Home / Animais / O Que Fazer Quando o Cachorro Avança No Dono?

O Que Fazer Quando o Cachorro Avança No Dono?

Os cachorros são grandes parceiros das pessoas em muitas questões, o que motiva diversas discussões. Assim, cães bravos, que chegam até mesmo a atacar os donos, são vistos de forma bastante surpreendente pela sociedade. Afinal, o cachorro deve ser amigo do seu dono, não uma ameaça. Porém, você sabe o que motiva o animal a atacar até mesmo o dono?

Saberia o que fazer em uma situação como essa? Entenda que agredir o animal não é uma opção, já que isso é completamente errado e, no fim das contas, apenas criaria ainda mais tensão na sua relação com o bicho. Há diferentes razões para explicar um ataque do cão em relação ao dono, e por vezes o suposto ataque nem chega a ser uma ameaça real.

Cães jovens, por exemplo, gostam de morder tudo o que veem pela frente e nem sempre mordem uma parte do corpo do dono com má intenção. Nesse caso, sobretudo, uma resposta muito firme e agressiva do dono apenas faz com que o cachorro passe a ter postura ainda mais rebelde. Veja abaixo o que deve ser feito para acabar com o problema e entenda de uma vez por todas o porquê de um cachorro morder o seu dono.

Cães Jovens Podem Morder o Dono

Cachorros jovens podem morder os seus donos com alguma frequência, mas não o fazem por mal. Nesse caso, na verdade nem se pode chamar de mordida. Na maioria dos casos, o cão apenas “marca” a mão do dono com os dentes, em uma tentativa de conseguir atenção – cachorros jovens, como se sabe, exigem muito carinho.

O cenário é muito mais comum com cachorros filhotes, já que nesse momento da vida todo o objetivo do animal é brincar. Além disso, nessa fase os dentes do cão estão crescendo gradualmente, o que pode ser um problema. O incômodo pelo crescimento dos dentes fará com que o cachorro passe a morder tudo o que encontra, em uma busca desesperada por diminuir esse incômodo – por vezes o cão nem chega a sentir uma dor aguda, mas apenas uma sensação diferente na boca.

Cão Mordendo o Dono
Cão Mordendo o Dono

Nesse tipo de situação, o ideal é trabalhar de forma menos agressiva e mais didática com o cachorro. Mostre o quanto ele está errado em morder, puna o animal e deixa bem claro que aquele comportamento é incorreto. Contudo, não seja duro demais, pois cães menores podem ser mais emocionalmente sensíveis.

Cachorro Agressivo: O Que Pode Ser Feito?

Um cachorro agressivo pode ser um problema enorme para o dia a dia do dono, já que muitos problemas serão gerados a partir do mau comportamento do animal. Dessa maneira, a melhor forma de controlar um cão agressivo é com educação desde os primeiros momentos de vida.

O cachorro deve entender, desde filhote, que há uma hierarquia social na casa e que ele não manda em nada. Logo, avançar sobre o dono ou sobre outros membros da família é errado, o que deve ser indicado ao animal. Quanto mais velho o cão for ficando, porém, mais o reforço deve ser negativo, no sentido de punir o cachorro.

Misture isso a um bom nível de socialização, na tentativa de fazer com que o animal veja o quanto o mundo pode ser maior do que ele próprio. Faça essa socialização em locais neutros, pois cachorros tendem a se sentir mais agressivos quando em seus territórios.

A aproximação com outros cães pode ser uma grande ideia, desde que realizada, como dito, em ambiente neutro. Estabelecer recompensas é outra opção muito viável para mudar o comportamento do animal, principalmente nos primeiros anos de vida. Se motivado, seu cão poderá fazer maravilhas.

Causas da Agressividade em Cães

Há muitas causas para a agressividade em cachorros, já que os animais, em geral, não são agressivos sem motivo. Traumas e problemas passados são os maiores responsáveis por tornar um cão mais violento. De forma específica, o estresse pode ser o catalisador para a postura desobediente e rebelde.

O estresse pode ser gerado pelo sedentarismo ou por falta de atenção, que leva ao tédio. Além disso, o estresse físico pode ser causado por dores pelo corpo que não foram plenamente tratadas pelo dono. Por outro lado, o cachorro também pode se tornar agressivo por problemas de comunicação. No caso, o dono deve interpretar a linguagem corporal do cachorro para saber o que o animal transmite.

Agressividade em Cães
Agressividade em Cães

Pode ser que o cão não esteja em um bom dia, seja por qualquer motivo. Isso estará aparente em sua postura, seu jeito de andar e sua forma de olhar. Cães que olham fixamente para uma pessoa tendem a atacar, por exemplo. Cães que mostram os dentes com frequência também se mostram preparados para realizar uma ofensiva. Portanto, foque nos detalhes e, se o seu cachorro não estiver passando sinais muito positivos, deixe ele um pouco de lado.

O Que Fazer Após Uma Mordida do Seu Cachorro

Uma mordida do seu cachorro em você é algo inesperado, então causa sensações e reações diversas nas pessoas. Assim, é importante manter a calma para não piorar ainda mais a situação. Não bata no cachorro, embora isso seja compreensível como um espasmo.

Trate de puni-lo de forma direta, de uma maneira que ele entenda que a punição se deve à mordida. Outro ponto importante é se afastar do cão logo em seguida à mordida, já que, a princípio, o animal estará bravo e querendo atacar. Trate de lavar muito bem o local da ferida, com água e sabão. Ainda que seu cachorro seja vacinado, a mordida do animal pode conter muitas substâncias nocivas ao corpo humano. Depois que o cão estiver mais calmo, tente investigar a causa da mordida, pois certamente há um motivo para tal.

Uma vez encontrada a causa que explica a mordida do cachorro, trate de resolver o problema e, dessa maneira, controlar o animal. Uma dica final é não tentar métodos complicados ou sofisticados para controlar um cão raivoso, a menos que você seja um profissional no assunto. Cachorros tendem a ser muito agressivos quando emocionalmente alterados, então pode ser perigoso arriscar.

Veja também

Comportamento do Marisco, Hábitos e Modo de Vida do Animal

Por definição, mariscos ou frutos do mar seriam algumas espécies de moluscos ou crustáceos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *