Home / Animais / Macaco Zogue-Zogue: Características, Nome Cientifico e Fotos

Macaco Zogue-Zogue: Características, Nome Cientifico e Fotos

O macaco zogue-zogue é tido como uma espécie relativamente nova, já que foi descoberta recentemente a partir de mudanças de comportamento e diferenciações físicas a partir de outra espécie já existente.

Assim, o macaco zogue-zogue é um ótimo exemplo de como o Brasil pode ser amplo e muito diverso em sua fauna, já que existem espécies que sequer são conhecidas pelos especialistas e frequentemente surgem novos animais tidos como “descobertas”.

Logo, o macaco zogue-zogue foi descoberto pelos especialistas e pesquisadores apenas em 2002, há menos de 20 anos.

Isso faz com que esse macaco seja uma das espécies mais novas do Brasil, que é um país já acostumado e ter muitos exemplos de espécies distintas de macacos e faz parte do grupo de países que mais possuem diversidade de espécies de primatas em seu território.

Embora boa parte desse fator se deva à Floresta Amazônica, o macaco zogue-zogue também sobreviver em alguns locais fora da Amazônia, sendo um exemplo de diversidade.

A Diversidade de Espécies de Macacos no Brasil

Seja em partes da Floresta Amazônica, nas áreas ainda preservadas da Mata Atlântica, em locais do Pantanal Mato-grossense, nas florestas de araucárias na região Sul ou nas Matas de Cocais, o certo é que não faltam locais no Brasil para abrigar e proteger os macacos.

Seja pelo clima favorável em muitos locais ou mesmo pela abundância de florestas densas com árvores altas, a grande verdade é que o Brasil é um local muito propício para a existência de grupos variados de macacos, que podem ser de centenas de espécies diferentes e apresentar hábitos cotidianos também completamente diferente.

No Brasil, embora haja bastante devastação ambiental em muitos locais, sendo o maior exemplo disso a Mata Atlântica na região Sudeste, ainda há milhares de quilômetros quadrados muito propícios para o abrigo de grupos de macacos.

Macaco Parauacu

Assim, de forma mais específica, os macacos se adaptam muito bem a locais de clima muito quente ou até mesmo muito úmido, mas o principal para o desenvolvimento pleno de sociedades complexas de macacos em alguma região é a existência de reservas florestais capazes de receber esses animais.

Dessa maneira, se tornou comum ao longo do tempo que fossem desenvolvidos estudos e pesquisas em relação aos macacos das mais variadas espécies, algo que certamente não acontece com nenhum outro animal no planeta.

Dessa forma, se no mundo as pesquisas envolvendo macacos já são muito comuns e rotineiras, no Brasil isso é ainda mais forte.

Isso porque a cultura nacional brasileira possui muitos detalhes relacionados aos macacos, sendo esse animal bastante presente na vida de muitos moradores do Brasil.

Por esse motivo, aliado aos valores trazidos para a sociedade pelos biólogos e pesquisadores, os estudos envolvendo macacos e todo o seu comportamento já fazem parte do planejamento de qualquer entidade nacional de pesquisa.

Nome Científico e Características do Macaco Zogue-Zogue

O macaco zogue-zogue possui nome científico de Plecturocebus grovesi, embora seja realmente conhecido por macaco zogue-zogue em praticamente qualquer local no qual habite. Contudo, há locais em que o macaco zogue-zogue é chamado também de rabo de fogo.

Assim, o macaco zogue-zogue possui cauda toda preta na maior parte dos casos, com as costas em tom de vermelho e uma pelagem que chama a atenção na sua face.

O macaco zogue-zogue apresenta uma expectativa de vida de 13 anos na natureza, algo que pode crescer muito quando o macaco está em contato com as pessoas sob cativeiro. Isso porque ainda há muitos perigos para macacos no Brasil, mesmo que existam reservas especiais destinadas a receber esses animais.

Macaco Zogue Zogue Características

Ademais, os próprios predadores naturais do macaco zogue-zogue, como onças-pintadas ou onças-pretas, são muitas vezes os responsáveis pela morte desses animais.

Além disso, o macaco zogue-zogue possui alimentação bastante diversificada e pode adotar diferentes padrões de dietas para sobreviver aos locais mais inóspitos. Isso porque o macaco zogue-zogue se alimenta de flores, folhas, sementes e, em alguns casos, até mesmo de insetos vivos ou mortos.

Essa diversificação na parte alimentar faz com que o macaco zogue-zogue seja resistente a diferentes ambientes naturais, que podem oferecer distintos padrões de alimentação para esses animais. Embora o macaco zogue-zogue seja mais comum na Floresta Amazônica, sendo amplamente conhecido na região do Pará, o certo é que essa espécie de macaco está espalhada por diversos locais do Brasil e consegue se adaptar a praticamente qualquer um deles.

Um grande problema para o macaco zogue-zogue, contudo, é a ocorrência do frio ou do tempo seco.

O macaco necessita de temperaturas suaves para sobreviver com qualidade de vida, com algo que não seja muito quente e nem muito frio. Além disso, a oferta de água é essencial para a vida do macaco zogue-zogue, que necessita de abundância de água para ser capaz de executar tudo o que a vida na natureza exige de um primata.

Onde Encontrar o Macaco Zogue-Zogue

O macaco zogue-zogue é, por natureza, um habitante muito comum da Floresta Amazônica. Porém, pela sua capacidade de se adaptar a locais diferentes e de responder de forma satisfatória a mudanças de ambiente, o macaco zogue-zogue também habita outras regiões do Brasil.

O estado do Matro-Grosso, na porção que já não possui Floresta Amazônica, é conhecido por abrigar os macacos dessa espécie. Além disso, em locais da região Sudeste também existe a presença do macaco zogue-zogue, mas sempre de forma dispersa e jamais em grupos exatamente grandes.

Por fim, o estado do Amapá também guarda locais que não possuem partes da Floresta Amazônica em que o macaco zogue-zogue é bastante popular.

As Variações do Macaco Zogue-Zogue

O macaco zogue-zogue costuma ter aspectos claros em sua estrutura física, como o rosto preenchido por muita pelagem e a cor avermelhada em detalhes do seu corpo.

Contudo, nem sempre o macaco zogue-zogue é assim, já que podem existir variações genéticas dentro da espécie. Dessa forma, existem macacos que têm o rabo vermelho e outros o rabo preto, alguns têm a ponta da cauda esbranquiçada e outros não e alguns desses macacos têm o rosto avermelhado enquanto outros já têm a cor preta como mais dominante na face.

Assim, há bastante variação dentro da espécie, que já é nova.

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *