Home / Animais / Habitat da Barata: Onde Elas Vivem?

Habitat da Barata: Onde Elas Vivem?

Você sabe qual é o Habitat da Barata? O que elas comem? Quais são os mitos e verdades sobre elas? Será que uma barata consegue realmente viver sem a cabeça? Elas realmente resistem a uma bomba nuclear?

Essas e outras perguntas sobre o Habitat da Barata nós responderemos aqui.

Para começar, é importante deixar claro que, atualmente, já foram catalogados mais de 4 mil espécies diferentes de baratas, por isso vamos nos ater a apenas duas delas, que são as mais comuns nas cidades e dentro das casas.

Mas, o comportamento dessas duas é semelhante a quase todos os tipos de baratas existentes, embora o Habitat da Barata não seja comuns a todos. Por exemplo, em Madagascar existem as baratas da floresta, que podem atingir até quase 10 centímetros de comprimento e são consideradas, por muitos, como animais de estimação.

Especialistas afirmam que as baratas existem a mais de 380 milhões de anos. O motivo principal é sua resistência e possibilidade de adaptação. A alimentação é outro fator importante, uma vez que elas se alimentam de, basicamente, qualquer coisa que exista.

Habitat da Barata

As duas especieis de baratas que comentaremos aqui, como dito acima, são as mais comuns nas casas e cidades. Essas duas espécies são:

  • Barata Americana;
Barata Americana
Barata Americana
  • Barata Germânica.
Barata Germânica
Barata Germânica

Abaixo falaremos um pouco mais sobre cada uma delas.

1. Barata Americana

A Barata Americana pode viver até 4 anos e chegar a medir 4 centímetros. É a espécie mais resistente das duas que vamos falar aqui, podendo ficar até 3 meses sem comer e ficar quase 1 mês e meio sem beber água.

Ela veio da África nos navios que traziam escravos e se adaptou muito bem aos países das Américas, uma vez que ela prefere ficar em locais escuros e úmidos, como porão, sótão e esgoto.

Outro fato importante é que elas são capazes de realizar voos de curto tempo / distancia.

2. Barata Germânica

Já a barata germânica dificilmente ultrapassa mais do que 1 centímetro e meio de comprimento e também tem uma vida bem mais curta (em relação a espécie americana), vivendo, no máximo, 1 ano.

Curiosidades da Barata Germânica
Curiosidades da Barata Germânica

Também preferem locais escuros, porém não úmidos, como o local onde você guarda os alimentos. Sua resistência é inferior à da barata americana, mas, mesmo assim, surpreendente, podendo viver até 1 mês e meio sem comer e cerca de duas semanas sem beber água.

Por fim, elas também tem asas mas não possuem a habilidade de voar.

Anatomia das Baratas

Por serem animais tão antigos no nosso planeta elas ‘tiveram tempo’ para se adaptar muito bem ao ambiente onde vivem. Abaixo falaremos de algumas dessas características das baratas que são extremamente adaptadas para esses ambientes.

1. Casca e Vormato

A ‘casca’ que as baratas têm a sua volta é uma adaptação para proteger o seu interior e seus órgãos que são delicados e ‘moles’. Essa casca é resistente a maioria dos eventos ‘naturais’ para uma barata, como um soterramento por terra.

Outra vantagem dessa casca é fazer com que a barata possa se ‘espremer’ entre coisas duras (como entre rochas ou tijolos) sem se ferir.

Quando ao formato oval e achatado do seu corpo, ele também possui uma função muito importante. Fazer a barata se ‘espremer’ em locais apertados, sem problemas, como em uma fissura da parede.

Já aquela ‘massa branca’ que saí das baratas quando elas são esmagadas, que muitas pessoas acreditam que sejam os órgãos dela, na verdade, é ‘apenas’ gordura.

Essa gordura serve como uma segunda camada protetora (além da casca) para os órgãos e também permite que elas fiquem os longos períodos sem comer que comentamos mais acima.

2. Antenas e Espinhos

As baratas, em sua grande maioria, possuem antenas na cabeça e espinhos na sua parte traseira. Esses são outros pontos importantes das adaptações realizadas por esses animais.

As antenas servem para captar informações do ambiente em relação a alimentação. Elas são capazes de captar com essas antenas locais que possuam, água e alimentos, bem como captar alimentos ricos em gordura ou açucares (o que facilita na escolha da comida).

Antenas das Baratas
Antenas das Baratas

Mas, os espinhos na parte traseira, também trazem informações importantes para as baratas, porém esses, ligados a sua proteção. Eles são capazes de identificar movimentações de predadores, deslocamento de ar e até mesmo o tamanho e velocidade dos predadores.

É como se elas tivessem ‘olhos nas costas’.

3. Reprodução e Respiração

A reprodução das baratas ocorre de forma sexuada, ou seja, macho e fêmea fazem sexo para se reproduzirem. Ao mesmo tempo, a barata coloca ovos em um ‘saco’ chamado ‘ooteca’.

Ovos de Baratas
Ovos de Baratas

Em algumas espécies, esse saco fica dentro das fêmeas, dessa forma elas liberam seus filhotes de dentro de si, após eles saírem desses ovos. Mas, existem outras espécies que produzem essa ‘ooteca’ do lado exterior do corpo, deixando esse saco com os ovos em algum local que considerem seguras.

A respiração da barata não é a mesma que as pessoas estão acostumadas em outras espécies de animais. Seus respiradouros estão localizados ao longo do corpo, e não em sua cabeça. No total são 20 respiradouros ao longo do corpo.

Mitos e Verdades Sobre as Baratas

Agora que já falamos do Habitat das Baratas e também da sua anatomia, chegou o momento de falarmos sobre alguns mitos e verdades dessa espécie.

1. Barata Sobrevive sem a Cabeça

Essa é uma verdade, em partes. Por não respirarem pelo nariz/cabeça elas podem viver sim sem a cabeça, mas isso ocorre apenas por um determinado período de tempo. Além disso elas possuem uma ‘sensibilidade’ a luz no seu corpo que as mantém longa da claridade, mesmo sem a cabeça.

Mas, sem a cabeça elas não podem se alimentar e nem beber água. Então, sim, baratas sobrevives sem a cabeça, mas apenas até morrerem de fome ou sede.

2. Resistem a Ataques Nucleares

Mito. Esse mito surgiu após as explosões das bombas nucleares no final da primeira guerra mundial. Pessoas falaram que viram baratas vivas dentro da zona de radiação.

Sobrevivencia das Baratas
Sobrevivencia das Baratas

Mas, isso nunca foi confirmado de fato, além disso, hoje se sabe que a radiação liberadas por essas bombas era superior a quantidade que uma barata consegue suportar.

3. Elas Comem de Tudo

Fato. Baratas são seres onívoros, ou seja, comem alimentos de origem vegetal e animal (assim como os humanos). Mas, elas vão muito além disso. Elas são capazes de digerirem coisas como:

  • Papel;

  • Couro;

  • Pelos;

  • Papelão;

  • Cola (sim, cola, dos mais variados tipos);

  • Fezes.

Barata Comendo
Barata Comendo

Outro fato é que elas realmente podem vir a noite, enquanto você dorme, e comer a sola do seu pé. Principalmente se estiverem sujas.

Gostou de saber mais sobre o Habitat da Barata e também outras curiosidades? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Veja também

Língua Roxa

Chow Chow Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Raça

Ter um cachorro é uma excelente maneira de aprender ainda mais sobre os diversos tipos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *