Home / Animais / Ficha Técnica do Schnauzer: Peso, Altura e Tamanho

Ficha Técnica do Schnauzer: Peso, Altura e Tamanho

A raça do belo cão schnauzer é dividida em três variedades que seriam o schnauzer miniatura, o schnauzer standart ou padrão e o schnauzer gigante.

Ficha Técnica do Schnauzer Miniatura

Machos e fêmeas apresentam de 30 a 35 cm de comprimento e seu peso varia de 4 a 8 quilos.

Schnauzer Miniatura

Ficha técnica do Schnauzer Standart

Este cão, tanto macho como fêmea, tem de 45 a 50 cm de altura e seu peso vai de 14 a 20 quilos.

Schnauzer Standart

Ficha Técnica do Schnauzer Gigante

A altura do schnauzer gigante varia entre 59 e 70 cm e seu peso varia de 32 a 45 quilos.

Schnauzer Gigante

Características da Pelagem da Raça Schnauzer

Para todas as categorias de schnauzer valem a mesma característica de sua pelagem, que seriam as cores, sal e pimenta, prata e preto, prata e branca como também preta. A pelagem branca e preta é a mais rara sendo que um exemplar dessa coloração de pelos custa o dobro do valor dos de pelagem sal e pimenta.

A cor de pelagem prata e preto vem do cruzamento do sal e pimenta com exemplares da coloração preta. Aqui, a cor prata é uma variação única, conforme a genética do animal. Eles têm uma simpática barbicha e as sobrancelhas disposta levemente arqueadas, quase cobrindo seus olhos.

Sua cabeça tem formato retangular e alongado, de estrutura forte e tem uma visível diminuição que começa da largura das orelhas para os olhos, que vai até a ponta do nariz. Seus olhos são de formato ovalado de coloração marrom escuro de expressão sempre vigilante e inteligentemente alerta.

Já suas orelhas são dobradas, caídas em postura alta em formato “V”, apresentando mordedura em forma de tesoura. Seu pescoço é longo de forma moderada, mas bem arqueado.

Sua densidade óssea é quadra e forte, com seu corpo curto tendo os flancos e lombos dessa mesma forma. A linha dorsal é forte e reta e sua cauda tem a forma de um sabre ou foice. Os membros dianteiros são retos e paralelos, divididos pelo peito do animal e ombros são um pouco angulados, porém, chatos.

Os membros traseiros são visivelmente fortes e musculosos, suas coxas inclinadas e anguladas no joelho. Isso porque o quarto traseiro não pode ser de maneira nenhuma mais alto que os ombros. As patas compactas e arredondas com os dedos estando unidos e arqueados, demonstrando coxins plantares grossos e de cor preta.

Personalidade e Temperamento do Schnauzer:

Os schnauzers têm personalidade simpática, afetuosa e fácil de adestrar – por serem muito obedientes. São fiéis aos donos ao extremo e se dão muito bem com crianças e com outros cachorros desde que seu território não seja invadido. Eles ladram, ou melhor, latem muito quando se sentem ameaçados ou desprezados.

Temperamento do Schnauzer:

Ele ama a companhia de seus tutores sempre buscando estar perto deles. A característica mais marcante neste animal é sua inteligência e podem ser ótimos para vários tipos de trabalho como, por exemplo, ser um cão vigia.

Cuidados Com a Saúde do Schnauzer

Apesar de ser um cão sempre ativo, alerta e cheio de energia, ele também e suscetível a certas doenças ao longo de sua vida no sistema endócrino como também no sistema urinário. Conheça as mais comuns:

1 – Urolitíase

Esta enfermidade, mais conhecida como pedra nos rins acontece quando a urina está com muitos sais minerais dissolvidos na mesma, o que pode criar cristais. Quando os mesmos não são expulsos do corpo através da urina, se tornam pedras que cientificamente são chamadas de cálculos renais.

Essas pedras podem estar nos rins e também na bexiga e quando permanecem na uretra ou ureter, pode causar possíveis obstruções no órgão.

Diversas situações podem provocar a formação de pedras como por exemplo, o pH alterado da urina, o consumo limitado de água bem como o tipo de alimento que o animal esteja consumindo.

A forma de diagnosticar esse problema é realizar um exame sanguíneo de urina ou urinálise, exame de sedimento, cultura bacteriana, ultrassonografia e radiografia, além de somar isso ao histórico clínico do cão.

2 – Hipotireoidismo

Esta doença é o resultado da baixa produção de hormônios pelo órgão chamado tireoide que seria uma glândula presente na garganta. A tireoide é responsável pelo bom funcionamento do metabolismo corporal. Existe uma condição clínica chamada de hipotireoidismo, que tem a classificação primária, secundaria e terciária.

A posição primária é quando acontece a destruição progressiva da glândula tireóidea, sendo 95% a mais comuns nesses casos.

A classificação de hipotireoidismo secundário ou hipofisário é quando ocorre a diminuição da secreção do TSH, que seria o hormônio tireoide-estimulante, acometendo 5% dos casos. Já a classificação terciaria da doença é causada pela deficiência da secreção do TRH, o hormônio liberador de tireotropina.

Schnauzer Hipotireoidismo

Esta enfermidade afeta de alguma forma todo o sistema do corpo, porém, seus sintomas são discretos e seu diagnóstico clínico geralmente acontece de forma incorreta. Os sinais que evidenciam a doença no indivíduo podem ser aumento de peso, desânimo para se movimentar e intolerância, há qualquer momento, ao frio.

3 – Pancreatite

O órgão chamado pâncreas, localizado na cavidade do abdômen tem duas funções específicas:

  • Exócrina por secretar enzimas participantes do processo de digestão
  • Endócrina por produzir hormônios que são vitais para o bom funcionamento do organismo como, por exemplo, a substância insulina.

A doença pancreatite é uma inflamação séria que tem a classificação de aguda ou crônica. Comenta-se que o cão tem pancreatite crônica quando seu órgão, o pâncreas, tem processos inflamatórios constantes, que afeta significativamente os processos exócrinos e endócrinos do corpo.

Os sintomas evidentes da pancreatite são: dor no abdômen que acontece de maneira rápida e intensa, anorexia, vômitos, diarreia como também desidratação grave. Para ter certeza se realmente ele está com essa doença, o exame certo é a lipase pancreática, hemograma bem como avaliação através de outros exames de sangue.

Outras doenças que podem acometer o schnauzer são o megaesôfago, criptorquidismo, hiperlipidemias, anemia hemolítica imunomediada, epilepsia idiopática e o cálculo renal, que seria pedra nos rins.

Cuide do Seu Schnauzer

A melhor forma de cuidar do seu cão schauzer diante da possibilidade de doenças ao longo da vida dele é sempre a prevenção. Faça um check-up regular com um veterinário de sua confiança para descobrir qualquer problema no início, se houver, para dar uma vida saudável e digna ao seu animal!

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *