Home / Animais / O que Fazer Quando Dois Cachorros se Estranham: Como Resolver?

O que Fazer Quando Dois Cachorros se Estranham: Como Resolver?

Para que você saiba o que fazer quando dois cachorros se estranham (e como resolver esse problema), em primeiro lugar tenha em mente que eles, assim como os seres humanos, costumam viver sob uma hierarquia de dominantes e dominados, e que geralmente essa briga é por espaço, comida e preferência das fêmeas.

Outra coisa importante a saber é que na maioria das vezes as brigas ocorrem entre fêmeas. Só depois vêm as brigas entre machos. E só por último as brigas entre cães de sexos opostos. – E o mais curioso é que, na maioria das vezes, é a disputa por comida o que causa mais conflitos.

Uma curiosidade sobre a forma de tratar essa situação é que, diferentemente do que se imagina, não é punindo o suposto cão mais forte que resolverá o problema. O que ocorre é que, entre os animais, há um forte sentido de proteção do seu território, que não pode ser alterado apenas com palavras ou ordens de comando.

É preciso deixar que a natureza aja como lhe aprouver, e prefira chamar a atenção do cão aparentemente mais fraco, a fim de que ele acostume-se a não invadir esse espaço.

No mundo animal não haverá nada que se compare entre os humanos, no sentido de subjugação, torturas e maus tratos entre eles, bastará apenas e tão somente que o mais fraco respeite o espaço daquele, para o bem da sua própria sobrevivência.

Portanto, a dica é sempre respeitar esses eventos de brigas (eles estão disputando naturalmente um território), deixando que eles se entendam. Mas caso perceba que a coisa já ultrapassa todos os limites, considere a possibilidade de levar o mais violento para uma consulta com um veterinário, a fim de que lhe administre alguma medicação.

O Melhor que se Pode Fazer Quando dois Cachorros se Estranham

Uma dica para quem deseja resolver esse problema – o de quando dois cachorros se estranham – é, em primeiro lugar, observar os sinais físicos que eles apresentam quando estão próximos de um confronto.

Antes de uma briga é comum que o macho dominante tente demonstrar, por meio de um olhar penetrante, que é ele quem manda no território. Mas observe também mudanças nos aspectos físicos dos animais.

Antes de um confronto eles se desafiarão por meio de rosnados, exposição dos dentes; os corpos de ambos de repente se tornarão rijos, os pelos ficarão arrepiados, a cauda curiosamente para baixo, eles se medirão face a face; tudo isso como uma espécies de preliminares antes do combate.

Cachorros se Estranhando

E a sua missão será manter-se sempre vigilante logo que perceber tais modificações de comportamento, e de imediato tratar de separar os brigões.

Como dissemos, os cães possuem determinadas características biológicas típicas dos animais que convivem em bandos, e que por isso possui um chefe da matilha. Esse tende a ser o macho mais forte, e para que ele não reproduza essa demarcação de território ancestral, é preciso que você logo demonstre ser você o dono da casa.

Outra coisa importante é apresentar o novato antes de levá-lo para casa, pois assim o cão mais antigo já poderá ir se acostumando com um “intruso”. Mas também evite apegar-se de mais a um em detrimento do outro, adquira utensílios separados (brinquedos, comedouros, entre outros) e, acima de tudo, mostre que é você o chefe da “matilha”.

Mas, e se Nada der Certo, o que Fazer Quando os Dois Cachorros se Estranham?

Tratemos, então, da coisa de modo prático. Eis, portanto, abaixo, uma lista com algumas das maneiras mais simples, práticas e eficientes de resolver esse intrincado problema:

  • Em primeiro lugar tente ficar calmo e não demonstrar, angústia, medo ou apreensão. Isso só vai fazer com que os cães fiquem ainda mais excitados, principalmente se são treinados para serem violentos; então cada gesto seu será como o de um incentivo para que continuem o confronto, até que um deles acabe sendo atingido de forma grave, ou até mesmo de modo fatal.
  • Vença a tentação de postar-se no meio de ambos e tentar separar a briga na marra. O máximo que você conseguirá é fazer com que eles desistam um do outro e elejam você como o principal inimigo. Se você conseguir dominar o seu cão, certamente não conseguirá o mesmo resultado caso o outro envolvido seja um estranho.

  • Água é quase sempre uma boa solução. E nesse caso a coisa não é diferente. Esse é um outro fator externo, fora do centro da confusão, que acaba assustando e atraindo-lhes a atenção. Portanto, um balde com água, jatos moderados, a garrafinha de água mineral que tem em mãos, ou outro artifício semelhante, farão com que eles se desgrudem até que possa assumir o controle.
  • Tente chamar a atenção dos animais de uma forma que não seja com gritos e estardalhaços. Se tiver carro, buzine. Se for possível, bata em objetos de metal. O importante aqui é chamar a atenção deles para um fator externo, que não tenha referência com os donos ou com os animais envolvidos na confusão.
  • Utilize algo que possa afastá-los sem que precise chegar muito perto (algo como uma vassoura, o cabo de um outro instrumento, etc). Mas certifique-se de que este não poderá machucá-los. Nada de objetos pontiagudos ou perfurocortantes. A ideia aqui é evitar o contato direto com as suas presas, que certamente estarão prontas para cortar e rasgar tudo o que estiver a menos de 1 metro de distância.
  • Como uma última medida, ao perceber que o outro conseguiu cravar os seus dentes no rival (e não quer mais largar), tente enlaçar as patas traseiras dele (com as mãos ou com uma corda) e tirá-las do chão. Mas faça isso com a máxima destreza, a fim de evitar que ele se volte contra você.
  • E, por fim, não precisa nem dizer que, no caso de ferimentos nos animais, levá-los o mair rapidamente possível ao veterinário mais próximo. E se o lesionado for você, da mesma forma procure um posto de saúde, pois uma mordida de cão pode resultar em transtornos difíceis de serem contornados.

Gostou desse artigo? Deixe a resposta na forma de um comentário. E aguarde as nossas próximas publicações.

Veja também

Dois Golfinhos-De-Commerson

Golfinho-De-Commerson: Características, Nome Científico e Fotos

Os golfinhos são conhecidos por serem animais amigáveis, belos e brincalhões. Neste artigo, conheça as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *