Home / Animais / Mico-Leão: Características, Nome Cientifico, Habitat e Fotos

Mico-Leão: Características, Nome Cientifico, Habitat e Fotos

O mico leão é muito comum de ser visto em alguns estados, mas mesmo assim, é um animal que corre risco de extinção. No post de hoje iremos falar um pouco mais sobre ele e todas as suas 4 espécies, falando sobre as características, classificação e nome científico, além do habitat de cada um. Tudo isso com fotos! Continue lendo para saber tudo sobre esses pequenos animais.

Mico Leão é uma denominação aos macacos do Novo Mundo, que são encontrados aqui no Brasil em diversos estados como Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Podem ser chamados somente de micos também, popularmente. Em maioria, possuem hábitos diurnos e se alimentam de frutas, insetos e alguns outros pequenos animais. Vivem em bandos familiares, de no máximo 8 indivíduos, mas esse número pode variar de espécie para espécie e também de cada habitat.

A principal característica desse animal é sua pelagem sempre abundante e bem brilhante. Em especial a juba que é formada ao redor de sua cabeça. Cada espécie tem uma coloração diferente dessa pelagem.

Classificação e Nome Científico do Mico Leão

  • Reino: Animalia (Animal);
  • Filo: Chordata (Cordados);
  • Classe: Mammalia (Mamíferos);
  • Infraclasse: Placentalia (Com placenta);
  • Ordem: Primates (Primatas);
  • Família: Cebidae;
  • Subfamília: Callitrichinae;
  • Gênero: Leontopithecus;
  • Espécies, nome científico, nome binominal: Leontopithecus caissara, Leontopithecus chrysomelas, Leontopithecus chrysopygus, Leontopithecus rosalia.
Mico Leão Características

Mico Leão Dourado

Nome científico: Leontopithecus rosalia

Provavelmente o mico leão mais conhecido de todos, o mico leão dourado é endêmico no Brasil, e ocorre exclusivamente na Mata Atlântica do nosso país, em especial no estado do Rio de Janeiro. Houveram alguns casos também deles serem encontrados no sul do Espírito Santo, mas em baixa quantidade. Ficam principalmente nas reservas Biológica Poço das Antas e na Reserva Biológica União. Seu habitat é nos estratos mais altos da floresta, ficando em trechos de floresta secundária basicamente.

Esse é um dos maiores mico leões, podendo chegar a pesar 800 gramas. Não apresentam um dimorfismo sexual acentuado. Sua pelagem, como o próprio nome já diz, varia de um tom dourado até o alaranjado, e a juba é extremamente característica dessa espécie. Não possui unhas, e sim garras, sendo a do terceiro dedo da mão muito maior, já que é usado para procurar e atacar presas. Possuem hábitos diurnos, e são mais ativos durante as primeiras horas do dia.

É a espécie de mico leão que mais se tem informação sobre. Andam em bandos de no máximo 8 indivíduos, organizados sempre em grupos familiares. São onívoros, e se alimentam de frutas, insetos e alguns vertebrados pequenos. Infelizmente é uma espécie que está em risco de extinção de acordo com a lista da IUCN e da ICMBio. Atualmente, existem 3.200 indivíduos que estão em liberdade, e as populações que se encontram em cativeiro são numerosas e estáveis. Um fato interessante também é que o mico leão dourado é a bandeira da Mata Atlântica.

Mico Leão de Cara Dourada

Nome científico: Leontopithecus chrysomelas

O mico leão de cara dourada é endêmico no Brasil, ocorrendo principalmente no sul da Bahia e no extremo nordeste do estado de Minas Gerais. No total, esse animal ocupa uma área de mais ou menos 20 mil quilômetros quadrados. Somente existe uma única unidade de conservação, que é a Reserva Biológica de Una, que cuida desses animais. Um fato interessante sobre esse mico leão, é que ele foi a primeira espécie a se diversificar, por isso é o táxon basal de todo o seu gênero Leontopithecus.

Leontopithecus Chrysomelas

Em relação a sua pelagem, o rosto todo é de cor negra, e somente os pelos da face, mãos e a ponta da cauda que são da cor dourada, por isso recebeu esse nome. Assim como outras espécies de mico leão, os de cara dourada também se alimentam de insetos e frutas, e às vezes podem se associar ao sagui de wied para buscar alimentos. Infelizmente, o mico leão de cara dourada está em risco de extinção, em especial pela sua distribuição ser restrita. Ainda assim, entre as quatro espécies, é a que menos corre perigo por ter uma população maior na natureza.

Mico Leão Preto

Nome científico: Leontopithecus chrysopygus

Esse é um macaco chamado do Novo Mundo, e ocorre aqui no Brasil, no estado de São Paulo. Antigamente, essa espécie ocorria por toda a extensão do rio Tietê e do rio Paranapanema, que ficam em áreas com a floresta estacional semidecidual. Entretanto, nos disa de hoje ele só se encontra em noves locais de São Paulo, sendo o principal no Parque Estadual Morro do Diabo, que fica localizado no extremo oeste paulista. Lá, é o único lugar que possui uma população significativa há um bom tempo.

Como o próprio nome diz, esse mico leão possui uma pelagem densa e brilhante de cor preta. Somente na parte inferior do corpo, que possui uma coloração diferente, sendo de um marrom meio esverdeado. No rosto, mãos e pés, não há pelos nessa espécie de mico leão, e elas possuem um tom de pele cinza escuro. O tamanho desse mico, é de pequeno porte, medindo entre 20 e 34 centímetros de comprimento, junto com a cauda (que não é preênsil) que pode medir entre 31 e 40 centímetros. O seu peso também é leve, entre 300 e 700 gramas no máximo. Suas unhas possuem um formato de foice, exceto o maior dedo que tem a unha reta, para conseguir conseguir se agarrarem nas árvores.

Mico Leão de Cara Preta

Nome científico: Leontopithecus caissara

Esse é um mico-leão completamente brasileiro, que é endêmico na região da nossa Mata Atlântica. Sua descoberta data o ano de 1990 na Ilha de Superagui, que fica no estado do Paraná no sul do país. Entretanto, foram encontrados também no litoral sul do estado de São Paulo. Ainda não se sabe exatamente quantos existem dessa espécie, mas estima-se que existam somente 300. É por esse motivo, que não se sabe muito sobre a sua vida, nem sobre seus hábitos, apenas que correm um grave risco de extinção por essa baixa quantidade. Não existe nenhum exemplar desse mico leão em cativeiro.

Leontopithecus Caissara

Sua pelagem é brilhante, a juba de coloração negra, assim como seu rosto, membros e a ponta da cauda. No resto do corpo, sua pelagem tem uma coloração que vai desde o ruivo até o dourado. Eles se alimentam de insetos e frutas.

Fotos do Mico-Leão

Veja a seguir algumas fotos do mico-leão, em todas as suas espécies no seu habitat.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender e aprender mais sobre as espécies de micro-leão, assim como suas características gerais, nome e classificação científica. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajudá-los. Você pode ler mais sobre mico-leões e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *