Home / Animais / História do Husky Siberiano, Personalidade e Origem da Raça

História do Husky Siberiano, Personalidade e Origem da Raça

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre uma raça de cachorro bastante famosa, um cachorro lindo e cheio de personalidade. Por isso fique com a gente até o final para não perder nenhuma informação sobre esse cão incrível.

História e Origem do Husky Siberiano

Para começar vamos entender um pouco mais sobre a origem deste cão e toda a sua história ao longo dos anos até hoje.

Saiba que o seu nome faz alusão a sua origem, o Husky Siberiano é nativo da Sibéria, inclusive é uma raça bastante antiga. Esses animais foram criados por uma tribo também originária na Sibéria, esses primeiros cães já tinham desenvolvido a função de trabalho, portanto eram responsáveis por ajudar nas caçadas e para puxar os trenós. Por muitos anos esses primeiros cães da raça viveram ali naquele grupo nômade.

No ano de 1909 essa raça foi inserida no Alaska, foram para lá fazer parte de competições de corrida de trenós. Nessa região esse tipo de disputa era bem popular, assim como as corridas de equinos aqui no Brasil. Eram longos percursos que chegavam a ter 600 Km, o Husky sempre era destaque.

Husky Siberiano
Husky Siberiano

Sua popularidade estava em volta de suas habilidades únicas como cães de trabalho campeões em disputas de corridas de trenós isso no começo da década de 90. Depois de um tempo as pessoas começaram a olhar com outros olhos para o belo Husky, isso ocorreu especialmente na América do Norte, onde os cães passaram a ser pets de companhia.

Com o passar dos anos, mais a frente a raça foi reconhecida pelo AKC no ano de 1930, com isso ganhou ainda mais visibilidade, se tornando um animal de estimação querido por todo planeta. Por se tratar de sua origem, o Ártico até os dias de hoje mantém o maior número de cães dessa raça quando comparado ao restante do mundo.

Temos no Brasil, mais precisamente no estado do Rio de Janeiro um entidade especializada em estabelecer padrões de raça, conhecida como CBKC, segundo eles essa raça pertence à mesma família do famoso Spitz. Dentro do mesmo grupo de raças semelhantes estão o Spitz Finlandês, o Malamute-do-alaska que é tão parecido, o Samoieda que são totalmente brancos, o Shiba Inu que é nativo do Japão e o Akita.

Essas outras raças colecionam uma série de características em comum com o nosso querido Husky, inclusive podemos afirmar que esse cão possui muitas características similares ainda com os lobos selvagens que também habitam o Ártico.

Personalidade do Husky Siberiano

Husky Siberiano
Husky Siberiano

Esses são animais muito alegres e que adoram brincadeiras, apreciam muito a companhia de seres humanos, principalmente quando para ter pessoas com quem brincar. São extremamente carinhosos e dóceis, da mesma forma com humanos e outros animais. São bastante apegados, por isso não gostam de ficar sozinhos por muito tempo.

É um cachorro de grande porte e cheio de energia, por isso precisam gastar isso correndo, brincando ou praticando esportes. Por este motivo eles precisam de espaço, além do quintal da sua casa precisam ir para lugares diferentes que sejam seguros e espaçosos para que possam se divertir. Apesar de apegados, são independentes e por esse motivo quase não dão trabalho para os seus donos.

Curiosidades Sobre o Husky Siberiano

  • Saiba que esses cães foram muito importantes na época da Segunda Guerra Mundial, pois trabalharam arduamente procurando e salvando muitos soldados na época que faziam parte do Exército Americano.
  • Esses cães tiveram um ato heróico muito bonito, no ano de 1925 uma pequena cidade do Alaska enfrentou um surto grave de difteria, esses cães foram os responsáveis por percorrer mais de 600 Km levando remédios por 6 dias até a cidade. Por esse motivo, um dos cães de nome Baldo foi homenageado com uma linda estátua dentro no Central Park.
  • Não se esqueça que essa raça possui um forte instinto caçador, por esse motivo é bastante comum que eles corram atrás de animais menores como pássaros e até gatos. Assim, o ideal é que ao sair na rua com ele esteja sempre na guia para evitar acidentes.
  • Por virem de uma região onde a comida não era tão fácil, ficou muito resistente a longos períodos sem se alimentar. Por isso seu organismo é capaz de controlar seu gasto energético, mesmo comendo pouco e não consumindo sua reserva, isso funciona de forma natural e não causa nenhum problema.
  • Em nosso país a raça ocupa a 32º posição no lista de raças mais populares por aqui.

Como é Conviver com um Husky?

Essa raça ainda tem poucos animais no Brasil, até porque precisam de mais espaço que outras, quem mora em apartamento então fica quase impossível. Caso você tenha se encantado por essa raça, verifique se tem espaço o suficiente para manter esse animal feliz e bem ambientado.

Outra questão é se você fica muito tempo fora de casa, pois são animais bastante apegados ao seu dono, por esse motivo não toleram ficar muito tempo sozinhos ficando bem tristes. Desde suas origens que são animais bem próximos da família, por isso eles precisam se sentir parte e próximos.

Saiba que socialização não é um problema para eles, eles vieram de grandes grupos, também por isso não gostam de estar sozinhos. Ficar próximo de outros animais vai deixar ele até mais feliz, assim como perto de outros humanos. O único ponto de atenção são com animais menores do que ele, pois podem aguçar seu instinto de caça. Se você possui um gato, tente inserir a convivência desde filhote para que ele entenda que ele também faz parte da família.

Com relação a higiene do Husky, isso é bem tranquilo pois eles não gostam de ficar sujos, por isso eles tentam se limpar sozinhos, por isso não precisam de banhos tão frequentes com outras raças. Mas isso não dispensa os banhos, eles apenas serão mais espaçados.

Veja também

Pinguim

Porque é Que os Pinguins Não Voam?

Hoje vamos responder algumas dúvidas bem curiosas que chegam para gente, hoje vamos falar um …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.