Home / Animais / Galinha Dominique: Características, Ovos, Como Criar e Fotos

Galinha Dominique: Características, Ovos, Como Criar e Fotos

Galinha não é tudo igual, embora pareça. Existem muitas raças espalhadas pelo mundo, cada uma com características bem distintas.

Como a dominique, por exemplo, que é um tipo de galinha bem interessante que vamos falar a seguir.

História

Raça originária do período colonial dos EUA, a dominique é considerada a mais antiga da América do Norte, sendo provavelmente descendente de galinha vindas da Inglaterra. Pra se ter uma ideia, durante o século XIX, a dominique passou a ser bastante popular em território norte-americano, sendo praticamente criada em todo aquele país.

Na verdade, a sobrevivência daqueles primeiros colonizadores europeus em terras norte-americanas dependia de terem alimento suficiente, e, nesse ponto, essa raça de galinha deu a sua “contribuição”. Afinal, se tem uma coisa que a dominique sempre foi, é uma produtora de ovos em larga escala.

Contudo, em meados de 1870, essas galinhas quase deixaram de existir, porém, agricultores entusiastas conseguiram reproduzir a raça aos pouco, mantendo a sobrevivência dela. Somente 1 século depois (em 1970) é que especialistas se engajaram bastante, fazendo com que essas galinhas fossem restauradas, e hoje em dia, temos mais de mil exemplares delas só nos EUA.

Características Físicas

São galináceos que pesam entre 2,5 e 3,6 kg quando estão na fase adulta. Estão intrinsecamente ligadas às galinhas de capoeira, já que possuem um tamanho médio na parte do tronco. É nessa parte do seu corpo, inclusive, que cresce uma plumagem exuberante que é uma de suas características principais.

O pescoço dessa raça também pode ser considerado de tamanho médio, crescendo nele uma plumagem que cai ligeiramente nos ombros dos galos. Imediatamente, esse pescoço passa para um dorso que é bem largo se comparado ao tamanho geral da ave, e que faz um ângulo bem pequeno em relação à cauda.

Já os ombros dos galos, via de regra, não se projetam para muito além de seus corpos, visto que uma plumagem bem espessa recobre tida essa parte. Interessante notar ainda que as asas também são quase “invisíveis” em meio a tanta plumagem, localizada tanto no tronco, quanto na cintura.

Galinha Dominique Características

A cauda dessas galinhas fica plantada no alto do corpo, porém, as suas pernas são relativamente curtas. O peito é largo e profundo, enquanto que o estômago é um pouco grande, o que, por vezes, dá um aspecto de “magreza” às aves.

A cabeça delas, por sua vez, tem um tamanho médio, e a face é vermelha, não possuindo tanta plumagem nessa parte. A crista é grande, e possui um formato de rosa, e os lóbulos das orelhas são vermelhos que nem a face. Já o bico é alongado, e geralmente de cor amarelada, com algumas pigmentações escuras.

Comportamento

Na maior parte das vezes, essa raça de galinha possui um comportamento calmo e bem agradável. Portanto, facilmente elas se dão bem com outros animais em uma fazenda, por exemplo, o que pode deixar o criador delas tranquilo, pois provavelmente não haverá brigas. Importante salientar ainda que essas galinhas não têm medo de seres humanos, com qualquer um podendo se aproxima r delas sem perigo.

Contudo, mesmo que a sua natureza, em geral, seja pacífica, ela pode se mostrar agressiva com outros animais em certas ocasiões. Galos dessa raça podem bicar ratos e até mesmo gatos se for para proteger as galinhas e as aves mais jovens do local.

Como é a Colocação de Ovos Dessas Galinhas?

Essa raça de galinhas pode colocar ovos em qualquer época do ano. E é importante frisar que elas não param, sequer, no inverno. Ou seja, o criador delas, muito provavelmente, irá ter bons lucros, pois se tem algo que as galinhas dominiques fazem bem, esse algo é a produtividade.

Outra característica bem visível nessa ave é que elas são excelentes mães, e acabam criando frangos bem saudáveis com seus cuidados maternos. E em termos de reprodutividade, está aqui uma raça de galinha que não dá o menor trabalho. Tanto a postura dos ovos, quanto a criação dos filhotes são feitos pelas aves com extremo cuidado.

Em condições ideais, as galinhas dominique depositam 180 ovos por ano cada uma, e, como já dito anteriormente, a ovoposição não para mesmo no frio do inverno. O peso médio de cada ovo é de aproximadamente 55 g.

E, Quanto à Criação Dessas Galinhas no Geral?

Inicialmente, a raça era mantida trancada pelos colonos norte-americanos, lá no seu surgimento. Algumas delas morreram, mas, as que sobreviveram, geraram descentes fortes, e que se dão bem, mesmo criados em confinamento.

No entanto, a melhor opção é criá-las em um galpão que seja suficientemente espaçoso para caber todos os indivíduos, e mantê-los confortáveis. Pois é através e suas caminhadas que essas aves gastarão energia, e procurarão por pastagens nutritivas, alimentando-se naturalmente de insetos e de sementes caídas.

Porém, ainda assim, é preferencial dar uma comida específica a essas galinhas, e o melhor deles é uma mistura de cereais, que pode consistir em cevada, aveia e trigo na mistura. Já no inverno, elas podem ser alimentadas, por exemplo, com forragem vitaminada, um alimento que irá auxiliar no fortalecimento da imunidade do animal.

Caso as aves sejam alojadas em galpões que sejam fechados, o ideal é colocar lâmpadas fluorescentes que sejam confortáveis, e que sejam ligadas apenas quando o criador precisar. Ou seja, não é para deixar constantemente a luz acesa, pois isso irá afetar a saúde desses animais de maneira bem negativa.

Espécies Análogas (uma Alternativa à Criação)

Para quem está começando uma criação, o mais recomendável é iniciar pela popular Plymouthrock do que pela dominique, já que esta é muito rara, e o criador iniciante pode encontrar alguma dificuldade em encontrar o jeito certo de cuidar de suas galinhas.

As galinhas da raça Plymouthrock crescem de maneira muito rápida e atingem o estado de puberdade bem cedo. Isso permite aos criadores atingirem um lucro mais rápido, e assim como as galinhas dominiques, essa daqui também se dá bem detenção.

Galinha da Raça Plymouthrock

Ou seja, mesmo que a dominique seja ótima para uma criação, o fato de ter se tornado (ainda hoje) um espécime raro pode apresentar certo grau de dificuldade, e por isso, criar espécies semelhantes a ela pode ser uma alternativa viável.

Veja também

Quais São os Sintomas da Doença do Carrapato?

Carrapatos, um parasita amplamente distribuído em muitos ambientes naturais e com o qual os caminhantes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *