Home / Animais / Cisne Branco: Características, Nome Científico e Fotos

Cisne Branco: Características, Nome Científico e Fotos

Por sua beleza ou pela melodia de seu canto, as mais variadas espécies de aves, grandes ou pequenas, ocupam lugar de destaque entre os animais domésticos.

O Cisne-branco (Cygnus olor), por sua vez, há longa data tem sido relacionado aos parques e jardins, locais onde é criado para fins ornamentais, bem como pela leveza e elegância de seus movimentos, tornou-se um símbolo da nobreza e do amor, conforme veremos adiante.

Cygnus olor, da Família dos Anatídeos

Existem ao menos sete espécies classificadas no gênero Cygnus, da família Anatidae, que também inclui patos, gansos e marrecos, aves aquáticas domesticadas para fins culinários, extração de penas para a indústria e uso ornamental em jardins e parques.

Os anatídeos tem penas impermeáveis e membranas nas patas, que lhe dão a capacidade de nadar e flutuar sobre s superfície da água.

Os cisnes são os maiores anatídeos e se diferenciam das outras espécies pela presença de patas mais curtas e pescoço alongado, de formato ereto ou sinuoso.

Estão distribuídos por diversas regiões do hemisfério norte, além dos cisnes-negros (Cygnus atratus) que habitam a Austrália e os cisnes-de-pescoço-negro (Cygnus melanocoryphus) na América do Sul, do Sul do Brasil ao Chile, passando por Uruguai, Paraguai e Argentina, encontrados também na Terra do Fogo e nas Ilhas Malvinas.

Cygnus Olor Características

O cisne-branco tem suas origens na Europa, principalmente na Grã-Bretanha, na Irlanda, partes da Península Ibérica e norte da África, onde foi domesticado no período medieval e posteriormente exportado, primeiro para a América do Norte e em seguida para outros lugares do mundo, a fim de ser criado em parques públicos e jardins particulares

Em relação ao nome científico, Cygnus pode ser traduzido da língua grega como “cisne”, e olor é um termo do latim que possui basicamente o mesmo significado.

Características Físicas

O Cygnus olor mede por volta de 1,25 a 1,70 metros de altura e tem envergadura que alcança até 2,4 metros.

Os machos podem pesar de dez a doze quilos, enquanto as fêmeas geralmente tem oito quilos.

Com esse porte, está entre as espécies de aves mais pesadas com capacidade de voar, juntamente com o albatroz-errante (Diomedea exulans) de doze quilos quilos e o condor-dos-andes (Vultur gryphus) que chega a catorze quilos, considerando que o avestruz (Struthio camelus), as emas (Rheiformes) e os casuares (Casuariiformes) são incapazes de alçar vôo.

Possue patas pequenas, pescoço comprido, em forma de “S” e bico de tons que vão do laranja ao vermelho, com uma mancha preta da base até os olhos.

Habita próximo a lagos e cursos d’água, como a Bacia do Rio Tâmisa, no Reino Unido.

Pode ser locomover tanto solo como na água, sendo neste ambiente que melhor se adapta, onde alcança maiores velocidades e tem melhor acesso a alimentos.

Apresenta semelhanças com os cisnes-bravos (Cygnus cygnus), também encontrados no hemisfério norte, porém estes são menores e possuem bico amarelo, cujo formato lembra uma cunha, além do pescoço reto, em vez de curvado.

Os filhotes possuem coloração cinzenta e bico preto, características que serviram de inspiração para a obra O Patinho Feio, do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.

Criados em cativeiro, costumam viver entre 20 e 25 anos e custam em média de 6 mil a 6,5 mil reais por casal.

Comportamento, Reprodução e Habitat

Embora a migração seja comum entre as espécies de Anatidae, os cisnes-brancos costumam ter vida sedentária.

Possui hábitos territorialistas e demonstra agressividade caso sinta sua área ameaçada, emitindo sons de alerta e podendo até atacar pessoas e barcos, batendo as asas.

Como vive perto de áreas urbanas, as principais ameaças à espécie são a poluição, ataques de pessoas e animais domésticos, roubos de ovos e acidente com materiais de caça e pesca, além dos predadores naturais.

Se alimentam de plantas aquáticas, sementes, peixes e invertebrados, sendo que em cativeiro é comum a nutrição por meio de ração específica para filhotes ou adultos, conforme idade.

Chegam a fase adulta com um ano de vida e à maturação sexual aproximadamente aos três, possuem comportamento monogâmico durante toda a vida e geram ninhadas de em média sete filhotes, uma vez ao ano, podendo procurar outros parceiros caso ocorra falhas no processo reprodutivo.

Como normalmente se verifica entre as aves, a espécie realiza o cuidado parental, visto que as fêmeas constroem os ninhos próximo a água ou em terra úmida, utilizando restos vegetais e penugem do próprio corpo, e realizam a incubação dos ovos, que eclodem em cerca de 35 dias.

Já foi constatado que a fêmea pode colocar os ovos nos ninhos de outras aves, como ganso-bravo (Anser anser) e pato-mudo (Cairina moschata), a fim de que essas façam a incubação e cuidem dos filhotes.

O acasalamento ocorre quando macho e fêmea aproximam bico e pescoço, e repetidas vezes mergulham na água, esticando o peito em seguida, com as asas abertas.

Durante a cópula, formam com a cabeça e o pescoço a imagem que lembra um coração, motivo pelo qual a ave para alguns simboliza o amor, dando origem ao balé Lago dos Cisnes, do compositor russo Tchaikovsky, entre outras referências culturais.

Por fim, a espécie também é conhecida como cisne mudo, devido a seu temperamento mais dócil, se comparado a outras espécies.

Curiosidade: os Cisnes da Rainha

Há um relato de que a rainha da Inglaterra tenha a propriedade dos cisnes de seu país.

Ocorre que tal história é verídica, pois todos os cisnes-brancos livres do Reino Unido pertencem à Rainha Elizabeth II, conforme tradição do século XII, quando as aves eram utilizadas em banquetes da família real.

Atualmente o direito de propriedade da monarquia britânica sobre os cisnes-brancos visa a preservação da espécie e tem objetivos educacionais, sendo que todos os anos oficiais da Coroa, chamados Guardião dos Cisnes e Marcador dos Cisnes, realizam a contagem dos indivíduos, bem como existe a possibilidade de que a rainha processe aqueles que venham causar algum dano às aves.

O recenseamento ocorre durante cinco dias no mês de julho, em que equipes catalogam e fazem marcações nas aves, verificando também a presença de eventuais ferimentos ou doenças.

Enfim, os cisnes são belas aves e aprender sobre esta e outras espécies é uma das melhores coisas que existem.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *