Home / Animais / Meu Cachorro Avança nas Pessoas na Rua: E Agora?

Meu Cachorro Avança nas Pessoas na Rua: E Agora?

Os cães são sem dúvida os animais de estimação mais amados e estimados em todo o mundo. Seu senso de lealdade e companheirismo com certeza são decisivos para que ocupe tal posição. Atualmente, existem diversas raças, desde aquelas com pequeno porte (ideais para criação em apartamentos e espaços pequenos) até as raças com cães maiores.

Em termos de comportamento, os cães podem apresentar maior predisposição para o lado calmo ou para o lado agressivo. No entanto, é importante não confundir agressividade com reatividade. Quando um cão manifesta um comportamento diferenciado ao ser submetido a estímulos como presença de desconhecidos, outros cães, carros, motos ou bicicletas em movimento- ele está sendo reativo.

Este comportamento reativo é que justifica o fato dos cães avançarem em pessoas na rua.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre esta e outras características comportamentais desses animais.

Então venha conosco e boa leitura.

Comportamentos Caninos: Movimento da Cauda

Ok. O artigo é sobre o comportamento específico dos cães de avançar nas pessoas na rua, porém, além dessa informação, você terá um amplo acervo sobre vários padrões comportamentais caninos. Acervo este que poderá ser bastante útil caso queira entender melhor o seu bichinho de estimação.

Dentro dos fatores comportamentais, a movimentação da cauda pode revelar bastante sobre o estado emocional. Por exemplo, se o cão balança o rabo mais para a direita, ele está feliz e satisfeito com a pessoa ao seu lado. Caso o cão balance o rabo mais para a esquerda, provavelmente ele está ansioso, estressado ou preocupado. Logo, é um mito acreditar que todas as vezes nas quais o cão balança o rabo, ele está feliz.

Comportamentos Caninos Movimento da Cauda

Comportamentos Caninos: Sinais de Depressão em Cães

Se a depressão nos seus períodos iniciais é de difícil detecção em humanos, nos cães, identifica-la pode ser ainda mais desafiador. No entanto, existem alguns comportamentos pontuais que podem auxiliar neste processo.

Caso o cãozinho caminhe de forma repetitiva em determinada área, ou passe a mover-se em círculos em um espaço específico (como por exemplo, na porta de casa- como se quisesse passear), este pode ser um sinal de alerta inicial.

Alterações no sono, letargia e apatia também são características importantes, assim como a mudança nos padrões alimentares (no caso, o pet passa a comer menos ou para de comer).

Por vezes, o cachorro pode manifestar um comportamento destrutivo. Este comportamento é descrito pelo ato de danificar os objetos da casa e deixar de obedecer aos comandos do seu dono.

Lamber as patas é um comportamento bastante frequente e natural aos gatos. Porém, quando este comportamento está presente nos cães, pode ser um sinal de alerta. Recomenda-se, portanto, examinar as extremidades dos cães para procurar por lesões.

Meu Cachorro Avança nas Pessoas na Rua: E Agora?

A reatividade na presença de estímulos externos pode revelar certo grau de insegurança dos cães, uma vez que seu cérebro pode interpretar que estejam diante de situações desafiadoras.

O ato de avançar, nada mais é do que o primeiro estágio desta reatividade. De acordo com o cão, esta é a única forma de ‘resolver’ o problema. Quando o cão avança é necessário que haja intervenção de seu dono, de modo a discipliná-lo para que não haja de tal maneira.

Também existem outras formas do cão reagir aos estímulos, ao todo são 4 estágios. O segundo estágio de reatividade é o da fuga.

No terceiro estágio, o cão começa a evitar a situação, gerando se virando de costas ou evitando contato visual. Tal postura pode ser desconstruída através de treinos e adestramento.

No quarto e último estágio de reatividade, há a rendição. Neste estágio, ao ser exposto a uma situação que antes gerava raiva e atitudes explosivas; o cão apresenta-se calmo e tranquilo.

Cães inseguros precisam de donos ou ‘líderes’ firmes, de modo que se sintam seguros e possam reagir de forma mais harmônica a situações antes consideradas adversas.

Também é importante revisar o grau de permissividade dos cães em relação aos donos- o qual possui relação direta com regras, limites e consequências. Em alguns casos, dizer “não” pode não ser suficiente, demandando uso da guia coleira para reforçar a mensagem.

O papel do dono, nestes casos, é tomar a frente e controlar a situação, intervindo apropriadamente.

Outros Comportamentos Caninos que Merecem Atenção

Quando os cães estão com o rabo posicionado entre as patas traseiras, provavelmente, devem estar se sentindo assustados, assim como podem estar com algum nível de estresse ou ansiedade. Tal comportamento pode se manifestar quando o cão está em um ambiente desconhecido com pessoas ou animais que não conhece. Neste caso, é importante que ao se aproximar do cachorro, a pessoa seja cuidadosa e demonstre calma. Aproximar-se do cão nervoso ou agitado, poderá piorar a situação cada vez mais.

Quando o cachorro deita de barriga para cima, no geral, está demonstrando conforto e relaxamento na presença do seu dono. Todavia, tal comportamento também pode demonstrar medo ou alguma fobia específica (caso o cão fique movendo as costas de forma contínua); assim como pode demonstrar que o cão não quer ser tocado, pois assustado. Caberá ao dono, portanto, avaliar o contexto do comportamento.

Ao observar um cão agachado com orelhas e rabo voltados para baixo, é possível presumir que o mesmo está adotando uma estratégia para evitar certa situação. Quando o cão se sente ameaçado, ao ser olhado fixamente por algum humano, também pode reagir desta forma.

O grunido do cachorro demonstra impaciência/ intolerância com determinada situação. Também podem grunir ao sentirem necessidade de proteger seu território.

Se o cachorro ficar lambendo os lábios, pode ter certeza de que o mesmo está interessado em algum prato de comida próximo a ele. Esse comportamento é bastante caricato e até mesmo representado nos desenhos animados. Toavia, também pode indicar estresse, nervosismo ou medo; especialmente, se estiver acompanhado de outros sintomas, tais como respiração ofegante e rabo entre as patas.

Agora que você já conhece algumas significativas características comportamentais dos cães; nossa equipe o convida a visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Incrível. 7 comportamentos caninos em que você deve prestar atenção. Disponível em: <https://incrivel.club/admiracao-animais/7-comportamentos-em-que-voce-deve-prestar-atencao-660910/>;

PETERSON, R. Educação Canina. Por que alguns cães avançam e atacam pessoas ou outros cães? Disponível em: <https://www.educacaocanina.org/artigos/2016/10/17/cachorro-reativo>.

Veja também

Animais que Começam com a Letra O: Nome e Características

Em linhas gerais, os animais são classificados como seres vivos multicelulares, eucariontes e com padrão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *