Home / Animais / Orangotangos Morrem por Causa da Nutella: É Verdade?

Orangotangos Morrem por Causa da Nutella: É Verdade?

Você provavelmente já deve ter ouvido por aí que a Nutella (aquele creme de avelã delicioso) pode ser responsável pela morte de animais como o orangotango. Mas será que isso é verdade ou apenas um mito que acabou se popularizando pela internet? É  isso que iremos tratar nesse artigo. Confira!

Quem não conhece a Nutella? Quase todo mundo já provou deste creme de avelã saboroso e que faz muito sucesso entre pessoas de todas as idades. Além de ser comido puro, ele pode ser usado em diversas receitas ou ser ingerido com pães, bolos ou torradas. Foi inventado ainda no século XIX, na Itália, quando o Mar Mediterrâneo foi bloqueado e o chocolate ficou cada vez mais escasso.

Nutella e Morte de Orangotangos: Qual a Relação?

Assim, foi necessário que o chocolate fosse misturado com a avelã para render e abastecer o mercado. É essa a história de um dos produtos mais queridinho mundo! Mesmo sendo tão procurado, a Nutella é um produto bem calórico e uma colher de sopa pode ter até 200 calorias.

Mas o que poucas pessoas sabem é que a produção do doce estaria sendo responsável pela destruição e morte de animais em ilhas de Sumatra e Bornéu. São exatamente essas áreas que constituem  o principal habitat natural dos orangotangos.

Isso acontece porque além das avelãs e do cacau, a Nutella também   tem em sua composição o  óleo de palma. Com a extração desse óleo, a flora e a fauna da área explorada têm sofrido danos irreversíveis

Óleo de Palma

A matéria prima é utilizada para deixar a Nutella mais cremosa sem alterar o seu sabor. Como o seu processo de extração possui custos relativamente baixos, o óleo de palma é bastante utilizado para esses fins.

O maior problema é que a extração do óleo de palma acontece nas ilhas de Sumatra e Bornéu, principal habitat dos orangotangos. Os produtores do óleo acabam devastando áreas enormes de vegetação nativa para que as plantações das palmeiras possam ser realizadas.

O resultado disso é que mais de dois milhões de hectares de florestas foram queimadas. Com as queimadas centenas de orangotangos acabaram morrendo junto com a vegetação. Além disso, alguns dos animais acabam ficando doente e mutilados pela ação do fogo.

Para ter uma ideia da proporção da tragédia para a espécie, nos mais de vinte anos de exploração da área mais de 50 mil orangotangos morreram com a queima das florestas nas ilhas de  Sumatra e Bornéu. Outros animais menores e que vivem na região também sofrem com a exploração do óleo de palma. A estimativa é que ate o ano de 2033, os orangotangos estejam completamente extintos em função da destruição do seu habitat.

O Outro Lado da Polêmica

A empresa Ferrero que é responsável pela produção da Nutella destacou que trabalha adotando cuidados para garantir a proteção ambiental. A Ministra da Ecologia na França chegou a fazer um pronunciamento orientando a população a parar de consumir o produto alegando que ele causa terríveis problemas ambientais.

Além da exploração na Malásia, a empresa também importa o óleo de palma do Papua-Nova Guiné e também do Brasil.

Óleo de Palma e Nutella

Outras polemica também envolve o óleo de palma. A EFSA – Autoridade Europeia de Segurança Alimentar informou que óleo de palma apresenta um componente cancerígeno quando é refinado. Assim, ao entrar em contato com uma temperatura de 200º C, o óleo pode se transformar em uma substância que causa câncer.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) e a Organização das Nações Unidas também destacaram as mesmas informações, porém não recomendam a suspensão do produto, já que novos estudos estão sendo realizados para comprovar os riscos do produto para  saúde dos seres humanos.

Após a polêmica , algumas empresas suspenderam o uso do óleo de palma em seus produtos alimentícios.

Sobre os Orangotangos

Os orangotangos são animais que pertencem ao grupo dos primatas e possuem muitas características em comum com os seres humanos. Confira a sua classificação:

  • Domínio: Eukaryota
  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Mammalia
  • Infraclasse: Placentalia
  • Ordem: Primates
  • Subordem: Haplorrhini
  • Infraordem: Simiiformes
  • Parvordem: Catarrhini
  • Superfamília: Hominoidea
  • Família: Hominidae
  • Subfamília: Ponginae
  • Gênero: Pongo

Possuem pelos acastanhados, avermelhados e bochechas grandes. Uma característica que os diferenciam de outros tipos de macacos é a ausência da cauda. Eles são os segundos na lista de maiores primatas e costumam habitar as ilhas na Indonésia.

Possuem hábitos diurnos e dificilmente descem das árvores, já que podem ser atacados pelos predadores, como os tigres. Costumam viver em bandos, mas os machos só costumam se integrar ao grupo na época da reprodução. As fêmeas são as líderes do bando e protegem com muito cuidado os seus filhotes.

A alimentação do orangotango é constituída de folhas, flores, frutas, sementes, além de algumas aves. Toda a comida obtida é dividida pelos membros do grupo e a alimentação dos filhotes é priorizada.

Orangotangos Características

A gestação do orangotango dura de 220 a 275 dias e apenas um filhote nasce por vez. Durante os meses iniciais, o pequeno macaco permanece pendurado nos pelos da mamãe orangotango. Ao chegar por volta de 12 anos os indivíduos se tornam adultos e estão preparados para a reprodução.

Uma das habilidades mais impressionantes do orangotango é a possibilidade de usar ferramentas. Elas são usadas para auxiliar algumas ações do animal como, por exemplo, a busca por alimentos. Essa característica também é observada no chimpanzé, gorila e no homem.

E você? Já tinha ouvido falar que a produção de Nutella pode ser responsável pela destruição dos orangotangos? Não esqueça de deixar um comentário, ok?

 

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *