado para pessoas diabéticos, hipertensos ou com maior risco para desenvolverem doenças cardíacas.

O leite de soja talvez seja o tipo mais famoso. Possui uma textura ligeiramente cremosa. É fabricado a partir de uma proteína da soja isolada ou a apartir da própria soja. Sua relativa ‘cremosidade’ pode ser decorrente da presença de óleos vegetais e espessantes em sua composição. Este leite apresenta concentração de proteínas semelhante ao leite de vaca, contudo, apresenta quase metade da quantidade de carboidratos e gorduras.

O leite de arroz é o leite que contém maior concentração de carboidratos entre os tipos citados. Já no caso do leite de aveia, a quantidade de calorias é bastante semelhante ao leite de vaca.

*

E você ? Possui alguma alergia alimentar ou simplesmente gostar de fazer certas substituições na dieta ?

Deixe o seu comentário e opinião sobre o assunto no espaço abaixo.. Seu feedback é sempre importante.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Alegia à Proteína do Leite de Vaca. Dúvidas Frequentes. Disponível em: < https://www.alergiaaoleitedevaca.com.br/duvidas-frequentes#>;

BemStar. Saiba sobre os diferentes tipos de leite, suas vantagens e desvantagens. Disponível em: < https://bemstar.globo.com/index.php?modulo=dicas_mat&url_id=205>;

Cursos CPT. Quais são os benefícios do leite de cabra para a saúde ? Disponível em: < https://www.cpt.com.br/cursos-laticinios/artigos/quais-sao-os-beneficios-do-leite-de-cabra-para-a-saude>;

ECycle. Do leite de gergelim ao leite de quinoa, confira alternativas saborosas e saudáveis para aderir ao leite vegetal. Disponível em: < https://www.ecycle.com.br/leite-vegetal/>;

Minuto Saudável. Caseína: faz mal ? Veja o que é e quais alimentos contêm. Disponível em: < https://minutosaudavel.com.br/caseina/>;

Veja também

Cordeiro é o Filhote da Ovelha

Qual a Diferença Entre o Cordeiro e o Carneiro ?

Cordeiro é a denominação dada ao filhote da ovelha com o carneiro (independentemente do sexo), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *