Home / Animais / Marreco Rouen: Características, Habitat e Nome Científico

Marreco Rouen: Características, Habitat e Nome Científico

Os marrecos são animais que surgiram no Hemisfério Norte e ainda se mostram mais populares por lá, mas é inegável o quanto a ave já se popularizou na América do Sul. Dessa forma, encontrar marrecos no Brasil é algo bastante comum nas partes mais afastadas dos grandes centros, onde animais desse tipo são criados em larga escala.

Isso acontece com o marreco, em especial, pelo fato de o animal oferecer ganhos muito consideráveis em comparação com os custos de criação. Porém, ainda que você jamais tenha parado para refletir sobre o assunto, os marrecos não são todos iguais. Pelo contrário, os marrecos são muito diferentes entre si e podem ser de diversas espécies únicas.

Esse é o caso do marreco rouen, por exemplo, um tipo cheio de peculiaridades e que possui modo de vida muito diferente daquele visto em outras espécies. Por outro lado, como ainda é um marreco, o rouen também guarda muitos detalhes em sua rotina semelhantes àqueles de outros tipos de aves. Se você possui interesse em descobrir mais sobre o marreco rouen, veja abaixo todas as informações necessárias para aprender sobre o modo de vida de um dos tipos mais comuns de marrecos.

Características Gerais do Marreco Rouen

O marreco rouen pode colocar cerca de 100 ovos a cada ano, o que representa um número bastante considerável. Embora outros marrecos coloquem uma quantidade muito maior, é necessário levar em conta que o rouen costuma ter consistência em sua produção.

Os machos da espécie são de cor cinza, com detalhes em vermelho que fazem com que o animal tenha beleza única. A cabeça possui tons de verde, algo que também gera um contraste interessante em relação ao resto do corpo. Suias patas possuem a cor laranja como predominante, enquanto o colarinho é branco. Já as fêmeas guardam algumas semelhanças, mas têm o corpo amarronzado, bico escuro e manchas pretas pelo corpo.

Características Gerais do Marreco Rouen
Características Gerais do Marreco Rouen

Já os ovos colocados por essas fêmeas costumam ser brancos ou azulados, a depender do tipo de animal. A fêmea não choca os seus ovos e tampouco faz ninhos, o que pode gerar muitos problemas para quem deseja produzir ovos de marreco rouen em larga escala. Felizmente, há uma maneira de contornar isso, como será visto adiante. Em relação aos filhotes, esses podem ser diferenciados por possuírem bicos mais coloridos, com detalhes em outras cores. Além disso, filhotes são muito menores do que os adultos.

Como Chocar Ovo de Marreco Rouen?

A fêmea do marreco rouen não choca os seus ovos e, na verdade, sequer faz um ninho para protegê-los. Dessa maneira, se você quiser produzir filhotes com mais segurança, será necessário ter uma chocadeira. A palavra chocadeira pode indicar tanto uma galinha choca, responsável por chocar os ovos, quanto uma chocadeira elétrica. No caso da chocadeira elétrica, será necessário manter a temperatura em 37 graus Celsius, além de cerca de 55% de umidade.

Ovos de Marreco
Ovos de Marreco

Esse é o ambiente ideal para que o ovo de marreco rouen possa gerar filhotes saudáveis e desenvolvidos corretamente. É muito importante ter a noção exata daquilo que está fazendo ao manusear a chocadeira elétrica, já que qualquer erro pode acabar com os filhotes. Ademais, já no caso de utilizar uma galinha choca, antes de tudo é preciso ter uma.

Caso tenha, saiba que essa é uma maneira também bastante eficiente de chocar os ovos de marreco rouen. Uma galinha choca costuma chocar cerca de 2 ovos do marreco por vez, então pode ser que você precise de 5 a 6 galinhas para fazer todo o trabalho por você. Os ovos, em geral, geram filhotes após algumas semanas de incubação.

Mais Informações Sobre o Marreco Rouen

O marreco rouen se destaca muito pelo fato de ter a cabeça verde e o bico amarelado, o que gera um contraste muito forte e faz com que o animal seja muito belo. O momento ideal de abate do marreco rouen é com cerca de 3 meses, quando o animal já estará mais gordinho e pronto para passar pelo processo.

Antes disso, é preciso oferecer alimentos em larga escala para o seu marreco rouen, pois apenas dessa maneira a ave será capaz de engordar como deve. Em alguns locais do mundo o tempo de abate demora um pouco mais, como é o caso da França. No país europeu, o mais comum é que o marreco rouen fique cerca de 1 ano em cativeiro antes de ser abatido.

Não há grandes diferenças no processo em si, tampouco na forma de criação do marreco ao longo desse período. Assim, muda apenas o tempo que o animal ficará com você. Embora muitos não gostem tanto, o fígado é uma parte muito importante do marreco rouen e deve ser utilizado corretamente. Na França, por exemplo, o fígado do marreco serve para a preparação de pratos extremamente valorizados pelos cidadãos locais.

Necessário Para Criar um Marreco Rouen

Para criar um marreco rouen, é preciso ter algumas coisas em mente e também no cativeiro. Antes de tudo, uma fonte de água grande é indispensável. O animal deverá ser capaz de se locomover com facilidade pelo local, então crie um lago artificial ou, se for o seu caso, aproveite um lago natural já existente.

Outra possibilidade é ter um tanque grande, que acaba por funcionar mais ou menos como um lago artificial. Outro detalhe importante é em relação à alimentação do animal, que deverá comer ração enquanto estiver sendo preparado para o abate. Porém, nunca deixe a ração perto da água, já que o marreco possui o hábito de comer e beber ao mesmo tempo, o que desperdiçará muita comida e, portanto, o seu dinheiro.

É possível ter o marreco rouen junto de galinhas ou outras aves no quintal, todos juntos. Isso porque essa espécie de marreco não costuma ser muito agressiva com outros animais. Mas, caso esse seja seu objetivo, trate de oferecer o espaço necessário para que os animais possam se movimentar com liberdade. Isso porque, ainda que o marreco rouen seja calmo e se dê bem com outras aves, o acúmulo de muitos animais em espaços pequenos tende a gerar conflitos.

Veja também

Quais as Raças Que Deram Origem ao Bulldog Francês?

O Bulldog Francês tem origem do cruzamento entre os cães da raça Terriers Pequenos, e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *