Home / Animais / Mosca Doméstica Pequena: Curiosidades, o que Atrai e Imagens

Mosca Doméstica Pequena: Curiosidades, o que Atrai e Imagens

A mosca doméstica (Musca domestica) é uma mosca pertencente ao grupo Cyclorrhapha. Acredita-se que tenha evoluído na Era Cenozoica, possivelmente no Oriente Médio, e se espalhado por todo o mundo como uma espécie associada aos seres humanos. É o mais comum tipo de insetos encontrado nas casas.

Na fase adulta, esses insetos normalmente vivem entre duas e quatro semanas. Um fato curioso sobre as moscas é que elas têm o hábito de hibernar durante o inverno. Quando estão desenvolvidas, costumam se alimentar de uma infinidade de substâncias líquidas ou semilíquidas, além de materiais sólidos que ficaram amolecidos com o passar do tempo.

As moscas podem carregar bactérias e germes em seu corpo e, principalmente, em suas fezes. Isso significa que elas podem contaminar alimentos e contribuir para a transmissão de doenças nos seres humanos. Além disso, esses insetos podem ser muito irritantes, especialmente quando estão em grande número. É por isso que, popularmente, as moscas são consideradas pragas.

Mosca Doméstica
Mosca Doméstica

Multiplicação da Espécie

A mosca doméstica costuma se acasalar apenas uma vez. Logo depois, ela armazena o seu esperma para uso posterior. Esse inseto põe lotes de aproximadamente 100 ovos em locais de matéria orgânica em decomposição (carniça, resíduos alimentares, fezes entre outros). Esses ovos logo eclodem e se transformam em pequenas larvas brancas sem pernas. Após um período de 2 a 5 dias, essas larvas sofrem uma metamorfose e viram insetos marrom-avermelhados, com cerca de oito mm de comprimento.

Influência Literária

As moscas aparecem na literatura a partir dos tempos da Grécia Antiga com o inventor das fábulas, Esopo. Os autores às vezes escolhem a mosca para falar sobre como a vida é curta. Um exemplo disso é o poema de William Blake, “The Fly”, de 1794, que trata das possíveis circunstâncias incontroláveis que podem levar alguém à morte.

Descrição Física

Normalmente, as moscas domésticas adultas medem de 6 a 7 mm de comprimento e possuem uma envergadura que vai de 13 a 15 mm. Elas têm três olhos simples e um par de antenas curtas. O tamanho das fêmeas costuma apresentar mais variações em relação ao dos machos. As asas das delas são maiores que as dos machos, entretanto, suas pernas são mais curtas que as deles.

As moscas apresentam uma forte convexidade na cabeça, que é plana e possui um ligeiro formato cônico na parte de trás. No rosto do macho, o par de grandes olhos compostos quase se toca, mas nas fêmeas eles são bem mais afastados.

Anatomia da Mosca Doméstica
Anatomia da Mosca Doméstica

As peças bucais são especialmente adaptadas para uma dieta líquida. A boca de uma mosca tem uma estrutura parecida com uma esponja, caracterizada por muitos sulcos, chamados pseudotraquéias, que sugam fluidos por ação capilar. A boca também é usada para distribuir saliva para amaciar alimentos sólidos ou coletar partículas soltas de comida.

No final de cada perna, há um par de garras, e abaixo delas há duas almofadas adesivas que permitem que a mosca suba paredes e tetos lisos sem dificuldades. As garras ajudam a mosca a soltar o pé antes de cada passo. Esses insetos caminham com a mesma facilidade em superfícies horizontais e verticais, o que torna ainda mais difícil a tarefa de se livrar deles.

O tórax das moscas possui um tom que varia entre o acinzentado e o preto, com quatro faixas escuras de largura uniforme na superfície dorsal. Todo o corpo delas é coberto com pelos curtos. As moscas domésticas têm apenas um par de asas e aquilo que deveria ser o par traseiro é reduzido a pequenos halteres que auxiliam na estabilidade do voo. Os olhos desses insetos são vermelhos sendo que os das fêmeas são um pouco mais afastados que os olhos dos machos.

Moscas costumam pousar no teto voando diretamente na direção dele. Pouco antes do pouso, elas fazem um meio giro e direcionam as suas seis pernas para a superfície. Isso faz com que elas absorvam o choque com as duas pernas dianteiras e depois grudem as outras quatro no teto.

Paladar Peculiar

Mosca Doméstica no Alimento
Mosca Doméstica no Alimento

As moscas domésticas têm quimiorreceptores no tarso das pernas, para que possam identificar alimentos como açúcar enquanto caminham sobre eles. Muitas vezes, as moscas são vistas limpando as pernas, esfregando-as, permitindo que os quimiorreceptores tenham um novo sabor, seja lá o que for que eles estejam analisando.

As asas das moscas são translúcidas com um tom amarelado na base. Cada asa tem um lóbulo na parte de trás chamado de calibrador. O abdômen possui um tom cinza ou amarelado, com faixas e marcas escuras irregulares na lateral. Esses insetos possuem 10 segmentos com espiráculos (orifícios) para respiração. Nos machos, o nono segmento possui um par de cláspers (órgãos alongados) para o acasalamento e o décimo possui cercos anais em ambos os sexos.

Reflexos Rápidos

As moscas conseguem processar informações visuais sete vezes mais rápido que os seres humanos. Isso lhes ajuda a perceber e evitar tentativas de golpeá-las ou captura-las. Essa habilidade das moscas faz com que elas vejam os movimentos do ser humano em câmera lenta, o que facilita o seu trabalho de fuga.

Olho da Mosca Doméstica
Olho da Mosca Doméstica

Locais de Habitação

Provavelmente, a mosca doméstica é o inseto mais distribuído do planeta. Ela está amplamente ligada aos seres humanos e sempre os acompanhou ao longo de sua trajetória no mundo. Esse inseto está presente no Oceano Ártico e também nos trópicos, local onde é abundante. As moscas são marcas registradas em todas as partes habitadas da Ásia, da Europa, da Austrália, da África e das Américas.

Homem x Mosca

As moscas representam um forte incômodo, pois perturbam as pessoas no lazer e no trabalho. Além disso, elas são detestadas principalmente por causa de seu hábito de contaminar alimentos com suas fezes. Outra coisa que elas fazem é amolecer alguns alimentos com sua própria saliva para que consigam comer. Tudo isso representa um risco à saúde humana. No entanto, as larvas das moscas são tão nutritivas quanto à farinha de peixe e podem ser utilizadas para transformar resíduos em alimentos para os peixes.

Espantando Mosca
Espantando Mosca

Influência Artística

As moscas têm sido usadas como símbolos artísticos em muitas culturas. Nas pinturas vanitas europeias (artes de natureza sombria) dos séculos XVI e XVII, esse inseto era usado como um elemento para representar a morte. Eles também foram muito representados em outros tipos de arte, como a pintura flamenga. No Antigo Egito, as pessoas usarem amuletos com formato de mosca era algo comum.

Veja também

Ficha Técnica do Bull Terrier: Peso, Altura e Tamanho

O Bull Terrier é um cão único, graças à sua cabeça “ovo”. Alegre, fidedigno, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *