Home / Animais / O Que é Espirro Reverso em Cães? Como Ajudar o Animal?

O Que é Espirro Reverso em Cães? Como Ajudar o Animal?

Os espirros são comuns tanto em seres humanos quanto em animais. Eles acontecem quando o ar que se encontra nos pulmões é liberado pelo nariz e pela boca. Consiste em um mecanismo muito importante de defesa dos seres vivos pois possibilita que corpos estranhos sejam eliminados do organismo. Mas você já ouviu falar em espirro reverso? Ele acontece com frequência nos cães e podem causar muitos transtornos.

Nesse artigo vamos falar um pouco sobre o espirro reverso em cachorros e as melhores formas de ajudar o seu amigo a enfrentar essa situação. Vamos acompanhar?

O Que é Espirro Reverso?

Esse tipo de espirro acontece quando o animal está inspirando. Assim, ao puxar o ar para o corpo, o cão passa por um movimento involuntário que faz com que aconteça um espirro “ao contrário”. O ar acaba penetrando na região nasal e proporciona que o animal emita um som parece um ronco.

A reação do animal se assemelha a um engasgo e costuma causar muita aflição para os tutores. Essa situação é mais frequente em cachorros que possuem focinho mais achatado e também em filhotes de raças de porte pequeno.

Como Identificar Um Espirro Reverso?

A primeira impressão que você tem ao se deparar com um cão com crise de espirro reverso é imaginar ele que está sofrendo com asfixia. Outra possibilidade é achar que o animal está passando por algum problema na traqueia e encontra-se com dificuldades para respirar.

O animal costuma ficar parado, com olhos em alerta ou fechados, além do pescoço duro e esticado. É possível notar uma dificuldade para a respiração e os cães emitem um som que se assemelha a um chiado.

Essa situação pode durar alguns minutos e não interfere diretamente na respiração do seu bichinho. Mas o que pode ocasionar esses episódios de espirro reverso?

O Que Causa o Espirro Reverso?

O espirro reverso pode acontecer sem causa aparente ou ser proporcionado por alguns fatores como, por exemplo, o contato com produtos de cheiros fortes, alergias,  irritações e até mesmo a presença de animais parasitas.

Assim, o mecanismo do espirro reverso funciona para expelir corpos estranhos com ácaros, poeira e demais incômodos que possam aparecer na garganta.

Com a ajuda de um veterinário é possível identificar se o seu cãozinho está tendo uma crise de espirro reverso. Para que você possa também saber identificar quando o seu pet passa por essa situação, procure entender que após a crise o cão costuma voltar para as suas atividades normais, enquanto outros problemas de saúde costumam apresentar mais constância nos sintomas.

Fique atento para a quantidade de vezes que o seu cachorro apresenta o espirro reverso. Uma frequência muito intensa pode indicar que o pet está passando por algum outro tipo de problema que deve ser investigado por meio de exames e análise do veterinário. Observe se após o espirro reverso o cão apresenta também outros sintomas como desmaios e sensação de cansaço extremo.

Como Agir em Caso de Espirro Reverso?

A ação mais indicada em caso de espirro reverso em cachorro é fazer uma massagem para tentar acalmar as contrações. Você pode tapar cuidadosamente as narinas do animal para que ele possa ser forçado a engolir saliva e, desta forma, melhorar da crise.

Lembre-se que em casos muito frequentes de espirro reverso você deve procurar investigar a situação com o auxílio de um especialista. Caso o episódio dure apenas alguns minutos o ideal é manter a calma e esperar a crise passar.

Observe e tente identificar o que está causando o espirro reverso no seu pet. Pode ser o excesso de produtos de limpeza, algum perfume, ou produtos químicos utilizados nas áreas que eles passeiam. Fique atento para a limpeza dos ambientes, pois a condição pode ser provocada por alergia, ácaros e poeira.

A diferença básica entre o espirro e outras complicações na traqueia pode também se identificada pela posição que o cão se encontra durante a crise. No espirro reverso, eles permanecem estáticos, imóveis e com o pescoço bem duro. Já em outras enfermidades é comum que o animal fique em outra posição, como por exemplo, deitado.

Outros Cuidados com os Cães

Confira alguns cuidados que você deve ter ao perceber que o seu cãozinho está sofrendo com espirro reverso:

  • Olho aberto para sintomas como desmaios, vômitos, secreções e demais alterações no comportamento dos cachorros. Fique sempre atento para os sinais que o seu cãozinho manifesta. Uma crise de espirro reverso não demora mais que alguns minutos.
  • Um cuidado que nunca deve ser deixado de lado é a preocupação com a atualização das vacinas do seu cão. Marque uma consulta com o veterinário e analise se existem vacinas que ainda não foram aplicadas no animal.
  • Não se desespere! Acompanhar uma crise não é nada fácil, afinal, a impressão que temos é que o cachorro está morrendo sem ar ou que se encontra engasgado. Mantenha a calma e espere a crise passar. Muitos donos acabam confundindo a tosse do espirro reverso com uma asfixia. Lembre-se que ao passar por uma crise, os pets permanecem imóveis e com olhos imóveis ou arregalados.

Agora que você conheceu essas dicas, já pode identificar quando o seu pet enfrenta uma crise de espirro reverso. Você já tinha ouvido falar nessa situação? O seu cachorrinho já apresentou alguma crise desse tipo? O que você fez para acalmá-lo nesse momento de tensão? Conta para a gente nos comentários e não deixe de compartilhar essas informações com os seus amigos que também amam os cães. Até a próxima!

Veja também

Anêmona: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

A anêmona do mar faz parte do filo cnidaria, como as águas vivas, e é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *